Pesquisar neste blog

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Tese de Eleneide Gurgel: Diversidade genética e qualidade de fruto de Cereus jamacaru (Cactaceae)

Tese: Diversidade genética e qualidade de fruto de Cereus jamacaru (Cactaceae)
Autor(a): Eleneide Pinto Gurgel
Programa: Pós-Graduação em Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Publicação: 2020
Fonte do artigo: Envio da autora


Resumo:
O mandacaru (Cereus jamacaru DC.), é uma cactácea nativa do bioma Caatinga, considerada uma planta de grande importância para a população do semiárido, pois, seus frutos são utilizados na alimentação humana e animal. No entanto, essa espécie ainda é subexplorada, principalmente pela ausência de uma cultivar que reúna características agronômicas desejadas. Portanto, o objetivo deste trabalho foi estudar a diversidade genética de C. jamacaru utilizando descritores morfológicos e moleculares da planta, e físico-químicos de seus frutos, bem como a caracterização pós-colheita de seus frutos. Foram utilizados 30 genótipos de mandacaru, coletados em três municípios potiguares, Apodi, Patú e Upanema. Foi observada diversidade genotípica e fenotípica entre os genótipos estudados, o que mostra que os caracteres morfológicos da planta e físico-químico dos frutos estão sofrendo plasticidade de acordo com as características ambientais a que estão expostas. Os frutos provenientes da população de Apodi-RN são maiores. Os frutos coletados em Patú-RN exibiram coloração de casca mais intensa, e tem os maiores teores de compostos bioativos e atividade antioxidante. Os frutos colhidos na população de Upanema apresentaram maior doçura. O descritor de maior importância para a divergência fenotípica foi o peso médio dos frutos. Os genótipos AP-06 e UP-01 por apresentarem maior distância genética podem ser utilizados em futuros cruzamentos que visem o melhoramento genético da espécie.



quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Tese de Janduí Evangelista: A relação entre música e felicidade em Santo Agostinho

Tese: A relação entre música e felicidade em Santo Agostinho 
Autor(a): Janduí Evangelista de Oliveira 
Programa: Integrado de Doutorado em Filosofia 
Instituição: Universidade Federal da Paraíba 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: envio do autor


Resumo:
O emprego da música na busca da felicidade não é privilégio de nossa época, onde estão em moda as chamadas musicoterapias com vista ao bem-estar do homem frente ao mal-estar da complexa sociedade pós-moderna. Ao contrário do que se possa supor, essas duas temáticas estão presentes nas investigações filosóficas desde o nascimento da filosofia. Nesse sentido, em Atenas, encontram-se as primeiras apologias da felicidade, dissociada do mundo sensível e inteiramente relacionada à boa vida da alma. Igualmente, enquanto componente curricular da educação grega, a música exercia um papel de grande relevância, pois suas conexões com outros campos do saber ultrapassam o sentido comum do que se costuma entender por música, isto é, como um fenômeno audível, que pode ser percebido sensorialmente. Contudo, apesar de estarem presentes nas investigações filosóficas, a música e a felicidade sempre foram tratadas isoladamente, independentes e praticamente sem nenhuma vinculação. Em vista disso, decorre o erro de se compreender a música apenas como um produto destinado ao lazer, o que implica na compreensão de uma felicidade desconectada da interioridade humana. Esse tipo de abordagem da música e da felicidade como coisas desconexas, se estendeu também pela Idade Média com algumas variações, conforme discutiremos a seguir, quando tratarmos do pensamento de Santo Agostinho. Para tanto, apresentaremos as principais raízes filosóficas do pensamento greco-romano, que inspirou Agostinho e ao mesmo tempo, exporemos suas particularidades no tocante a estas questões. Assim, ao lermos aquilo que o Bispo de Hipona abordou no conjunto geral de sua obra sobre a música e a felicidade, é digno notar que ele procurou que seria evitar admitir aquilo que, para ele, foi um grande equívoco das investigações anteriores, o de defender que a verdadeira felicidade dependeria exclusivamente do esforço pessoal de cada um, à medida que para ser feliz bastava tão somente viver em conformidade com a razão. E por outro lado, evitou limitar o valor da música somente à ciência da boa modulação e por isso procurou moderar o prazer sensível em função dos prazeres espirituais. Com isso, a música é elevada à categoria de uma fruíção transcendente e suprassensível, ponto de encontro do humano com o divino, fonte da verdadeira felicidade. Portanto, nota-se a existência da convergência entre a música e a felicidade, uma vez que, se a verdadeira felicidade está ao alcance do Sumo Bem, que em última instância é Deus, a verdadeira música é aquela que favorece a ascensão ao Sumo Bem. Logo, a música estabelece uma harmoniosa ponte entre a beleza sensível e a Beleza Suprema e Criadora, fonte da autêntica felicidade. Porém, a investigação da influência da música sobre a felicidade não é fácil, pois tem-se intensificado em nossos dias a oferta desmedida e uma procura desenfreada por felicidade, assim como, a produção e consumo da música entendida apenas como um elemento voltado para as paixões humanas. Por essa razão, defendemos que o hábito de ouvir uma boa música contribui efetivamente, para a conquista da felicidade, sobretudo, porque a música que habitualmente ouvimos, tende a representar traços importantes da nossa personalidade, ideias e princípios morais. Com isso, esperamos desenvolver a sensibilidade do nosso leitor, à fim de criar nele o hábito de ouvir música com mais cuidado.  Primeiramente, porque a música não é um simples aglomerado de sons; ela tem um ritmo e, ao mesmo tempo, coesão e harmonia; possui uma estrutura e uma profundidade própria, que pode ser posta a serviço da felicidade humana. Para tanto, se faz necessário mostrar, de fato, o que é a felicidade e a música para Santo Agostinho e depois trabalhar os aspectos, que nos permite mostrar a relação existente entre elas.

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Tese de Ady Canário: Conexões de Saberes na UFERSA: uma análise das práticas discursivas inclusivas de estudantes

Tese: Conexões de Saberes na UFERSA: uma análise das práticas discursivas inclusivas de estudantes 
Autor(a): Ady Canário de Souza Estevão 
Programa: Pós-Graduação em Estudos da Linguagem 
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Norte 
Publicação: 2015 
Fonte do artigo: UFRN 


Resumo: 
Este trabalho tem por objetivo investigar as práticas discursivas inclusivas dos estudantes habitantes do programa conexões de saberes em uma universidade pública. A pesquisa situa-se no âmbito da linguística aplicada, área do conhecimento que toma como foco a linguagem sob o olhar interdisciplinar e constitui-se por um corpus composto pelo perfil, memoriais e entrevista coletiva. Essa investigação, no campo das humanidades, tomou a perspectiva teórica da análise do discurso francesa, a partir dos postulados de Michel Pêcheux sobre discurso, interdiscurso, memória discursiva e produção de sentido, entrecruzando com os estudos educacionais e sociais sobre as políticas públicas de ações afirmativas. Compreendendo a linguagem como uma prática discursiva, a análise do discurso revelou efeitos de sentido na construção de saberes e fazeres dos estudantes oriundos de espaços populares impactados pelo programa. Conclui-se que o discurso dos estudantes produz uma discursividade inscrita em enunciados sobre as vivências, trajetórias e experiências quanto ao acesso e permanência na universidade.

terça-feira, 6 de outubro de 2020

Tese de Luanda Rêgo: Perda de calor e desempenho de codornas criadas em diferentes densidades e submetidas a dietas com diferentes níveis de óleo de soja

Tese: Perda de calor e desempenho de codornas criadas em diferentes densidades e submetidas a dietas com diferentes níveis de óleo de soja
Autor(a): Luanda Rêgo de Lima 
Programa: Pós-Graduação em Engenharia Agrícola 
Instituição: Universidade Federal do Ceará 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFC 


Resumo: 
As codornas são animais homeotérmicos, ou seja, são capazes de manter a temperatura corporal constante mesmo quando ocorrem variações da temperatura do ambiente. Em países de clima tropical, como o Brasil, as aves enfrentam grandes dificuldades em controlar a temperatura corporal dentro dos galpões. Assim, com o intuito de minimizar os efeitos do estresse térmico, pode-se utilizar estratégias nutricionais, onde se realiza a substituição parcial de carboidratos por óleo baseando-se na redução do incremento calórico da ração por meio do uso dos lipídeos como fonte de energia. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi avaliar o efeito de diferentes densidades e níveis de inclusão de óleo de soja no desempenho e perda de calor em codornas de corte. Para a condução do experimento foram utilizadas 450 codornas, com 7 dias de idade, alojadas em galpão convencional dividido em 30 boxes. As aves foram distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 3x2, sendo seis tratamentos com cinco repetições de 14 (215,6 cm².ave-1 ) e 16 (188,6 cm².ave-1 ) codornas. Os níveis de inclusão do óleo de soja foram: 0, 2, 4%. Os dados ambientais, temperatura e umidade relativa do ar assim como os dados fisiológicos, temperatura retal e superficial, foram coletados durante seis semanas. Foi estimada a perda de calor por radiação com o auxílio da termografia de infravermelho. Foi avaliada a concentração de amônia, pH e umidade para caracterizar a qualidade da cama com 21 e 42 dias com o intuito de estimar sua influência no conforto e desempenho das aves. Nesse mesmo período, foi medida a temperatura da cama para observar a variação ao longo dos boxes. Com base nos resultados encontrados, foi constatado que os níveis de inclusão de óleo de soja não afetam o desempenho e rendimento das codornas, bem como não influenciam na perda de calor ao longo do ciclo de vida desses animais. A densidade de alojamento influenciou o consumo de ração, onde as aves criadas na densidade de 188,6 cm2 .ave-1 obtiveram o menor consumo médio da dieta, sem impacto no ganho de peso e na conversão alimentar, possibilitando a criação com maior número de aves por boxe.

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Tese de Wallace Edelky: Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica

Tese: Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica
Autor(a): Wallace Edelky de Souza Freitas 
Programa: Pós-graduação em Agronomia/Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal do Ceará 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFC


Resumo: 
A alface é uma das hortaliças mais cultivadas no Brasil, difundindo-se praticamente por todo território nacional, inclusive nas regiões semiáridas do Nordeste, onde a água de boa qualidade está cada vez mais escassa. Diante dessa situação, torna-se importante para os setores hortícolas o desenvolvimento de pesquisas e técnicas que permitam o cultivo de plantas com o uso de águas salinas. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da adubação foliar com enxofre em plantas de alface cultivadas em sistema hidropônico e sob estresse salino. O experimento foi conduzido em arranjo fatorial 2 x 3, sendo as plantas submetidas a dois níveis de salinidade na solução nutritiva (0 e 40 mM de NaCl) e a três níveis de adubação suplementar com enxofre (0,0; 1,5 e 3,0 g L-1 ), com quatro repetições. Foram analisados caracteres fisiológicos e bioquímicos e a nutrição mineral da parte aérea das plantas. O crescimento, a fotossíntese e a condutância estomática das plantas foram reduzidos pelo estresse salino, porém, naquelas que receberam o tratamento com enxofre suplementar, essa redução foi atenuada. Em condições naturais de cultivo, o tratamento com enxofre a 1,5 g L -1 também proporcionou um melhor crescimento e desenvolvimento das plantas. O estresse salino aumentou a relação Na+ /K + nas folhas das plantas de alface, porém isso foi menos acentuado nas que foram suplementadas com enxofre. Nas plantas sob estresse salino, os danos de membrana foram menores naquelas adubadas com enxofre, as quais também apresentaram menores teores de peróxido de hidrogênio, maior atividade das enzimas antioxidantes peroxidase do ascorbato e catalase. De modo geral, a salinidade da solução nutritiva reduziu os teores dos nutrientes analisados na parte aérea, porém, para potássio e fósforo, essa redução foi minimizada pelo fornecimento de enxofre suplementar. Conclui-se que a adubação suplementar com enxofre atenuou os efeitos deletérios da salinidade no crescimento e nas trocas gasosas das plantas de alface, e que isso, pelo menos em parte, deveu-se a um sistema antioxidativo mais eficiente, associado a uma melhor absorção de fósforo e potássio e uma menor relação Na+ /K+ .

domingo, 4 de outubro de 2020

Tese de Anânkia Ricarte: Patossistema Cucumis melo L.-Podosphaera xanthii: Variabilidade patogênica, identificação de fontes de resistência e estudo de herança

Tese: Patossistema Cucumis melo L.-Podosphaera xanthii: Variabilidade patogênica, identificação de fontes de resistência e estudo de herança
Autor(a): Anânkia de Oliveira Ricarte
Programa: Pós-Graduação em Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Publicação: 2019
Fonte do artigo: UFERSA


Resumo:
Dentre as enfermidades que ocorrem no meloeiro, tem-se o oídio, causada principalmente pela espécie fúngica Podosphaera xanthii. A utilização da resistência genética é a forma mais eficiente para evitar o patógeno. No entanto, a alta variabilidade do patógeno reduz a vida útil das cultivares resistentes, o que dificulta o controle da doença. Tornam-se necessários levantamentos frequentes sobre as raças fisiológicas que estão causando oídio, bem como a identificação de acessos que possuam genes de resistência, com posterior conhecimento sobre o controle genético envolvido, a fim de obter cultivares resistentes às raças prevalentes do patógeno. Diante do exposto, o trabalho teve como objetivos: a) Caracterizar a variabilidade da população de P. xanthii em regiões produtoras de melão no Estado do Rio Grande do Norte; b) Identificar acessos de meloeiro resistentes; c) Conhecer a herança da resistência presente no acesso AM-55 às raças 3.5 e ‘Br06’ de P. xanthii. Foram realizados experimentos no período de 2015 a 2018, nos quais analisou-se isolados monospóricos provenientes de folhas infectadas com oídio em meloeiro cultivado em condições de campo e ambiente protegido. Os isolados foram inoculados em um conjunto de linhagens diferenciadoras de raças de oídio e, com base na resposta de resistência ou suscetibilidade apresentada por cada uma delas, foi possível identificar a raça dos isolados. Foram identificadas as raças 1, 2F, 3.5, 5, ‘Br01’, ‘Br02’, ‘Br03’, ‘Br04’, ‘Br05’ e ‘Br06’, com prevalência das raças 3.5 e 5 causando oídio em meloeiro. Este é o primeiro registro da presença da raça 3.5 no Brasil. Em 2017, 47 acessos que fazem parte da coleção ativa de germoplasma da UFERSA foram inoculados com três isolados de oídio coletados na região de Pau Branco-RN, Alagoinha-RN e Baraúna-RN. Dez dias após a inoculação, as plantas foram avaliadas e os dados foram analisados de acordo com o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis. Foi observada a existência de variabilidade entre os genótipos, os acessos AC-02, AC-32 e AC-59 foram identificados como resistentes, por não apresentarem colonização e reprodução do patógeno. No estudo de herança, utilizou-se os genitores ‘Védrantais’ (suscetível) e o AM-55 (resistente), bem como as populações F1 e F2, obtidas do cruzamento entre os genitores. As plantas foram inoculadas com isolados das raças 3.5 e ‘Br06’, além de avaliadas e classificadas com base em uma escala de notas variando de 1 a 4. Plantas que receberam notas 1 ou 2 foram consideradas resistentes, e plantas com notas 3 ou 4, suscetíveis. Aplicou-se o teste de Qui-quadrado (χ2) na população segregante (F2) para testar o possível modelo genético e ligação gênica por meio da análise da reação na geração F2 às duas raças simultaneamente. A herança da resistência presente no AM-55 às raças 3.5 e ‘Br06’ de P. xanthii é monogênica e recessiva. Os genes que conferem resistência às duas raças estão ligados, e a distância entre eles é de 9 cM.

sábado, 3 de outubro de 2020

Dissertação de Simone Cabral: Políticas Públicas e Poder Local: O conselho que fiscaliza os recursos do FUNDEF como mecanismo de controle social ou de poder clientelístico local?"

Dissertação: Políticas Públicas e Poder Local: O conselho que fiscaliza os recursos do FUNDEF como mecanismo de controle social ou de poder clientelístico local?"
Autora: Simone Cabral Marinho dos Santos
Programa: Pós Graduação em Sociologia
Universidade: Universidade Federal da Paraíba - UFPB
Publicação: 2002
Fonte do artigo: (envio da autora)


Resumo:
A Constituição Federal de 1988 marcou o processo de redemocratização do país, abrindo novos espaços de mediação dos interesses do Estado e da sociedade civil. Os espaços de participação são redefinidos, assumindo um viés institucional. Nesse momento, os conselhos aparecem como um mecanismo deliberativo e com a promessa de assegurar o controle social. A sociedade civil é, então, chamada para acompanhar e intervir nas ações governamentais, como as políticas públicas educacionais. O FUNDEF (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério) é um programa governamental de caráter deliberativo. Instituído em âmbito nacional como resposta do governo federal às reformas no campo das políticas públicas educacionais, privilegia o processo de descentralização dos recursos financeiros para a educação, aqui especificamente, para o ensino fundamental. A sua implementação condiciona a criação do Conselho de Acompanhamento e Controle Social dos Recursos do FUNDEF, o CACS, um mecanismo de controle social, cuja finalidade é garantir o acompanhamento e a fiscalização dos seus recursos pela sociedade. Apesar do otimismo frequentemente depositado nos mecanismos de controle social, dado às experiências bem sucedidas, os limites do seu potencial participativo, particularmente o CACS, é maquiado pelo poder político local, que tem no clientelismo o tratamento tradicional de conduzir a coisa pública. É o caso do município de Apodi-RN.

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Tese de Vanessa Morais: Substituição da metionina pela betaína na dieta de Codornas de corte (Coturnix coturnix coturnix)

Tese: Substituição da metionina pela betaína na dieta de Codornas de corte (Coturnix coturnix coturnix)
Autor(a): Vanessa Raquel de Morais Oliveira 
Programa: Pós-graduação em Ciência Animal 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2018
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo:
A betaína é um derivado do aminoácido glicina, encontrado na maioria dos organismos. Devido sua função como doador de grupos metil e seu baixo custo, tem sido utilizada como substituto parcial a metionina em rações de frangos de corte. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da suplementação de betaína em substituição parcial às exigências de metionina+cistina, sobre o desempenho produtivo, rendimento de carcaça e resposta imune de codornas europeias, bem como a viabilidade econômica da inclusão da betaína nas rações. Foram utilizadas 920 codornas europeias, no período de 1 a 42 dias de idade, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos, dez repetições e 23 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de quatro rações experimentais, sendo o tratamento 1, uma ração controle a base de milho e farelo de soja sem suplementação de betaína; tratamento 2, ração com redução de 5% da exigência de metionina+cistina sem suplementação de betaína; tratamento 3, ração com redução de 5% da exigência de metionina+cistina com suplementação de betaína e tratamento 4, ração com redução de 10% da exigência de metionina+cistina com suplementação de betaína. Para as variáveis estudadas observou-se efeito significativo (P<0,05) dos tratamentos sobre o ganho de peso das codornas no período de 1 a 21 dias de idade, sendo todos os tratamentos superiores ao tratamento controle. Aos 42 dias de idade, observou-se que todos os tratamentos foram superiores ao tratamento controle para peso ao abate e peso eviscerado. O peso de coxa+sobrecoxa apresentou resultado satisfatório nos tratamentos com utilização de betaína, porém, não diferiram do tratamento com redução de 5% de metionina + cistina sem suplementação de betaína. Não houve efeito dos diferentes tratamentos para consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar no período de 22 a 42 dias de idade. Da mesma forma, os tratamentos não influenciaram (P>0,05) o peso dos órgãos linfoides, fígado e parâmetros sanguíneos das codornas aos 42 dias de idade. No entanto, a análise econômica das rações mostrou uma redução no preço por quilo de ração e melhor eficiência econômica com a suplementação de betaína. Logo, a betaína pode substituir até 10% as exigências de metionina+cistina de codornas europeias, sem comprometer o desempenho produtivo, características da carcaça, qualidade física da carne e resposta imune das aves. 

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Tese de Pollyana Soares: Levantamento de solos e classificação da capacidade de uso das terras no Projeto de Assentamento Moacir Lucena, Apodi-RN

Tese: Levantamento de solos e classificação da capacidade de uso das terras no Projeto de Assentamento Moacir Lucena, Apodi-RN
Autor(a): Pollyana Mona Soares Dias 
Programa: Pós graduação em Manejo de Solo e Água 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo:
O solo é um dos principais recursos naturais usados nas práticas agrícolas, no entanto, o processo aplicado na sua utilização, pode torná-lo esgotável, sendo necessário determinar o uso e manejo do solo adequado, que só pode ser conseguido por meio do conhecimento dos diversos atributos envolvidos, realizando mediante um levantamento do meio físico. Sendo assim, o presente estudo propôs fazer o levantamento dos solos no Projeto de Assentamento Moacir Lucena no município de Apodi, com sua caracterização morfológica, físico-química juntamente com a classificação da capacidade de uso da terra em comparação com o uso atual. O Projeto de Assentamento Moacir Lucena, RN encontra-se na Chapada do Apodi e foi subdividido em sete áreas representativas para o estudo: Perfil 1 (Área do IBAMA em Recuperação), Perfil 2 (Área da Lagoa), Perfil 3 (Área de Preservação Permanente ou Área do IBAMA), Perfil 4 (Área de Manejo Agroecológico), Perfil 5 (Área Coletiva de Plantio), Perfil 6 (Área Coletiva de Cajueiro) e Perfil 7 (Área Coletiva de Cajueiro 2). Foram coletadas amostras deformadas e indeformadas de solos nas respectivas áreas, nos horizontes dos supracitados perfis e realizadas analises físicas (granulometria, argila dispersa em água, relação silte/argila, densidade do solo, densidade de partícula, porosidade total, grau de floculação), análises químicas (pH, condutividade elétrica, carbono orgânico total, Ca+2, Mg+2, K+ , Na+ , P, Al3+, soma de bases, capacidade de troca de cátions, percentagem de saturação por bases, saturação por alumínio, percentagem de sódio total), teste de infiltração com infiltrômetro de anéis, resistência mecânica do solo à penetração e classificação da capacidade de uso da terra. Os resultados foram analisados submetendo-os a técnicas de estatística multivariada, por meio da matriz de correlação, análise de agrupamento e a análise fatorial com extração dos fatores em componentes principais Os solos foram classificados da seguinte maneira: Perfil 1 (LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO Eutrófico argissólico); Perfil 2 (CAMBISSOLO HÁPLICO Carbonático típico); Perfil 3 (LATOSSOLO AMARELO Eutrófico argissólico); Perfil 4 (ARGISSOLO AMARELO Eutrófico típico); Perfil 5 (CAMBISSOLO HÁPLICO Tb Eutrófico típico); Perfil 6 (LATOSSOLO AMARELO Eutrófico argissólico) e Perfil 7 (LATOSSOLO AMARELO Eutrófico argissólico). De modo geral, os solos são pouco intemprerizados, com limitações físicas referentes a profundidade efetiva e resistência mecânica do solo à penetração. A velocidade de infiltração básica calculada variou de média para o Argissolo (Perfil 4), alta para Latossolo (Perfil 1), muito alta para os demais perfis (Camissolos (Perfil 2), Cambissolo (Perfil 5), Latossolo (Perfis 7, 3 e 6). Ocorreu variação quanto a resistência mecânica do solo à penetração, entre 1332 a 6769 kPa, e sua classificação de baixa a muito alta, mostrando variabilidade para as diferentes profundidades, classes e usos do solo. O assentamento apresenta intensidade de uso considerada abaixo da capacidade, a área em recuperação pertence ao Grupo B, terras impróprias para cultivos intensivos, mas ainda adaptadas para reflorestamento e vida silvestre e, Classe VI, terras adaptadas no caso do assentamento, área de reflorestamento para preservação, com problemas simples de conservação e cultiváveis apenas em casos especiais de culturas permanentes protetoras do solo, a área da lagoa pertence ao Grupo C, são as terras não adequadas para cultivos anuais, perenes, pastagens ou reflorestamento, porém apropriadas para proteção da flora e fauna silvestre, recreação ou armazenamento de água, principalmente no período chuvoso e, Classe VIII, impróprias para cultura, pastagem ou reflorestamento, que podem servir apenas como abrigo e proteção da fauna e flora silvestre, como ambiente para recreação ou para fins de armazenamento de água, a área de uso coletivo e áreas de cajueiros pertencem ao Grupo A, com terras passíveis de utilização com culturas anuais, perenes, pastagens e/ou reflorestamento e vida silvestre e Classe II, terras cultiváveis com problemas simples de conservação e/ou de manutenção de melhoramentos. No entanto, por área de preservação permanente, as áreas do IBAMA, da lagoa e preservação permanente em recuperação não podem ser exploradas economicamente.

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Tese de Thaisy Gardênia: Produção e qualidade pós-colheita de batata-doce cultivada no Semiárido Nordestino

Tese: Produção e qualidade pós-colheita de batata-doce cultivada no Semiárido Nordestino 
Autor(a): Thaisy Gardênia Gurgel de Freitas
Curso: Pós-Graduação em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal Rural do Semiárido
Publicação: 2018
Fonte do artigo: UFERSA


Resumo: 
As práticas pré-colheitas podem alterar o sistema de produção e a qualidade de raízes de batata-doce, influenciando sua capacidade de armazenamento. O objetivo deste estudo foi avaliar a produção, qualidade e a conservação pós-colheita de raízes de batata doce cultivadas no semiárido nordestino. Foram implantados no campo três experimentos em delineamento em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. O primeiro experimento foi realizado em dois locais (Russas-CE e Upanema-RN), com três idades de colheita (120, 145 e 180 dias) e três tamanhos de raízes (pequenas, médias e grandes). O segundo experimento foi realizado com cinco doses de nitrogênio (10, 40, 75, 110 e 150 kg ha-1 ) e cinco tempos de armazenamento (0, 15, 30, 45, 60). O terceiro experimento foi realizado com cinco doses de potássio (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1 ) e cinco tempos de armazenamento (0, 15, 30, 45, 60), realizados na cidade de Russas-CE e com a colheita realizada aos 165 dias após o plantio. As raízes foram levadas para o Laboratório de Tecnologia de Alimentos da UFERSA, onde foram higienizadas, caracterizadas e armazenadas em câmara fria. As seguintes análises foram realizadas: Rendimento de raízes, número de raízes por planta, massa média de raízes, firmeza, sólidos solúveis, pH, acidez titulável, ratio, açúcares solúveis totais, açúcares redutores, amido e perda de massa nos experimentos onde se avaliou armazenamento. Os dados foram submetidos à análise de variância, sendo o fator quantitativo (Tempo), analisados por regressão, utilizando o programa SISVAR. As raízes de batata-doce apresentaram maior rendimento e características de qualidade superior quando colhidas em Upanema-RN aos 180 dias. A maior produção de raízes foi observada nas raízes cultivadas na dose 150 kg ha-1 de nitrogênio. As características de qualidade não sofreram alterações significativas na mesma dose. No experimento avaliando doses de potássio, observou-se maior produção de raízes no cultivo sob dose de 150 kg ha-1 . Durante o armazenamento, verificou-se que aos 60 dias de armazenamento as raízes estavam com a qualidade desejada para comercialização.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Tese de Pedro Filho: Análise comparativa de parâmetros bioquímicos e fisiológicos de um genótipo de feijão-de-corda (Vigna unguiculata L. Walp.) Suscetível e seu mutante derivado, resistente, infectados com o vírus do mosaico severo do caupi (CPSMV)

Tese: Análise comparativa de parâmetros bioquímicos e fisiológicos de um genótipo de feijão-de-corda (Vigna unguiculata L. Walp.) Suscetível e seu mutante derivado, resistente, infectados com o vírus do mosaico severo do caupi (CPSMV) 
Autor(a): Pedro Filho Noronha de Souza 
Programa: Pós-Graduação em Bioquímica 
Instituição: Universidade Federal do Ceará - UFC 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UFC 



segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Tese de Manoel Freire Rodrigues: Revolta e Melancolia: uma leitura da obra de Lima Barreto

Tese: Revolta e Melancolia: uma leitura da obra de Lima Barreto 
Autor(a): Manoel Freire Rodrigues 
Programa: Pós-Graduação em Teoria e História Literária 
Instituição: Universidade Estadual de Campinas 
Publicação: 2009 
Fonte do artigo: UNICAMP 


Resumo: 
Elaborada sob o signo do inconformismo e orientada pelo ideal de uma literatura militante, a obra de Lima Barreto expõe ao mesmo tempo as agudas contradições da sociedade brasileira dos primeiros anos da república e as agruras da vida íntima do escritor, cuja biografia é o sintoma vivo daquelas mesmas contradições que alimentam os seus textos. Se os diários revelam a dimensão mais íntima e pessoal de Lima Barreto, oferecendo um roteiro biográfico para a leitura de sua ficção, os escritos circunstanciais constituem uma espécie de roteiro ideológico em que o Autor, por meio de textos militantes, denuncia as iniqüidades da sociedade brasileira do seu tempo. Assim, alimentada pelas injunções históricas imediatas e pelas circunstâncias biográficas do romancista, a escrita de Lima Barreto dá voz ao protesto mudo dos vencidos, modulada pela revolta do injustiçado e a melancolia do fracassado.

domingo, 27 de setembro de 2020

Tese de Xavier Freire: O fim do passe e a modernização conservadora no futebol brasileiro (2001-2006)

Tese: O fim do passe e a modernização conservadora no futebol brasileiro (2001-2006) 
Autor(a): Francisco Xavier Freire Rodrigues 
Programa: Pós-Graduação em Sociologia 
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Sul 
Publicação: 2007 
Fonte do artigo: UFRGS 


Resumo: 
A presente tese tem como tema o fim do passe e a modernização conservadora no futebol brasileiro. O nosso objeto de investigação consiste nos impactos provocados pelo fim do passe no futebol brasileiro no período de 2001 a 2006, buscando apreender as características do processo civilizatório na sociedade brasileira mediante a análise da nova regulamentação das relações entre clubes e jogadores. Tem como recorte empírico 12 clubes de futebol das séries A, B e C do campeonato brasileiro. Analisa-se o novo sistema de transferências de jogadores de futebol que surgiu com a Lei Pelé (nº 9.615/98), os processos de modernização, flexibilização das relações de trabalho e contratuais e a construção de um habitus profissional no futebol brasileiro. O fim do passe é resultado de um conjunto de mudanças na legislação e na estrutura administrativa do futebol, que teve início com a criação do Clube dos Treze, em 1987, consolidando-se com a promulgação da Lei Pelé, e mais especificamente com o artigo que estabelece liberdade de trabalho ao jogador de futebol. Pode-se concluir, então, que mesmo tendo em vista que a Lei Pelé altera o sistema de relações de trabalho dos atletas profissionais, caminha-se para uma regulamentação de característica híbrida, mantendo institutos do antigo passe. Portanto, a modernização conservadora do futebol brasileiro se caracteriza pelo fato de que a extinção do passe pela Lei Pelé (nº 9.615/98) não garantiu a plena liberdade de trabalho para os jogadores devido aos Decretos e Medidas Provisórias que buscam preservar os interesses dos dirigentes e empresários através do sistema de multas rescisórias e indenizações por formação e por promoção do atleta, pois não foi suficiente para abolir os mecanismos de negociação e venda de jogadores e as correspondentes taxas de intermediação.

sábado, 26 de setembro de 2020

Tese de Tassiano Maxwuel Câmara: Mapeamento de QTLs de caracteres relacionados à tolerância ao estresse hídrico em milho tropical

Tese: Mapeamento de QTLs de caracteres relacionados à tolerância ao estresse hídrico em milho tropical 
Autor(a): Tassiano Maxwell Marinho Câmara 
Programa: Pós-Graduação em Agronomia 
Instituição: Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" 
Publicação: 2006 
Fonte do artigo: ESALQ 





quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Dissertação de Anamaria Sena: Estudo do comportamento dos parâmetros de antenas de microfita utilizando diferentes configurações de arranjos de estruturas EBG/PBG

Dissertação: Estudo do comportamento dos parâmetros de antenas de microfita utilizando diferentes configurações de arranjos de estruturas EBG/PBG 
Autor(a): Anamaria Sena Maia 
Programa: Pós-Graduação em Sistema de Comunicação e Automação 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UFERSA 

 
Resumo: 
Os sistemas de comunicação assumiram papéis fundamentais para o desenvolvimento, social, econômico e cultural na sociedade. A cada momento, surgem novas tecnologias procurando oferecer o acesso mais rápido, fácil e confiável aos diversos serviços de comunicações. Nesse contexto, as antenas de microfita se destacam por possuírem características como, tamanho compacto e custo reduzido. No entanto, apresentam algumas limitações relacionadas a largura de banda estreita e ganho reduzido. Um avanço significativo para minimizar essas perdas, proveio com a utilização de estruturas de bandas proibidas (EBG – Eletromagnetic Band Gap e PBG – Photonic Band Gap) nos componentes das antenas. Este trabalho propõe o estudo e análise do comportamento das propriedades de antenas de microfita projetadas com configurações de estruturas EBG/PBG no substrato e no plano de terra. De modo que as estruturas estão arranjadas apenas sob o patch e, são desenvolvidas com variações no raio, altura do cilindro e posicionamento no plano de terra. Para a frequência de ressonância de 5,85 GHz, e substratos de diferentes permissividades. Na modelagem computacional foi utilizado o software ANSYS HFFS®, e com a análise dos resultados simulados foram fabricados sete dispositivos, onde através de um analisador de redes vetoriais, foram realizadas as medições dos principais parâmetros. Por fim são comparados os valores simulados e medidos, de modo que que os resultados apresentaram na maioria das configurações uma concordância no padrão de seus gráficos, apesar dos deslocamentos de frequência. Também foi observado que as antenas com as estruturas EBG/PBG apresentaram comportamento de multibandas, possibilitando a aplicação em faixas de frequências específicas, assim como, ocorreu um aumento nos valores de ganho total, largura de banda e a redução das correntes de superfície.

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Dissertação de Raquel Morais: Formação inicial e continuada sob a ótica dos professores das disciplinas de Ciências da Natureza e Matemática da 13ª DIREC lotados no município de Apodi

Dissertação: Formação inicial e continuada sob a ótica dos professores das disciplinas de Ciências da Natureza e Matemática da 13ª DIREC lotados no município de Apodi 
Autor(a): Najara Raquel de Lima Morais 
Programa: Pós-Graduação em Ensino 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo: 
Com o aparecimento das novas tendências pedagógicas, o professor passa a ser não um depositante do conhecimento, mas, sim, um mediador. Com isso, o docente tem então novos desafios a serem enfrentados, com novas atribuições e exigências. Para tanto, a fim de se formarem professores capacitados para atender a essa demanda, houve então uma necessidade de se estudar a formação do formador. A partir disso, observou-se um aumento no número de pesquisas e estudos, teses e dissertações que abordam esse tema. Com a pesquisa voltada para essa temática, sobre a formação inicial do professor, percebeu-se a necessidade de se estudar também a qualidade da formação continuada desses docentes, não somente a qualidade, mas a importância que esse profissional dava a sua formação e a qualidade da formação em si oferecida a esses profissionais. No entanto, ainda é perceptível uma escassez na literatura de trabalhos com esse tema. Sendo assim, a proposição desta pesquisa teve origem no interesse em relação aos dilemas enfrentados pelos professores das disciplinas de Química, Física, Biologia e Matemática. A pesquisa foi realizada através de entrevistas e aplicação de questionários com os docentes da 13ª Direc analisando as discussões dos pontos levantados pelos professores colaboradores, com base nos referenciais Tardiff (2014) e Maldaner (2006), que trazem em suas obras um melhor embasamento teórico em relação ao pensamento que os mesmos demonstram em relação à formação inicial e continuada. Com isso, almejou-se com esse estudo conhecer aspectos da formação inicial dos professores atuantes, bem como sua busca por uma formação continuada. Através de um levantamento feito para a elaboração deste trabalho, observou-se que no período de 2008- 2018 foram encontradas 20 publicações, entre tese, dissertações e artigos, com essa temática. Porém, esses números são pequenos se analisada a extensão do país e o período de tempo. Outro ponto a ser ressaltado na pesquisa foi a concepção que os próprios profissionais da área têm sobre a definição da formação docente, inicial e continuada, na qual, de uma forma geral, houve uma divisão nas respostas. Uma parte dos docentes afirmou ter tido uma formação satisfatória, enquanto a outra parte relatou que, ao ingressar no mercado de trabalho, teve dificuldades devido às lacunas que não foram preenchidas na graduação. Os levantamentos feitos pelos questionários aplicados analisam dados como tempo de atuação, formação acadêmica, nível de formação, disciplinas em que ministram aula, número de escolas em que trabalham, municípios em que atuam e número de turmas em que lecionam. Foi possível obter através da pesquisa informações pertinentes que geram uma boa expectativa com relação à prática profissional, além de proporcionam ao docente uma melhor visão da sua profissão.

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Dissertação de Alyson Medeiros: Eletroanálise do Estrogênio Sintético Z,Z-Dienestrol em Tilápia-do-Nilo (Sarotherodon niloticus) utilizando eletrodo de diamante dopado com boro

Dissertação: Eletroanálise do Estrogênio Sintético Z,Z-Dienestrol em Tilápia-do-Nilo (Sarotherodon niloticus) utilizando eletrodo de diamante dopado com boro 
Autor(a): Alyson Santos de Medeiros 
Programa: Pós-Graduação em Ciências Naturais 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo: 
A aquicultura está entre as atividades econômicas que mais crescem em muitos países, particularmente no Brasil. Isso é uma consequência da constante e crescente procura por organismos aquáticos, tais como peixes, moluscos, crustáceos, répteis, entre outros, destinados para diferentes fins, principalmente, para a alimentação humana. Para atender estas demandas, muitos aquicultores fazem uso indiscriminado de estrogênios sintéticos, como é o caso do Z,Z-Dienestrol (DNL), com o intuito de induzir a reprodução acentuada dos organismos tratados, embora também sejam capazes de afetar o metabolismo dessas espécies e dos consumidores envolvidos na cadeia alimentar, mesmo em baixas concentrações. Tendo em vista a elevada demanda brasileira por Tilápia-do-Nilo (Sarotherodon niloticus), tanto para o mercado interno quanto externo, este trabalho tem por objetivo desenvolver um método eletroanalítico capaz de detectar baixos níveis de DNL na biomassa desta espécie, utilizando o eletrodo de diamante dopado com boro (EDDB) como superfície de trabalho. Os resultados obtidos por voltametria cíclica indicaram que o estrogênio em estudo apresenta alta reatividade em meio ácido, mostrando um processo de oxidação irreversível sobre EDDB pré-ativado catodicamente. Os produtos da reação redox adsorvem sobre a área ativa do dispositivo, mas a elevada resistência á passivação do material eletródico possibilita a renovação da superfície pela simples agitação mecânica do meio. Utilizando voltametria de onda quadrada sob condições otimizadas (EDDB pré-ativado catodicamente; solução-tampão Britton-Robinson (pH = 2,0) como eletrólito; 60 s de agitação entre as medidas; 150 Hz de frequência com incremento de 2 mV; e amplitude dos pulso de 30 mV), foi possível detectar traços de DNL (limite de detecção de 5,43×10-8 mol L-1 ) com alta correlação dos dados (r 2 = 0,9987), precisão e exatidão das medidas (desvio padrão relativo abaixo de 13,0 %). O método foi aplicado com êxito na eletroanálise de DNL em Tilápia-doNilo, após fortificação da biomassa (5,0×10-7 ; 1,0×10-6 e 9,0×10-6 mol L-1 ) e extração do conteúdo estrogênico pelo método QuEChERS. Os elevados valores de recuperação (88,5 - 96,2 %) atestam a credibilidade do método eletroanalítico proposto para o possível controle de qualidade de DNL em produtos da aquicultura.

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Dissertação de Eliani Jordana: Unidades de ensino potencialmente significativas: uma contribuição à formação inicial de professores de química do IFRN, Campus Apodi

Dissertação: Unidades de ensino potencialmente significativas: uma contribuição à formação inicial de professores de química do IFRN, Campus Apodi 
Autor(a): Eliani Jordana da Silva Moreira 
Programa: Pós-Graduação em Ensino 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo: 
A efetiva melhoria do processo ensino-aprendizagem ocorre pela intervenção do professor e pelo contínuo aprimoramento sobre sua prática pedagógica em ações de educação inicial e continuada. Assim, o meio escolar é um ambiente propício à pesquisa e à investigação do potencial de diferentes metodologias. Nesse sentido, as Unidades de Ensino Potencialmente Significativas (UEPS) – sequências de ensino fundamentadas teoricamente – estão voltadas para a Aprendizagem Significativa, uma vez que podem estimular a pesquisa aplicada em ensino, aquela voltada diretamente à sala de aula. As sequências de ensino em ciências surgem como uma tentativa de aproximar o contexto dos conhecimentos científicos da prática em sala de aula. Em função disso, o presente trabalho investigou em que medida uma intervenção didática estruturada em UEPS pode ser vista por licenciandos em Química, como viável e interessante para abordar conteúdos químicos. Para isso, aplicamos uma oficina intitulada “Unidades de Ensino Potencialmente Significativas: uma contribuição à formação inicial de licenciandos em Química do IFRN, campus Apodi”, embasada pela teoria da Aprendizagem Significativa (TAS) de David Ausubel com os discentes do curso de Licenciatura em Química do IFRN do campus supracitado. Adotamos neste trabalho a pesquisa quantitativa, com o uso da escala de Likert e qualitativa, a partir da pesquisa ativa, na forma de pesquisa-ação. Os dados quantitativos foram tratados segundo a estatística clássica, usando como medidas de centralidade, a média aritmética e desvio padrão. Quanto aos dados qualitativos, construíramse a partir da Análise de Conteúdo de Bardin. A análise dos dados pós oficina indicou que os discentes perceberam as UEPS como interessantes para serem utilizadas em suas aulas. Entretanto, consideradas pouco viáveis, em virtude de aspectos relacionados ao tempo destinado à sua preparação e também por desenvolverem uma prática ainda atrelada ao ensino tradicional, no qual o professor é tido como o detentor do conhecimento. Com este trabalho pode-se perceber também a importância de espaços na formação inicial de professores que propiciem a discussão e o desenvolvimento de propostas de ensino com abordagens diversificadas, os quais podem colaborar numa perspectiva de mudança no ensino.

domingo, 20 de setembro de 2020

Dissertação de Luan Mayk: Influência da adição de recobrimentos a base de PVC e de alumínio no metal depositado com eletrodos revestidos E-7018

Dissertação: Influência da adição de recobrimentos a base de PVC e de alumínio no metal depositado com eletrodos revestidos E-7018 
Autor(a): Luan Mayk Tôrres Costa 
Programa: Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais 
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Norte 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFRN 


Resumo: 
A soldagem a arco elétrico por eletrodo revestido (SMAW) apresenta vantagens competitivas que tornam esse processo de união um dos mais importantes em escala industrial. Contudo, a absorção de umidade é um problema que exige cuidados especiais no armazenamento dos eletrodos, para evitar o comprometimento das propriedades mecânicas. Na busca do controle de H, recobrimentos protetores de filmes de PVC e de tinta de alumínio foram aplicados em eletrodos E-7018 na soldagem de aço ASTM A36. Neste trabalho, realizou-se o estudo comparativo entre os diferentes corpos de prova soldados com E-7018, com e sem proteção. A caracterização da zona fundida destas amostras consiste numa avaliação sequencial dos trabalhos já desenvolvidos por RAMOS (2015) e SOUZA (2017). Através da utilização das microscopias óptica e eletrônica de varredura, observou-se que a microestrutura da zona fundida, em todas as condições, é composta pelas ferritas acicular, poligonal e de Widmanstatten, bainita superior, agregados ferrita-carboneto e, em algumas regiões, microconstituinte MA. A utilização da técnica de EBSD permitiu notar que a aplicação do recobrimento proporcionou uma microestrutura ligeiramente mais refinada na zona fundida, em comparação à condição pura. Também, os filmes de PVC e tinta de alumínio foram responsáveis por maior nucleação de ferrita acicular. Em todos os casos, a razão de aspecto da acicularidade ferrítica variou entre 2 e 10. Ainda de acordo com o EBSD, o recobrimento induziu maior fração de microfases, principalmente MA, o que pode acarretar redução a tenacidade do aço.

sábado, 19 de setembro de 2020

Dissertação de Luisa Ione: Contribuições do aplicativo “Lele silabas” para a alfabetização de crianças no 4º ano do Ensino Fundamental

Dissertação: Contribuições do aplicativo “Lele silabas” para a alfabetização de crianças no 4º ano do Ensino Fundamental 
Autor(a): Luisa Ione de Morais 
Programa: Pós-Graduação em Ensino 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2020 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo: 
Este trabalho tem como objetivo principal, investigar possíveis melhorias no processo de alfabetização de nove alunos de 4º ano do ensino fundamental, de uma escola da rede pública de ensino, por meio da interação com aplicativo “Lele Sílabas”. Trata-se de um estudo de campo, uma pesquisa participante, dentro de uma abordagem qualitativa, na qual efetivou-se uma intervenção na prática, por meio de uma sequência didática. Este estudo foi embasado em uma literatura abrangente, envolvendo alfabetização e tecnologia, e os autores que fundamentaram foram: Ferreiro e Teberosky (1999); Piaget (2012); Mortatti (2006); Soares (2017; 2018); Kensky (2012); Rojo e Moura (2012); Caetano (2012; 2015); Coscarelli (2016); Cruz (2009; 2012); Garcia (2013); Bottentuit Jr, Menez, Wunsch (2018), entre outros. Como instrumento para coletar os dados, utilizou-se da observação participante, uma entrevista semiestruturada com as professoras, entrevistas narrativas com as crianças e de um instrumento avaliativo, para aferir o nível de escrita e leitura dos alunos participantes. Durante a investigação foi possível constatar-se o potencial do citado aplicativo, na alfabetização de alunos que chegam ao 4º ano, sem a apropriação do conhecimento da leitura e da escrita. Os resultados indicam que o uso do aplicativo “Lele Sílabas”, contribuiu para o desenvolvimento da consciência fonológica: silábica, fonêmica e grafofonêmica dos alunos; induziu à alfabetização tecnológica; auxiliou no desenvolvimento de habilidades motoras de alguns alunos, no tocante ao uso do celular; despertou a comunidade escolar para a necessidade de integração dos recursos tecnológicos aos fazeres diários e influenciou à prática dos docentes alfabetizadores, mostrando que a tecnologia pode ser um instigante e motivador recurso desde a fase inicial da alfabetização de crianças.

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Dissertação de Tassiano Maxwuell Câmara: Importâncias relativas do desempenho individual e em topcross" na seleção de famílias S3 de milho-pipoca

Dissertação: Importâncias relativas do desempenho individual e em topcross" na seleção de famílias S3 de milho-pipoca
Autor(a): Tassiano Maxwell Marinho Câmara
Programa: Pós-Graduação em Genética e Melhoramento
Instituição: Universidade Federal de Viçosa
Publicação: 2002
Fonte do artigo: UFV


Resumo:
De dois programas de obtenção de linhagens da população Beija-Flor, foram instalados testes de famílias S3 com repetição somente das testemunhas, nos anos agrícolas 99/00 e 00/01, em campo experimental do Setor de Genética da Universidade Federal de Viçosa, MG. Avaliou-se, ainda, o comportamento das famílias em cruzamento com um testador, a população Viçosa, a partir de seis ensaios de 'topcross' conduzidos em látices simples nos anos agrícolas 00/01 e 01/02, um em Maringá, PR, um em Campos dos Goytacazes, RJ, dois em Capinópolis, MG, e dois em Coimbra, MG. O objetivo principal do trabalho foi avaliar as importâncias relativas do desempenho "per se" e em cruzamento na seleção de famílias S3 de milho pipoca, visando melhoramento populacional e obtenção de linhagens elites. Com os dados dos testes foram estimados parâmetros genéticos e preditos ganhos com seleção direta para capacidade de expansão e seleção com base no índice de Mulamba e Mock, com pesos variados para capacidade de expansão (CE) e produção de grãos. Na seleção das progênies com base nos desempenhos individual e em cruzamento, empregou-se seleção combinada e índices de Mulamba e Mock que ponderaram os "ranks" dos desempenhos "per se" e em cruzamento quanto aos caracteres CE e produção. Em relação aos testes de progênies S3, observou-se variabilidade genotípica para vários caracteres, dentre os quais CE e produção, estes apresentando evidência de correlação genotípica positiva. A estratégia adotada visando melhoramento populacional foi o índice de Mulamba e Mock com pesos 3 e 1 para CE e produção de grãos, respectivamente, o qual propiciou estimativas de ganhos em CE de 2,04 mL/g e 2,01 mL/g, e em produção de 56 kg/ha e 58 kg/ha, para os programas 1 e 2, respectivamente. O mesmo critério foi adotado na seleção entre e dentro, visando obtenção de progênies S4 superiores. Neste caso, os ganhos totais em CE foram de 8,72 mL/g e 5,56 mL/g, e em produção de 390 kg/ha e 176 kg/ha, para os programas 1 e 2, respectivamente. As famílias de 'topcross' foram, em média, inferiores em qualidade e equivalente em produção, quando comparadas às testemunhas comerciais. Contudo, em todos os ambientes foram identificadas famílias com CE equivalente ou superior a das testemunhas. Em geral, não foi verificada interação de ambiente com tratamento, para a maioria dos caracteres, à exceção de CE. Dentre as famílias de 'topcross' de melhor desempenho em qualidade, com efeitos de capacidade geral de combinação positivos, predominaram as provenientes de progênies selecionadas em função de seu desempenho "per se". A seleção de famílias com base nos desempenhos individual e em cruzamento proporcionou estimativas de ganhos equivalentes em qualidade e superiores em produção, para dois dos quatros índices empregados, comparativamente aos critérios que consideraram somente desempenho individual. Os cálculos de ganhos realizados evidenciaram perdas em produção de 45 kg/ha e acréscimo em qualidade de 0,57 mL/g. O ganho em qualidade é subestimado, visto que na instalação do teste de S4 considerou-se somente o plantio das progênies derivadas das plantas S3 de maior CE, o que comprometeu a representatividade, no teste, das famílias não selecionadas, pelo menos em relação ao caráter CE. Das 60 famílias S4 de maior CE, 73% são provenientes de famílias S3 selecionadas com seleção entre e dentro. Esse resultado comprova a eficiência do processo seletivo em S3.

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Dissertação de Luana Mirtes: Obtenção e caracterização de bioadsorventes a partir de algas marinhas para remoção de cromo hexavalente em solução aquosa

Dissertação: Obtenção e caracterização de bioadsorventes a partir de algas marinhas para remoção de cromo hexavalente em solução aquosa 
Autor(a): Luana Mirtes de Freitas Gomes 
Programa: Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo:
O meio ambiente, ao longo das últimas décadas, vem sofrendo com o aumento populacional e a intensa industrialização da economia global, que tem seus pontos positivos, mas muitas vezes também negativos em relação a impactos ambientais que podem ocorrer com a má destinação de resíduos industriais no meio ambiente. Como consequência, há um aumento significativo da poluição dos diversos ecossistemas planetários. Dentre os poluentes gerados pelas indústrias, os metais tóxicos se destacam por seus efeitos deletérios aos organismos vivos. Quando íons metálicos tóxicos são lançados como resíduos industriais, na água, no solo ou no ar, podem ser absorvidos pelos vegetais e animais, provocando intoxicações ao longo da cadeia alimentar, podendo chegar até o homem. O cromo hexavalente é, dentre os metais tóxicos, um dos mais estudados devido a seus graves efeitos na saúde humana. Diversos processos de remoção de poluentes em soluções aquosas têm sido propostos; dentre os quais a adsorção é um dos mais atrativos, por sua versatilidade, podendo ser utilizado para remoção de metais e outros poluentes. Neste contexto, a biomassa de alga vem sendo um dos materiais alternativos mais estudados para esse processo. Isso se deve a composição de sua parede celular, que é rica em grupos funcionais, que podem ser interessantes para o processo de adsorção, tais como: carboxílicos (-COOH), sulfônicos (-SO3H) e hidroxil (-OH). Este trabalho teve como objetivo testar e comparar três diferentes tipos de algas marinhas - alga parda, Dictyota Mertensii (DM); alga vermelha, Gracilaria Cervicornis (GC); e alga verde, Ulva Fasciata (UV) - para adsorção de cromo hexavalente em solução aquosa. Os materiais foram caracterizados por granulometria, microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR); posteriormente foram realizados estudos cinéticos e de equilíbrio, aplicando-se modelos cinéticos e isotermas de adsorção. Os ensaios de adsorção mostraram que a capacidade máxima de adsorção de cromo hexavalente no equilíbrio e na temperatura de 58 °C e concentrações iniciais variando de 25 a 1000 mg/L foi de: 332 mg/g para a DM; 296 mg/g para GC e 193,5 mg/g para UF. Quanto à descrição da cinética, o modelo que melhor se ajustou aos dados da DM foi o de pseudo-primeira ordem; para GC e UF foi o modelo de Elovich. Em relação aos dados de equilíbrio, os modelos que melhor descreveram os resultados experimentais foram Langmuir (28 e 48 °C) e Freundlich (38 e 58 °C) para a alga DM; enquanto para a alga GC os modelos de Toth (28 °C), Langmuir (38 °C), Sips (48 °C) e Temkin (58 °C) foram os que melhor se ajustaram; já para a alga UF, os modelos que melhor se ajustaram foram os das isotermas de Langmuir (28 e 38 °C) e Freundlich (48 e 58 °C). Os resultados mostraram que os bioadsorventes obtidos a partir de algas marinhas têm potencial para remoção de cromo hexavalente nas condições investigadas. Sendo o material mais eficiente o obtido a partir da alga parda (DM). 

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Dissertação de Mickael Medeiros: Fenologia, produção e qualidade da água de Coqueiro Anão-Verde sob adubação potássica no Oeste Potiguar

Dissertação: Fenologia, produção e qualidade da água de Coqueiro Anão-Verde sob adubação potássica no Oeste Potiguar 
Autor(a): Francisco Mickael de Medeiros Câmara
Programa: Pós-Graduação em Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UFERSA 


terça-feira, 15 de setembro de 2020

Dissertação de Elaine Soares Nobre: Análise sensorial de carne bovina com cobertura de quitosana e extratos naturais

Dissertação: Análise sensorial de carne bovina com cobertura de quitosana e extratos naturais 
Autor(a): Elaine Cristine Alves Soares Nobre 
Programa: Pós-Graduação em Produção Animal 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFERSA 



Resumo: 
O objetivo da pesquisa foi avaliar o uso de revestimentos comestíveis de quitosana adicionados de extratos naturais como conservantes da carne bovina e sua influência nas características sensoriais. A princípio foram preparadas misturas filmogênicas contendo 3% de quitosana, além de 8%, 6% e 8%, dos extratos de alecrim, cebola e urucum, respectivamente, as amostras de carne foram imersas nas misturas filmogênicas e analisadas posteriormente, as análises realizadas foram: físicas (pH, cor, capacidade de retenção de água, perda de peso na cocção e força de cisalhamento), microbiológicas (detecção de Salmonella spp.), atividade antioxidante (TBARS), análise sensorial. Os resultados das análises físicas, demonstram que não houve efeito significativo (p<0,05) entre os tratamentos para pH. A capacidade de retenção de água mais elevada, ocorreu nas coberturas com extrato de cebola a 6% e com extrato alecrim de 8%. A perda de peso na cocção das amostras contendo os extratos foi menor do que nas amostras controle e contendo quitosana. A força de cisalhamento também apresentou diferença entre os tratamentos, todas as amostras tiveram uma diminuição na força de cisalhamento. Nas análises microbiológicas, verificou-se a conformidade da ausência de Salmonella spp. em 25g de amostra. Todas as coberturas demonstraram capacidade antioxidante significativa entre os tratamentos. Os resultados da análise sensorial, demonstram que não houve efeito significativo (p<0,05) entre os tratamentos, no entanto, a cobertura que contém o extrato de urucum, obteve maior média para os atributos avaliados. Assim, conclui-se que as coberturas à base de quitosana e extrato naturais apresentaram influência na conservação e qualidade da carne bovina, tendo boa aceitação entre os consumidores principalmente a carne contendo cobertura com extratos de urucum mais aceita pelos provadores.


segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Dissertação de Ítala Paiva: Redução da viscosidade do biodiesel de Ricinus communis l. (Mamona) através de acetilação catalisada por enzimas comerciais

Dissertação: Redução da viscosidade do biodiesel de Ricinus communis l. (Mamona) através de acetilação catalisada por enzimas comerciais 
Autor(a): Francisca Ítala da Silva Paiva Valdevino 
Programa: Pós-Graduação em Energias Renováveis 
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: IFCE 


Resumo: 
A presente pesquisa objetivou a redução da viscosidade do biodiesel da mamona (Ricinus communis L.) através de acetilação enzimática. Para o desenvolvimento do trabalho foram testadas seis variedades de enzimas comerciais, sendo elas: Amano Lípase OS de Burkholderia cepacia imobilizada em terra diatomácea, lipase de Candida rugosa, lipase do pâncreas de porco (PPL), Amano PS, Lipozyme RM e a Novozyme. As enzimas foram testadas na acetilação do ricinoleato de metila, para verificar aquela com maior potencial catalítico. A enzima selecionada foi a Amano Lipase OS imobilizada. Em seguida, um planejamento experimental fatorial completo 24 , com o intuito de encontrar as melhores condições reacionais, foi elaborado com as variáveis: massa de enzima, temperatura, tipo de solvente e doador de grupo acila. Os fatores de maior impacto foram a massa de enzima e o tipo de solvente, sendo uma proporção a massa de 10 mg de enzima e hexano como solvente os que resultaram em rendimento mais elevados (>99%). A alta temperatura influenciou negativamente. O estudo cinético revelou que a reação enzimática se ajustou a um modelo de pseudo-primeira ordem. Para o estudo das propriedades físico-químicas do óleo de mamona, do biodiesel e biodiesel acetilado foram avaliados o teor de umidade, acidez, ácidos graxos livres, viscosidade, saponificação, iodo, massa especifica, metais (cálcio, magnésio, potássio e sódio), fósforo e enxofre para verificar se os mesmos se encontram dentro dos padrões da ANP. As medidas das propriedades físico-químicas revelaram bons resultados e condizentes com os limites estabelecidos pela literatura para o óleo, biodiesel e seu acetilado, dentre elas estão o teor de umidade, índice de acidez, iodo e massa especifica, e para alguns metais, enxofre e fósforo. O principal objetivo da pesquisa foi alcançado, conseguiu-se reduzir a viscosidade do biodiesel da mamona em cerca de 50% após acetilação do grupo hidroxila (OH), diminuindo dessa forma a sua polaridade, e melhorando suas propriedades.

domingo, 13 de setembro de 2020

Dissertação de Sheila Fernandes: Gestão na Educação Infantil: ações do mapa educacional no município de Mossoró/RN no período de 2011 – 2015

Dissertação: Gestão na Educação Infantil: ações do mapa educacional no município de Mossoró/RN no período de 2011 – 2015 
Autor(a): Sheila Beatriz da Silva Fernandes 
Programa: Pós-Graduação em Educação 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo:
Este estudo objetiva analisar as ações desenvolvidas pela gestão das Unidades de Educação Infantil com a implementação do Mapa Educacional no período de 2011 a 2015. A pesquisa em questão configura-se como de natureza qualitativa, realizando a observação não participante, com registro em um diário de pesquisa, no período de três meses acompanhando duas Unidades de Educação Infantil no município de Mossoró/RN. Além disso, realizaram-se entrevistas semiestruturadas com cinco sujeitos de cada unidade. A análise documental se deteve a registros institucionais escritos, como o Plano Municipal de Educação (2004 – 2013), o Plano Estratégico Municipal (2009 – 2012), a Lei de Responsabilidade Educacional – Lei n. 2.717/2010 e os Mapas Educacionais construídos no período de 2011 a 2015 das duas Unidades de Educação Infantil pesquisadas. Os resultados demonstraram que a política municipal de Mossoró/RN possui características gerenciais que estão baseadas na avaliação com ênfase nos resultados, na premiação e no estabelecimento de rankings, valores inerentes ao Estado Avaliador. O Mapa Educacional é considerado um instrumento importante pelos sujeitos entrevistados, pois orienta e organiza as atividades das Unidades de Educação Infantil, cujas ações propostas têm permitido a participação da família, a realização de projetos pedagógicos articulados com a comunidade escolar e o funcionamento do Conselho Escolar. A premiação dada pela avaliação do Mapa Educacional tem gerado dilemas nas práticas dos sujeitos, resultando em competitividade entre as unidades. Conclui-se, portanto, que a política municipal de Mossoró/RN reflete claramente as práticas gerencialistas do novo modelo de gestão pública, incentivando melhores resultados, ou seja, a eficiência, as honrarias, o estabelecimento de rankings e os instrumentos de monitoramento. Essas características e mecanismos adotados pelo município revelam que a política de Estado Avaliador vem sendo implementada na educação mossoroense. Considera-se que a política de educação de Mossoró precisa ser discutida com os sujeitos que a praticam, fazendo, assim, as alterações cabíveis para solucionar os dilemas promovidos por essa política.

sábado, 12 de setembro de 2020

Dissertação de Kaiser Sousa: Letramento Científico: uma análise do uso social dos conhecimentos construídos nas ciências naturais e matemática

Dissertação: Letramento Científico: uma análise do uso social dos conhecimentos construídos nas ciências naturais e matemática 
Autor(a): Kaiser Jackson Pereira de Sousa 
Programa: Pós-Graduação em Ensino 
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo:
No momento atual da sociedade as questões científicas são discutidas por vezes sem nenhum embasamento científico. Nota-se, então, que não cabe mais aquele ensino que visa apenas a memorização de conceitos e fórmulas, mas que se construa uma aprendizagem na qual os estudantes possam, dentre outras coisas, utilizar os conhecimentos escolares no seu cotidiano visando o bem comum para todos. O presente trabalho discute sobre elementos que possam direcionar a construção de habilidades de Letramento Científico (LC) pelos estudantes concluintes do ensino médio integrado do IFRN campus Pau dos Ferros. A pesquisa foi iniciada com as discussões sobre o tema, autores como Shen (1975), Norris e Phillips (2003), Fourez (1997), Mamede e Zimmermann (2005), Santos (2007), Soares (2016) debatem o LC, sobre o uso dos conhecimentos escolares, principalmente os de natureza científica, por parte dos estudantes na sua vida social fora do ambiente escolar. Com o intuito de verificar a quantidade de produções acadêmicas sobre o tema, foi realizado um estado da arte, em que se constatou um número significativo das mais diversas produções, como artigos, trabalhos apresentados em eventos, dissertações, teses e trabalhos de conclusão de cursos de especialização. Notou-se ainda que não havia trabalhos sobre LC no âmbito do ensino médio integrado à educação profissional e tecnológica, dando assim um caráter de ineditismo a presente dissertação, ainda mais por ela ter sido desenvolvida no IFRN. Posteriormente, foi feita uma análise nos principais documentos da instituição, com o objetivo de encontrar indicações metodológicas para os professores embasarem suas práticas de modo a construir habilidades de LC. Os documentos analisados foram o Projeto Político Pedagógico (PPP), as Propostas de Trabalho das Disciplinas do Ensino Médio (PTDEM) e os Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPCs). A análise documental seguiu a metodologia de Bardin (2011) e percebeu-se uma quantidade significativa de recortes dos documentos que podem auxiliar os docentes a realizarem seus fazeres para tentar construir nos estudantes o LC. Por fim, para avaliar se as habilidades típicas dos que são letrados cientificamente estavam sendo construídas nos estudantes foi aplicado o Test of Scientific Literacy Skills (TOSLS) elaborado por Gormally, Brickman e Lutz (2012). O número de acertos e erros das questões mostrou que algumas habilidades de LC estão sendo bem desenvolvidas nos discentes, mas outras precisam de uma maior atenção e devem ser melhor trabalhadas. Cabe destacar que a presente dissertação não possui nenhum caráter fiscalizador ou tenta procurar culpados por causa dos resultados, a intenção é de causar reflexão em todos os atores envolvidos nos processos de ensino e aprendizagem para que o IFRN continue sempre ofertando uma educação de qualidade, formação humana integral e emancipadora nos seus estudantes. 


sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Dissertação de Wiliane Lima: Interação entre o estresse salino e bioestimulante na cultura da abobrinha italiana (Cucurbita pepo L.)

Dissertação: Interação entre o estresse salino e bioestimulante na cultura da abobrinha italiana (Cucurbita pepo L.) 
Autor(a): Maria Wiliane de Lima Souza 
Programa: Pós-Graduação em Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo:
No presente trabalho, objetivou-se avaliar o efeito do tratamento de sementes com bioestimulante Stimulate® na cultura da abobrinha italiana, cv. Caserta Italiana, sob condições de estresse salino. O trabalho foi desenvolvido em três etapas nas quais se avaliou o uso do bioestimulante em pré-tratamento de sementes, na produção de mudas, no crescimento e na produção de frutos de abobrinha. O primeiro experimento em laboratório, avaliando-se o desempenho de sementes tratadas com bioestimulante, por meio de curva de embebição e teste de germinação, utilizando delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x5, sendo três tempos de embebição das sementes (6, 8 e 10 horas) e cinco concentrações de bioestimulante (0; 5; 10; 15 e 20 mL L-1 ), com quatro repetições. O segundo experimento foi realizado em casa de vegetação, avaliando-se o uso do bioestimulante e estresse salino na produção de mudas de abobrinha, onde foi analisado o crescimento, o acúmulo de massa seca e o teor de clorofila. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 6, sendo dois níveis de salinidade da água usada para irrigação (0,5 e 5,0 dS m-1 ) e seis formas de aplicação do bioestimulante (B1- Ausência, B2- Semente, B3- Semente + foliar 5 mL L-1 , B4- Semente + foliar 10 mL L-1 , B5- Foliar de 5 mL L-1 e B6- Foliar de 10 mL L-1 ), com quatro repetições. O terceiro experimento foi conduzido na área experimental, com o objetivo de avaliar a crescimento, produção e qualidade de frutos de abobrinha cv. Caserta Italiana em função do estresse salino e o uso do bioestimulante. Os tratamentos utilizados foram os mesmos do experimento anterior, diferindo apenas nas formas de aplicações B3, B4, B5 e B6: aplicação via semente + foliar (10 mL L-1 no florescimento), semente + foliar (10 mL L-1 aos 20 e 30 dias após a semeadura), foliar (10 mL L-1 no florescimento) e foliar (10 mL L-1 aos 20 e 30 DAS), respectivamente. Nessa etapa, as plantas foram avaliadas quando ao crescimento, o acúmulo de massa seca, a produção e as características físico-químicas dos frutos. Nos três experimentos, os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e foi realizado o desdobramento dos fatores para as variáveis que apresentaram resposta significativa à interação ente os fatores. A análise estatística dos dados mostrou de modo geral que o uso do bioestimulante não foi eficiente para inibir o efeito deletério da salinidade sobre a maioria das variáveis analisadas. No entanto, o uso de bioestimulante é eficiente para aumentar a produção de frutos de abobrinha, independentemente da qualidade da água utilizada na irrigação.


quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Dissertação de Luciano Fernandes: Digestão anaeróbia de resíduos bovinos e suínos monitorada por um sistema de aquisição de dados e uso do biofertilizante como fonte de nutrientes no cultivo de plantas de Girassol (Helianthus annuus L.)

Dissertação: Digestão anaeróbia de resíduos bovinos e suínos monitorada por um sistema de aquisição de dados e uso do biofertilizante como fonte de nutrientes no cultivo de plantas de Girassol (Helianthus annuus L.) 
Autor(a): Luciano Fernandes de Moura 
Programa: Pós-Graduação em Energias Renováveis 
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará 
Publicação: 2017 
Fonte do artigo: IFCE 


Resumo:
Diversos são os desafios enfrentados pela sociedade. Dentre estes, podem-se citar os resíduos sólidos gerados pelo mundo, isso devido ao seu grande potencial de contaminação e degradação do meio ambiente. Dentre os vários tipos de resíduos sólidos, os dejetos de animais (biomassa), fazem parte de uma parcela significativa desses rejeitos nos modos de produção agropecuária. Partindo dessa problemática, o presente trabalho teve como objetivo estudar a digestão anaeróbia dos resíduos bovinos e suínos monitorados através de um sistema de aquisição de dados, bem como verificar a viabilidade do uso de diferentes concentrações do biofertilizante produzido como fonte de nutrientes no crescimento inicial de plântulas de girassol sob condições de casa de vegetação. Na construção do sistema de aquisição de dados foi utilizado um computador (Raspberry Pi) de pequeno porte desenvolvido pela Raspberry Pi Foundation. Optou-se por esse modelo por se tratar-se de um instrumento bastante simples, porém, capaz de realizar várias tarefas específicas, além do uso de diversos sensores de baixo custo no mercado. Fez-se depois o estudo cinético do processo, com quatro ensaios, dois in natura com proporções de 100% de dejeto bovino e 100% dejeto suíno e os outros dois se utilizando do ensaio in natura com proporções de mistura de 50%/50% e 75%/25% de dejeto bovino e dejeto suíno respectivamente. Fez-se o estudo com o biofertilizante em dois experimentos distintos utilizando os ensaios in natura nas proporções de 100%. As sementes de girassol utilizadas foram as cultivar BRS 323 adquirida junto à EMBRAPA Produtos e Mercados. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em dois esquema fatorial de 4 x 4: quatro concentrações (0; 40; 80 e 120 kg N ha−1 ) x quatro períodos de coletas (14; 21; 25 e 29 dias após a semeadura) para as variáveis número de folhas (NF), diâmetro do coleto (DC) e altura da parte aérea (APA) e 4 x 3: quatro concentrações (0; 40; 80 e 120 kg N ha−1 ) x três períodos de coletas (21, 25 e 29 dias após a semeadura) para matéria fresca da parte aérea (MFPA) e matéria seca da parte aérea (MSPA), com cinco repetições contendo duas plantas. Os dados coletados foram submetidos à regressão polinomial utilizando-se o programa estatístico sisvar 5.4, os valores de raízes foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e as médias comparadas pelo software Sigma Plot 11.0. Mediante os resultados obtidos, concluiu-se que a utilização do sistema de aquisição de dados contribuiu de forma significativa para o monitoramento do processo de biodigestão anaeróbia ao longo dos estudos e que o uso do biofertilizante como fonte nutricional na cultura do girassol nas condições empregadas no trabalho influenciou significativamente, pois promoveu incrementos em todos as variáveis analisadas em relação ao controle (ausência de biofertilizante), especialmente no tratamento de 120 kg N ha−1 . Deste modo, é possível afirmar que os biofertilizantes produzidos podem ser uma alternativa viável na substituição dos fertilizantes inorgânico.


quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Dissertação de Marcos Santos: Produto Energético em Nanoestruturas Cilíndricas do tipo Núcleo@Casca

Dissertação: Produto Energético em Nanoestruturas Cilíndricas do tipo Núcleo@Casca 
Autor(a): Marcos Santos Nunes 
Programa: Pós-Graduação em Física 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UERN 



terça-feira, 8 de setembro de 2020

Dissertação de Ivanilma Soares: Estudo fitoquímico e biológico da espécie Marsdenia megalantha Goyder & Morillo

Dissertação: Estudo fitoquímico e biológico da espécie Marsdenia megalantha Goyder & Morillo 
Autor(a): Ivanilma Soares da Silva 
Programa: Pós-Graduação em Ciências Naturais 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo 
Este trabalho apresenta uma investigação química e biológica sobre a espécie Marsdenia megalantha, realizada a partir da identificação e isolamento de alguns dos constituintes químicos dos seus extratos hidroalcoólicos, assim como pela avaliação de algumas das suas atividades biológicas. Neste propósito, o vegetal foi coletado e os extratos hidroalcoólicos de suas folhas, caules e raízes foram preparados. Realizou-se, posteriormente, a prospecção fitoquímica destes extratos vegetais a fim de se estimar os principais grupos de constituintes químicos que os compõem. Os extratos obtidos das folhas, galhos, e raízes, foram submetidos a ensaios de atividade antioxidante e o extrato das raízes submetido ainda a uma avaliação de sua atividade antimicrobiana. Logo após, realizou-se o fracionamento cromatográfico dos extratos das raízes e galhos, o monitoramento cromatográfico de suas frações por CCD, o isolamento de alguns constituintes químicos por CC e CLAE, a verificação da pureza destes constituintes por análise em CCD e CLAE, e a análise estrutural dos compostos isolados a partir dos dados espectrais de hidrogênio (RMN 1H) e carbono 13 (RMN 13C) uni e bidimensionais. A prospecção fitoquímica revelou à presença de grupos esteróides e saponinas em todos os extratos, a presença de taninos somente no extrato proveniente das folhas, e de fenóis, triterpenóides, antocianinas, antociadinas e flavonóides exclusivamente no extrato obtido das raízes. O extrato hidroalcoólico obtido das raízes apresentou atividade antimicrobiana sobre Staphylococcus aureus, sendo a Concentração Inibitória Mínima (CIM) determinada como 3,4 mg/mL, e atividade contra Enterococos faecalis e Shigella flexneri estimadas como inferiores a 1,7 mg/mL para ambas as espécies. Os ensaios de atividade antioxidante indicaram que estes extratos apresentam diferentes atividades antioxidantes em diferentes sistemas de avaliação, tendo apresentado os melhores resultados na capacidade de inibição da oxidação lipídica no teste com o sistema β-caroteno/ácido linoleico. Foram isoladas dois compostos do extrato das raízes (C01RMM e C02RMM) e três a partir do extrato dos galhos (C01GMM, C02GMM e C03GMM). Os compostos C01RMM e C01GMM tratando-se de dois triterpenóides ausentes de unidades osídicas, e os compostos C02RMM, C02GMM e C03GMM sendo três glicosídeos esteroidais com o grupo cinanoil ligado à suas estruturas.


segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Dissertação de Ery Moreira: Determinação eletroanalítica do pesticida Bendiocarbe

Dissertação: Determinação eletroanalítica do pesticida Bendiocarbe 
Autor(a): Erineudo Moreira Barbosa 
Programa: Pós-Graduação em Química 
Instituição: Universidade Federal do Ceará 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFC 


Resumo:
O objetivo desse trabalho foi desenvolver metodologia eletroanalítica para a quantificação de Bendiocarbe (BND) por voltametria de onda quadrada (VOQ) usando eletrodo de trabalho carbono vítreo modificado com dispersão de nanotubos de carbono de paredes múltiplas funcionalizados em Nafion®/DMF. Curvas analíticas foram obtidas pelo método da adição de padrão, com os valores de LD e de LQ sendo calculados pelo desvio padrão de dez brancos. A solução tampão e o valor de pH otimizados para este trabalho foram Sörensen 0,1 mol L−1 e pH 7,0. Os valores de potencial e de tempos de acumulação otimizados foram 0,60 V e 5 s, respectivamente. Os parâmetros da VOQ foram f = 70 s–1 , a = 40 mV e ΔEs = 2 mV. A faixa linear da curva analítica foi de 2,99×10–6 a 2,06×10–5 mol L−1 e coeficiente de correlação linear (R2 ) de 0,99 com repetibilidade 3,78% (n = 7) e reprodutibilidade 2,96% (n = 5). Os valores calculados para LD e LQ foram 1,07×10–6 mol L−1 (239 ppb) e 3,58×10–6 mol L−1 (799 ppb), respectivamente. As recuperações em águas naturais apresentaram os valores médios e desvio padrão relativo (DPR) de 106,55% ± 2,46%; 84,04% ± 2,33% e 79,34% ± 1,30% para as concentrações 2,99×10−6 mol L−1 , 1,18×10−5 mol L−1 e 2,06×10−5 mol L−1 , respectivamente. O método foi comparada com HPLC, método padrão de análise do BND, que apresentou LD e LQ 1,95×10–6 (436 ppb) e 6,52×10–6 mol L−1 (1435 ppb), respectivamente. 


domingo, 6 de setembro de 2020

Dissertação de Márcia Pinto: Composição química e degradabilidade ruminal de fenos de leguminosas da Caatinga

Dissertação: Composição química e degradabilidade ruminal de fenos de leguminosas da Caatinga 
Autor(a): Márcia Marcila Fernandes Pinto 
Programa: Pós-Graduação em Produção Animal 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo: 
As leguminosas merecem destaque na alimentação animal devido seu alto teor de proteína, nutriente que representa maiores custos nas rações fornecidas aos animais. Assim, a utilização destas espécies tende a promover a redução dos gastos com a alimentação e proporcionar uma maior viabilidade na produção animal na região Semiárida do Brasil. Os fenos das leguminosas Catingueira (Caesalpinia pyramidalis, Tul.), Sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth), Jucá (Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul), Canafístula (Senna spectabilis var. excelsa) e Feijão de rola (Macroptilium lathiroydes), foram caracterizadas quanto à composição químico-bromatológica e avaliação da degradabilidade in situ. Foram utilizados três ovinos fistulados no rúmen. Os fenos das plantas foram incubados no rúmen nos tempos de 2, 6, 12, 24, 48, 72 e 96h. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso em parcelas subdivididas. Os resultados indicaram que o feno da leguminosa Sabiá apresentou menor valor para a degradabilidade efetiva da matéria seca na taxa passagem de 5%/h, com 25,81%. Já o feno da catingueira apresentou maior valor (45,27%). Foram encontrados os valores de degradabilidade potenciais da proteína bruta de 26,65%; 25,54%; 25,44%; 23,15% e 19,78% para os fenos das plantas de Feijão-de-rola, Catingueira, Jucá, Sabiá e Canafístula, respectivamente. O maior valor de degradabilidade potencial da fibra insolúvel em detergente neutro (FDN) observado foi para o feno de Jucá (62,57%), tendo o feno da leguminosa Feijão de Rola apresentado maiores percentuais de FDN efetivamente degradada no rúmen na taxa de passagem de 5,0% (35,51%/h). Todos os fenos das leguminosas estudadas apresentaram bons coeficientes de degradabilidade potencial e efetiva da matéria seca, proteína bruta e da fibra em detergente neutro no rúmen, com exceção do feno da Sabiá, provavelmente devido ao elevado teor de tanino característico da planta e alto valor de lignina encontrada em sua composição químicobromatológica (8,28%).