Pesquisar neste blog

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Educação Inclusiva na Escola Gerson Lopes


Aconteceu hoje (11/07/18), na Escola Estadual professor Gerson Lopes, uma palestra sobre Educação Inclusiva, ministrada pela técnica da 13ª Direc, Netinha Fernandes. 
Queremos registrar o nosso agradecimento por, continuamente, contribuir com as nossas atividades educativas e com a formação dos nossos educadores. A direção





Copiado do Blog de Erivan Morais

terça-feira, 10 de julho de 2018

Dissertação: Qualidade de mel de abelha Apis mellifera L natural e após utilizado para alimentação Melipona subnitida.

Dissertação: Qualidade de mel de abelha Apis mellifera L natural e após utilizado para alimentação Melipona subnitida.
Autor(a): Wédson de Lima Tôrres
Curso: Mestrado em Produção Animal
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-árido - UFERSA
Publicação: 2017
Fonte do artigo: Repositório UFERSA
Clique para ver ou baixar

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Teatro com Surdos se apresentam no Programa Justiça na Praça em Apodi

Na tarde de hoje (08) os surdos do Projeto Intérpretes de Libras, da Escola Estadual Professor Gerson Lopes através da parceria com Dionízio Cosme do Apodi e Luciana do Apodi apresentaram uma pequena cena teatral para uma platéia muito honrosa no do Programa Justiça na Praça, em Apodi. 
O Projeto Intérpretes de Libras é um projeto da Secretaria de Educação e Cultura do estado realizado através da 13ª DIRED em Apodi. Dionízio abraçou a causa e vem desenvolvimento exercícios de teatro com os alunos e tem conseguido mostrar que eles tem capacidades de desenvolver talentos artísticos por onde passam. 


















terça-feira, 1 de maio de 2018

Tese: Solanum campaniforme: constituintes químicos, estudo de fragmentação e desreplicação por IES-EM/EM

Tese: Solanum campaniforme: constituintes químicos, estudo de fragmentação e desreplicação por IES-EM/EM
Autor(a): Maria da Conceição de Menezes Torres
Curso: Doutorado em Química
Instituição: Universidade Federal do Ceará - UFC
Publicação: 2011
Fonte do artigo: UFC

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Dissertação: Estudo químico e biológico de Croton regelianus var. matosii (Euphobiaceae)

Dissertação: Estudo químico e biológico de Croton regelianus var. matosii (Euphobiaceae)
Autor(a): Maria da Conceição de Menezes Torres
Curso: Mestrado em Química Orgânica
Instituição: Universidade Federal do Ceará - UFC
Publicação: 2008
Fonte do artigo: UFC

domingo, 29 de abril de 2018

Tese: Ecofisiologia de mudas de figueira (Ficus Carica L.) em estresse salino.

Tese: Ecofisiologia de mudas de figueira (Ficus Carica L.) em estresse salino.
Autor(a): José Rivanildo de Souza Pinto
Curso: Doutorado em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA
Publicação: 2017
Fonte do artigo: UFERSA

sábado, 28 de abril de 2018

Dissertação: Crescimento de plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia Benth., Caesalpinia ferrea Mart., Tabebuia aurea (Manso) Benth. & Hook., e Handroanthus impetiginosus Mattos

Dissertação:  Crescimento de plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia Benth., Caesalpinia ferrea Mart., Tabebuia aurea (Manso) Benth. & Hook., e Handroanthus impetiginosus Mattos.
Autor(a): José Rivanildo de Souza Pinto
Curso: Mestrado em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA
Publicação: 2014
Fonte do artigo: UFERSA

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Dissertação: Do contexto escolar ao ciberespaço: a prática de produção textual do gênero notícia via Twitter

Dissertação: Do contexto escolar ao ciberespaço: a prática de produção textual do gênero notícia via Twitter
Autor(a): Francisca Francione Vieira de Brito
Curso: PPGL - Mestrado Acadêmico em Letras
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Publicação: 2014
Fonte do artigo: Repositório UERN

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dispositivo para ensinar música a surdos é premiado na Campus Party Natal

Matéria copiada integralmente do site do IFRN Campus Apodi 

Utilizado nas dependências do Campus Apodi do IFRN, um dispositivo busca auxiliar na aprendizagem musical para deficientes auditivos. O Magmusic, que utiliza sinais luminosos para dar orientações rítmicas, é invenção do professor de música Magnaldo Araújo, servidor do Instituto, junto a Liebson Henrique, que possui formação técnica na área de Mecatrônica e é aluno do curso de engenharia da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), desenvolveram o aparelho que indica aos usuários surdos como devem proceder ao executar determinadas células rítmicas presentes em músicas e exercícios musicais.

Segundo o professor, boa parte da aprendizagem musical está centrada na decodificação e organização dos sons, com o objetivo de criar um sentido musical, mas isso não impede surdos de aprenderem música: “A despeito de o aparelho auditivo humano ser o principal responsável por captar todas as frequências sonoras audíveis, por não possuir capacidade auditiva de captar os sons, a pessoa surda utiliza como principal meio de comunicação e percepção o sentido da visão”. 

Campus Future
Premiado com o primeiro lugar na categoria Campus Future da Campus Party, a invenção será parte de um Projeto de Extensão do Campus Apodi. Intitulado “Música, Tecnologias Digitais e Inovação: diálogos e possibilidades na formação musical”, a iniciativa está com inscrições abertas para receber alunos surdos. A ideia é aplicar, na prática, o Magmusic que, inclusive, tem o passo-a-passo de como os interessados podem criar o aparelho disponibilizado na internet. “Qualquer pessoa pode acessar os dados e construir o aparelho. Além disso, podemos realizar oficinas de criação do MagMusic”, disse o idealizador do dispositivo.

Como funciona o Magmusic
Buscando a implementação de soluções que ajudem e fortaleçam a participação de pessoas com diferentes deficiências nos espaços sociais, a saída é o investimento em soluções tecnológicas que possam mediar as relações promovendo a inclusão e acesso à educação de qualidade. Esse é o intuito do MagMusic, aparelho de iniciação rítmica musical voltado para surdos.

O aparelho emite sinais luminosos que simulam pulsações rítmicas ajustadas por Batidas por Minuto (BPM), onde cada lâmpada do aparelho tem uma função acionada pelo microcontrolador de acordo com a configuração inserida pelo usuário. Esta invenção tem sido desenvolvida para operação na área de Arte para ajudar pessoas com deficiência auditiva a aprender música, nossa ambição é desenvolver o produto também como aplicativo para celular, podendo atingir um maior número de pessoas.

Acesse:

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Tese: Nas veredas por reconhecimento social: o papel da educação na desconstrução da inferioridade dos sujeitos do campo.

Tese: Nas veredas por reconhecimento social: o papel da educação na desconstrução da inferioridade dos sujeitos do campo.
Autora: Simone Cabral Marinho dos Santos
Curso: Pós Graduação em Ciências Sociais
Universidade: Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Publicação: 2012

Clique para ver ou baixar

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Convite Defesa de dissertação de metrado em Letras de Mônica Freitas


Convido os amigos/ amigas que se interessam pelo resgate histórico e cultural feito por Lucia Maria Tavares, através da organização do Centro Histórico Tapuias Paiacus e da fundação do Museu Luiza Cantofa, a assistirem a defesa da minha dissertação. Nela, é feito o registro escrito da história dos índios que habitavam às margens da Lagoa Itaú, hoje Lagoa do Apodi, por volta do século XVII, quando aqui chegaram os colonizadores a fim de explorar as nossas terras de melhor qualidade. Faz-se também, uma análise da argumentação construída por Lúcia quando relata o Massacre de 70 índios no pé da Serra de Portalegre e dos relatos do mesmo fato, produzido por alunos da E.E. Alvani de Freitas Dias. 
Um momento de integração entre a pesquisa e trabalho de Lucia Tavares e o Ensino de Português em uma abordagem interdisciplinar.

Mônica Freitas

Nota do blog: Daqui a alguns dias tem dissertação no nosso blog. Boa sorte professora, na apresentação!

sábado, 31 de março de 2018

As práticas do cooperativismo no território sertão do Apodi (RN): potencialidades e limitações para agricultura familiar

Dissertação: As práticas do cooperativismo no território sertão do Apodi (RN): potencialidades e limitações para agricultura familiar.
Autor(a): Jéssica Samara Soares de Lima
Curso: PPGEUR - Mestrado em Estudos Urbanos e Regionais
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Publicação: 2016
Fonte do artigo: Repositório UFRN

sexta-feira, 30 de março de 2018

ÁFRICA(S), MOÇAMBICANIDADE, MIA COUTO: uma varanda para o Índico

Dissertação: ÁFRICA(S), MOÇAMBICANIDADE, MIA COUTO: uma varanda para o Índico.
Autor(a): Aluísio Barros de Oliveira
Curso: Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Publicação: 2012
Fonte do artigo: Repositório UFRN

terça-feira, 27 de março de 2018

Dupla Larissa & Gidel

Matéria copiada do blog Cassinho Morais
Dois jovens apaixonados pela música formaram uma dupla para apresentações em diversos locais; levando sempre a música boa e de um jeito ‘’diferente’’ de se fazer acústico com a belíssima voz da Vocalista Larissa Brilhante e as melodias e arranjos feitos pelo seu músico e produtor Gidel Araújo, também estão trabalhando em composições para não só tocar músicas covers mas também as próprias melodias e letras. 

Trabalhando com muita humildade e esforço estão sempre com novidades e aos poucos crescendo no meio musical. 

Quem quiser convidar a dupla para apresentações em seu restaurante, lanchonete, casamento e etc... é só entrar em contato pelo E-mail larissabrilhanteoficial@hotmail.com ou pelo telefone (84) 9. 9120-8962.

Cultura: Hoje tem Dionízio do Apodi no Distrito de Córrego


segunda-feira, 26 de março de 2018

Hoje tem leitura da Peça Chico Cobra e Lazarino na Biblioteca Municipal

Hoje no I FESTIVAL SOCIOCULTURAL DE APODI teremos a leitura da peça Chico Cobra e Lazarino, com os atores Heitor Vallim e Dionízio Cosme do Apodi, às 19h30 na Biblioteca Municipal Válter de Brito Guerra. Chico Cobra e Lazarino, texto do potiguar Racine Santos, será apresentado com tradução em Libras. Também haverá a participação de Dayana Moreira, menina talentosa, de Apodi, que dança, e que apresentará a sua arte para os presentes. 

Esta programação acontece dentro do I FESTIVAL SOCIOCULTURAL DE APODI, que acontece em homenagem aos 183 anos de Apodi - ONDE O SOL TEM MAIS BRILHO E CALOR. 

O festival é uma realização da Prefeitura de Apodi através da Secretaria de Desenvolvimento e Ação Social.

Convite Inauguração do Museu do Livro de Apodi



No próximo dia dia 16 de abril será inaugurado em Apodi, o Museu do Livro. O Museu funcionará na sede da Academia Apodiense de Letras - AAPOL, que fica localizada numa das sala da Casa de Cultura de Apodi. 

O museu terá em seu acervo obras dos escritores filhos da terra.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Apodi comemora emancipação política em data errada



O município de Apodi foi criado no dia 11 de abril de 1833 (verdadeira data da emancipação),  e não a 23 de março de 1835,  tendo o seu território sido desmembrado do município de Portalegre,  aprovado  em sessão do extinto Conselho Provincial do Rio Grande do Norte. Nesta época ainda não existia a Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, a Assembleia passou a funcionar no RN apenas em 1835. O municipio teve a sua instalação no dia 09 de outubro de 1833, quando foi empossada a Primeira Câmara Municipal de Apodi, sob a presidência do Alferes Reinaldo Galdêncio de Oliveira, Vice-presidente da Câmara Municipal de Portalegre a quem Apodi era subordinado.  A data de 23 de março, serviu apenas para confirmar a criação do município. 

A atual data de comemoração da  Emancipação de Apodi é considerada como um grave erro histórico do município, e já foi relatada diversas vezes por importantes conhecedores da história apodiense, dentre eles destacam-se o saudoso escritor Válter de Brito Guerra e o historiador Marcos Pinto. 

Segundo Marcos Pinto, o eminente e saudoso historiador Valter de Brito Guerra passou toda a sua existência reclamando de tão esdrúxulo erro cometido contra a história do nosso município, ele era inconformado com a comemoração errônea da emancipação política Marcos cita ainda o exemplo da cidade de Mossoró que também comemorava erroneamente a sua data de emancipação: "Cerrei fileiras em Mossoró para que fosse corrigido o mesmo erro histórico, sendo certo que após nota explicativa expedida por muitos historiadores e pesquisadores, o nobre Vereador Genivan Vale apresentou o Projeto de Lei corrigindo a errônea data de 09 de Novembro de 1870 para a real data histórica de 15 de março de 1852, quando a lei n° 246 concedeu autonomia ao povoado de Mossoró, que foi elevado à categoria de vila, desmembrando-se de Assu (na época "Princesa")". 

Lei nº 3.028, de 23 de maio de 2013 que corrigiu a data em comemoração a emancipação do municipio de Mossoró. 


Confira a notícia sobre a criação do município de Apodi clicando no link a seguir: http://docvirt.com/docreader.net/DocReader.aspx?bib=anais_bn&pagfis=45400&pesq

A Resolução de nº 18, de 23 de março de 1835 apenas confirmou  o que o referido Conselho  já havia feito.

RESOLUÇÃO Nº 18, DE 23 DE MARÇO DE 1835

BASILIO QUARESMA TORREÃO, Presidente da Província do Rio Grande do Norte.

Faço saber a todos os habitantes, que a Assemblea Legislativa decretou e eu sanciono a Resolução seguinte:

Art. 1º - Fica aprovada a Villa do Apudy, creada pela Resolução do extinto Conselho Presidencial de 11 d’Abril de 1833.

Art. 2º - Os limites do seo município, são os que lhe farão marcados pelo extinto Conselho da província na Sessão de 14 de maio de 1834, com a esclusão somente das Fazendas, e sítios que fizeram a quem do meio da catinga do Upanêma, que fica servindo de divisão nesta parte, ao referido Município, e ao da Villa da Princeza.

Art. 3º - Fica nenhum effeito qualquer disposição em contrário. Mando portanto, a todos as authoridades, a quem o conhecimento e execução da referida Resolução pertencer, que cumprão, e facão cumprir tão inteiramente, como nella se contem. O Secretário da província a faça imprimir, publicar, e correr. Cidade do Natal, aos 23 dias do mez de Março de 1835, décimo quarto da Independência do Império.

BAZILIO QUARESMA TORREÃO
Presidente da Província

Nesta Secretaria do Governo foi publicada a presente Resolução aos 23 de Março de 1835. Manoel Joaquim Pereira do Lago. Registrada a folhas 6 do Livro 1º do Registro de Semelhantes. Secretária do Governo, na Cidade do Natal, 23 de Março de 1835.

LUIZ PEDRO ÁLVARES FRANÇA

Fonte: ANAIS DA BIBLIOTECA NACIONAL, VOLUME 111 – 1991;  http://oestenews-apodi.blogspot.com.br/2009/03/historia-do-municipio-de-apodi-inedita.html

"A própria Lei que ratificou a emancipação faz a observação que foi criada à 11 de Abril", disse o historiador Marcos Pinto em sua rede social.

"Tenho orgulho em dar sequência a luta do incansável historiador Valter de Brito Guerra, para que seja corrigida a distorção histórica e algum Vereador ou mesmo o Prefeito encaminhe o PL por um Vereador para que a Casa Legislativa institua a correta data de 11 de Abril de 1833 como a da emancipação politica do nosso amado e nunca esquecido Apodi", frisou o historiador.

Por fim, Marcos desabafa em tom de protesto dizendo que não  irá comemorar  a data errônea da emancipação

Assim, desta forma em 2018, Apodi deveria comemorar seus 185 anos de Emancipação Política, ao invés de 183. 

sexta-feira, 16 de março de 2018

Convite Espetáculo Paixão de Cristo no Sítio do Gois


Nos dias 29,30 e 31 desse mês de Março venham conferir este grandioso espetáculo no Sítio do Góis/Apodi.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Criada a Associação dos Surdos de Apodi

Na tarde desta quarta (14 de março de 2018) depois de se reunirem na sede da Escola Estadual Professor Gerson Lopes, surdos, familiares, alunos de libras, instrutor de libras, gestores, vereador, foi criada a Associação de Surdos de Apodi - ASAP. 

A ideia da associação é ter representatividade legal para revindicar melhorias para os surdos de nosso município. A turma de libras do Projeto de Interprete e Instrutores de Libras nas escolas da rede estadual de ensino da escola que acontece na sede da escola  foi o local escolhido para a primeira reunião. 

Depois de discutirem sobre as vantagens de uma associação, de se traçar os direitos e deveres dos sócios foi escolhido pelos presentes a pessoa de Sebastião Augusto para ser o presidente da associação e marcada uma outra reunião para discutir o andamento dos trabalhos da entidade.

Parabéns pela iniciativa! 






terça-feira, 13 de março de 2018

Dicionário Popular Apodiês

Este dicionário foi criado para registrar as expressões populares ditas pelo povo de Apodi. Aquelas expressões cotidianas que não estão nos dicionários formais. Se você conhece alguma expressão desse tipo anote aqui 


quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Convite de Assembléia Ordinária da COOPAPI

COOPERATIVA POTIGUAR DE APICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL - COOPAPI 
Rua Sebastião Sizenando, 263, Centro, Apodi –RN CEP: 59700-000 CNPJ: 06.881.068/0001-03 
E-mail: coopapirn@hotmail.com 
www.coopapi.blogspot.com.br Tel: (84) 3333-9582 


EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA. 

Pelo presente Edital, ficam convocados, nos termos da Legislação Vigente e dos Estatutos Sociais desta Entidade, todos os cooperados quites e no gozo de seus direitos sociais, para participarem de uma ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, que, realizar-se-á, em primeira convocação, às 08:00 horas, do dia 07 do mês de março de 2018, na sede desta cooperativa, sito a rua Sebastião Sizenando, 263, Apodi / RN. Consoante determinação estatutária caso não seja atingido o número legal para instalação em primeira convocação será realizada Assembléia em segunda convocação uma (1) hora após a primeira com a presença mínima de 50 (cinqüenta por cento) mais um dos cooperados e em terceira (3ª) e última convocação uma (1) hora após a segunda (2ª) com a presença mínima de dez (10) cooperados, todas no mesmo local e dia, objetivando discutir a seguinte ordem do dia: 

1- Prestação de Contas exercício 2017; 
2 - Admissão e saída de cooperados; 
3- Funcionamento do Entreposto 
3.1 – Aquisição de equipamentos (colmeias, balança, veículo e mobília para escritório) 
3.2 – Projeto Governo Cidadão (definição de contrapartida do projeto) 
4 - Outros assuntos do interesse da categoria. 

Apodi/RN, 16 de fevereiro de 2018. 

Francisco Marto de Lima e Souza 
Presidente.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Grupo de jovens do Córrego comemora 34 anos de história

O Grupo de Jovens do Córrego São Pedro - GRUJOSP, foi fundado em 02 de fevereiro de 1984 por 12 componentes. Na ata de fundação do grupo consta o seguinte texto: "Idalcí que em conversa com 04 moças que era de Fortaleza, disseram a ela, que era do grupo de jovens, que eram muito importante um na comunidade. Idalci e Elisomar chegando à capela que vinha da casa de Francisco Vieira de Souza, em procissão do Santo Antonio que foi doado as Capela, por família Galdino, convidaram pessoas para um grupo de jovens. No outro dia Elizomar fala com o Padre Theodoro que tinha feito um levantamento de 12 pessoas para um grupo de jovens, o padre disse que ótima ideia a comunidade precisa". 

O GRUJOSP possui em média 20 componentes ativos e reuni-se semanalmente no centro comunitário do Distrito de Córrego. Mas já passaram pelos quadros do grupo 216 pessoas, onde 116 são mulheres e 100 homens.

Quem passou pelo grupo teve a oportunidade de aprender a conviver coletivamente sobre os mais diversos temas que da juventude: religião, cultura, modo de vida, entre outros, o que de alguma forma serviu para formar a sua identidade. 

Ao longo da história 118 pessoas que passaram pelo grupo hoje estão casadas, 90 solteiras, 2 viúvas e 06 são falecidas. 89 componentes foram morar em outras comunidades, mas 101 permanecem na região onde nasceram. 

O grupo também foi embrionário na luta social, pois 54 desses ex componentes também se associaram na Associação de Mini Produtores de Córrego - AMPC e 31 na Cooperativa Potiguar de Apicultura - COOPAPI. Um fato interessante: todos os diretores atuais da COOPAPI hoje são formados por ex componentes do GRUJOSP. Isso mostra a importância social que esse grupo tem na história do movimento social do município. 

Hoje, o grupo comemora 34 anos de existência e vem agradecer a Deus por todas as bênçãos alcançadas pelo grupo e pelos componentes ao longo de nossa história.
Abaixo algumas fotos que retratam um pouco dessa história
Construção do centro comunitário (1984)
GRUJOSP na Capela de São Pedro
Grupo na casamento de Antonio de Joca e Graça (ex componentes) 1987
GRUJOSP em 2013
GRUJOSP em 2013
GRUJOSP em 2017