Pesquisar neste blog

domingo, 29 de novembro de 2015

Produção de doce e bolo é alternativa de renda no vale de Apodi no RN





A Associação dos agricultores do sitio rio novo e comunidades adjacentes tem sido um exemplo de organização e competência, há anos o agricultor tem mostrado alternativas de convivência no semiárido do Rio Grande do Norte, e desde 2011 os sócios vem inovando com ideias produtivas que estão gerando renda para as famílias envolvidas no projeto, inicialmente começaram fabricando doces caseiros aproveitando as plantações de banana e outras frutas que eles têm próximo de suas residências.

O desafio de ter uma ocupação remunerada sem precisar se deslocar de suas casas tem sido uma realidade para essas pessoas simples e trabalhadoras, ao longo do tempo o projeto foi crescendo e viu a necessidade de ampliar a oferta dos produtos, e hoje com 20 mulheres trabalhando em 02 turnos elas fabricam além do doce caseiro temos também o bolo de milho são, ‘’ 50 bolos por vez que demoram 40 minutos para chegar ao ponto, e o mais importante aqui com a venda tiramos todas as despesas e o que sobrar, ou seja, o lucro é dividido em partes iguais ‘’ comenta Gecim de Néco de Moça que administra a pequena indústria.

A produção vai para o comércio local e a maior parte é vendida para o PAA (Programa de Produção de Alimentos do Governo Federal) quem quiser adquirir os produtos naturais dos produtores da associação entre em contato com Gecim do sitio Rio Novo região do vale do Apodi.

IFRN Campus Apodi participa de campanha em apoio à população de Mariana e Região



O Campus Apodi está realizando uma campanha de arrecadação de mantimentos em solidariedade às famílias da cidade de Mariana-MG e região. A campanha começou hoje, dia 24 de novembro, e se estenderá até o dia 05 de dezembro. 

As doações serão enviadas para Natal e de lá seguirão para a região afetada.
Convidamos a comunidade apodiense e as cidades do entorno a participarem conosco dessa campanha.

As doações serão recebidas no Campus Apodi, nos seguintes horários: MANHÃ 07:00 ÀS 11:30 e TARDE 13:00 ÀS 17:30. Podem ser doados alimentos não perecíveis, água mineral, produtos de limpeza, itens de higiene pessoal, ração para animais domésticos.


AJUDE, CONTRIBUA, FAÇA PARTE!

Para mais informações:

Endereço do Campus: RN 233, KM-02, Nº999, Bairro Chapada do Apodi; Apodi-RN; CEP: 59700-000.

Telefone do campus: (84) 4005-4101

Email da coordenadora - sabrina.guedes@ifrn.edu.br

*Portal do IFRN 

domingo, 15 de novembro de 2015

I Festival EducArte

Clique na imagem para ampliar

Projeto Campus Verde promove campanha para a redução do uso do copo descartável


A questão da quantidade de lixo jogado na natureza é um dos problemas que a sociedade enfrenta e que atinge diretamente o meio ambiente em que ela vive. Assim, dar o destino correto aos resíduos, ou ainda, reduzir a sua geração é fator preponderante para que se tenha um meio ambiente mais equilibrado e sustentável. Todas as pessoas podem e devem fazer a sua parte, tentando gerar a quantidade mínima de lixo possível. As organizações públicas também têm o seu papel nessa tarefa, realizando o uso consciente dos recursos e promovente a coleta seletiva do lixo, por exemplo.

Diante desse cenário, o Campus Apodi do IFRN está promovendo, através do Projeto Campus Verde, uma campanha para reduzir a geração de lixo no Campus, a começar com os copos descartáveis, que estão presente na maioria das organizações e empresas e são usados preferencialmente pela sua praticidade. No entanto, o lixo gerado com o uso dele é sempre muito volumoso. Ao final do dia, esse tipo de copo representa grande parte do volume do lixo gerado. Imagine se considerar o lixo gerado em uma semana, e em um mês? ou em um ano? Essa quantidade grande de copos descartáveis no lixo é fato, tendo em vista que geralmente as pessoas não usam apenas um copo descartável por dia, mas sim: dois, três, quatro...

Para combater esse problema, o Projeto Campus Verde do IFRN Campus Apodi está distribuindo entre os servidores e os funcionários terceirizados canecas e squeezes para serem usados em substituição ao copo descartável. Todos, servidores e terceirizados, têm o direito de receber gratuitamente uma caneca ou uma squeeze no almoxarifado do Campus, basta se dirigir até o setor e assinar a lista de entrega. Com isso, espera-se que haja uma redução significativa no uso dos copos descartáveis no Campus Apodi, e assim, colaborar para a redução de resíduos no lixo do Campus. Apesar do investimento inicial elevado com essa medida, R$ 1.739,70, como contrapartida espera-se haver uma economia financeira na compra do número de copos descartáveis no Campus Apodi. É um investimento que no longo prazo torna-se viável.

Essa ação dessa forma é ambiental, social e economicamente viável, atendendo ao tripé da sustentabilidade ambiental. Porém, é importante salientar que a participação de todos os servidores e terceirizados é de suma importância para a efetividade dessa ação. A gestão ambiental de um órgão público é feita com a colaboração de todos, por isso, é muito importante a participação de todos os servidores adquirindo sua caneca ou squeeze e usá-los de forma consciente.
 
*Portal do IFRN 

sábado, 7 de novembro de 2015

Campus Apodi tem dois candidatos ao cargo de Diretor-Geral


Analisados os processos dos candidatos, apresentaram-se inscritos aptos à investidura no cargo de Diretor- Geral do Campus Apodi os docentes: Faviano Ricelli da Costa e Moreira e Francisco Damião Freire Rodrigues. 
Professor Damião Freire - Atual Diretor Acadêmico do Campus Apodi. 

 Faviano Moreira - Professor de Zootecnia. 

A campanha eleitoral deve começar no dia 9 de novembro e terminar em 8 de dezembro, com eleição ocorrendo no dia seguinte. Os candidatos vencedores irão assumir seus cargos para a gestão do quadriênio de 2016/2020.

Alunos de informática do Campus Apodi são convidados para feira Internacional na Escócia


Com um projeto voltado para combater o desperdício de água bem como promover o uso eficiente dos recursos hídricos, os estudantes Jakson Barbosa e Daniel Marx do curso Técnico Integrado em Informática do Campus Apodi, receberam o primeiro lugar na área de ciências agrárias, exatas e engenharia na III FEBRAT (Feira Brasileira de Colégios de Aplicação e Escolas Técnicas). Os discentes também foram contemplados com uma menção honrosa na categoria criatividade e inovação.

O trabalho intitulado “Agricultura de Precisão com Android e Arduino” tem como orientador acadêmico o professor do IFRN, Igor Alves.

Agora o projeto vai participar de um dos festivais científicos mais tradicionais do mundo, idealizado e organizado pela Edinburgh Science Foundation com apoio do Governo da Escócia e de inúmeras instituições de renome no campo da Ciência, Tecnologia e Inovação do Reino Unido.

*Portal do IFRN 

Prefeitura de Apodi lança o projeto "Novembro Negro"




A Prefeitura de Apodi através de uma parceria intersetorial das Secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social lançou na última quarta-feira (04/11) o projeto “Novembro Negro”, que consiste em uma série de atividades e ações educacionais, sociais e culturais alusivas ao dia 20 de Novembro – Dia da Consciência Negra.

O “Novembro Negro” segue um dos pré-requisitos do SELO-UNICEF, e é desenvolvido pelos alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), passando inclusive pela rede municipal de ensino para inserir, junto ao corpo docente escolar, debates, palestras e mais um conjunto de atividades que consistem em dar visibilidade à problemática de enfretamento ao racismo nas primeiras fases da infância, tornando assim as questões étnicas mais visíveis e amplamente discutidas em sala de aula. 
Segue cronograma:
04/11 – Capacitação dos professores e coordenadores pedagógicos da rede pública de ensino para falar sobre racismo;
09/11 à 13/11 – Ação dos professores e coordenadores junto a suas escolas e aos seus alunos;
16/11 à 19/11 – Realização de atividades lúdicas e discussões propostas pelo SCFV dentro das escolas; e realização de rodas de capoeiras no ambiente escolar;
20/11 – Batizado e I Festival de Capoeira do Município Apodiense;
23/11 e 24/11 – Palestra educativa sobre cuidados da pele e mutirão de cuidados da saúde com os alunos do SCFV – Apodi.


Texto: Secretaria de Assistência Social / Fotos: Ari Oliveira

sábado, 3 de outubro de 2015

Eleições para escolha do novo Conselho Tutelar de Apodi acontecem neste domingo


Nesta domingo, 04 de outubro de 2015, acontecerá a eleição para a escolha do novo Conselho Tutelar da cidade de Apodi, dos treze candidatos serão eleitos apenas cinco. 

Em virtude da suspensão de energia eleétrica no centro da cidade, as seções foram transferias para Escola Estadual Professor Antônio Dantas e serão realizadas no horário das 08:00 às 17:00 horas.

Para votar basta levar o seu Título de Eleitor e um documento de identidade. O voto é facultativo, ou seja não é obrigatório, mas de toda forma compareça para as eleições, isso é muito importante para o futuro dos jovens de nossa cidade!

Exerça o seu voto!

Abaixo a foto dos candidatos ao cargo de Conselheiro Tutelar de Apodi e seus respectivos números: 


Fotos: Jair Gomes

Nota de Utilidade Pública

A Comissão Eleitoral Especial do Processo de Escolha Unificado das Eleições de Conselheiros Tutelares do Município de Apodi/RN, comunica a todos os eleitores que em virtude da interrupção do fornecimento de energia no centro da Cidade, as SEÇÕES eleitorais 01 – 02 – 03 que funcionariam na Escola Gerson Lopes foram transferidas para a Escola Antonio Dantas.
Atenciosamente:

Lusia Pinto
Presidente da Comissão Especial Eleitoral

Lua - Teresa Machado

Linda  estavas  de prata
Até que o vermelho a adornou
Não  importa  a cor da roupa

No céu tu  és sempre  um show
Admiro  teus encantos
Oh lua  és  esplendor.

Peças líticas do Centro Histórico Cultural Tapuias Paiacus serão estudadas por arqueólogo

Boa parte da comunidade apodiense já teve oportunidade de saber que o Centro Histórico Cultural Tapuias Paiacus da Lagoa do Apodi (CHCTPLA) guarda um acervo numeroso de peças líticas (instrumentos e utensílios em pedra), que representam o arsenal histórico-cultural do povo tapuia, habitante nativo da nossa região. 

Algumas peças do acervo do CHCTPLA

Pois bem, o acervo de peças líticas do CHCTPLA vai passar por um estudo acadêmico arqueológico, o qual será desenvolvido pelo professor da UERN Valdeci dos Santos Júnior, Doutor em Arqueologia e Pesquisador da arqueologia nordestina. Este também é autor do livro OS ÍNDIOS TAPUIAS DO RIO GRANDE DO NORTE: ANTEPASSADOS ESQUECIDOS. ao tomar conhecimento da existência do Centro Histórico, o referido professor se interessou em fazer o estudo, e junto com todos os descendentes tapuias de Apodi, realizar um sonho, o de pormenorizar cada período, cada significado e cada característica arqueológica das peças que são partes da comprovação da existência étnica e cultural dos tapuias. 

Por Mônica Freitas - Blog Tapuya de Apodi

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Mais direitos, participação e poder pra as mulheres


Com um temário que considera a construção da igualdade de gênero, o Território Sertão do Apodi realizou no dia 23 de setembro na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi, mais uma Conferência territorial de políticas para as mulheres.

O evento teve a participação de uma representação de mulheres da maioria dos 17 municípios. Apodi é um dos 05 municípios do Rio Grande do Norte que tem conselhos de políticas para as mulheres, com vida orgânica e participação social.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Mulher – CMDM, a senhorita Flávia Lima: “Conseguimos uma participação extraordinária nesta Conferência, 12 mulheres delegadas pelo CMDM. Destas, 04 participarão da 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres”, disse.

A estratégia de pensar e elaborar políticas territoriais, fortalece as lutas coletivas e incidem no cotidiano das mulheres, especialmente no que concerne a organização produtiva e Agroecológica, que é um dos grande potenciais do nosso território, bem como, facilita o acesso as políticas de desenvolvimento.

Na esfera municipal, as mulheres estão reivindicando a implementação de um organismo de políticas públicas para as mulheres que possa fazer a gestão das políticas públicas para as mulheres.

Por fim, foi gratificante poder discutir de forma articulada e reafirmar mais direitos, participação e poder para as mulheres e acima de tudo, certificar a Conferência territorial juntamente com a Secretaria de Estado de políticas públicas para as mulheres, a nossa conterrânea Teresa Freire que prestigiou o evento.

Por Jânio Duarte - Blog ApoDiário

EMIAT inicia projeto “Caminhos da Cidadania”

    
 Professor Roberland apresentando projeto aos alunos

Prof.Roberland, Presidente da Câmara Evangelista e vereador Júnior Souza

Com o objetivo de desenvolver o protagonismo estudantil em prol de uma educação para a cidadania e para a democracia, a Escola Municipal Isabel Aurélia Tôrres (Sítio Córrego – Apodi/RN), implanta o projeto “Caminhos da Cidadania: Você é o protagonista” com o apoio da Câmara Municipal de Apodi.

        Esse projeto é a 3ª fase do Programa “Missão Pedagógica no Parlamento 2015”, iniciativa da Câmara dos Deputados que tem como objetivo oferecer aos educadores formação em educação para democracia.

    O professor Roberland Queiroz, um dos dois professores selecionados no RN para a capacitação em Brasília, comentou que ficou muito motivado com o apoio total de toda a equipe EMIAT e com a receptividade dos alunos, e agora com a colaboração do Legislativo Apodiense. “TODOS abraçando esse projeto fica mais fácil e mais animador colocar em prática os ensinamentos adquiridos na etapa presencial na CEFOR-Câmara dos Deputados.  Pois sem apoio as ideias poderão não passar de sonhos distantes”.

Veja o cronograma de aplicação do projeto

14/10/2015 -  Eleição dos líderes de classe.

 22/10/2015 – Levar os alunos para assistirem uma Sessão da Câmara Municipal de Apodi-RN.

26/10/2015 – Eleição dos 13 vereadores-mirins.

04/11/2015 – Simulação com os alunos na Câmara Municipal de Apodi-RN, com a colaboração de vereadores e dos servidores do legislativo, além da supervisão dos professores e direção. 

Por Roberland Gama - Professor da Escola Municipal Isabel Aurélia Torres(EMIAT - Córrego) 

Inscrições para cursos da EAJ terminam amanhã







Audiência publica debate “lixão” de Apodi




C
Com proposição do vereador Nilson de João Lucas (PMDB), a Câmara Municipal de Apodi, realizou na manhã desta quinta-feira, 01 uma audiência publica com o tema: Lixão do Apodi, suas interferências econômicas, sociais e ambientais, com presença dos treze vereadores, secretários municipais, ambientalistas e conselhos comunitários.

Estiveram presentes o presidente do conselho comunitário do Bairro IPE, presidente do conselho comunitário do Bairro Caic, secretários de urbanismo, obras, agricultura, controlador do município e professores e ambientalistas.

Em suas falas os representantes de Bairros afirmaram que o “lixão” causa enormes prejuízos as pessoas, principalmente quando é ateado fogo e a fumaça se prolifera por toda cidade, principalmente em Bairros mais próximos, como é o caso de IPE e Baixa do Caic.

O debate foi produtivo, e vários encaminhamentos foram dados, a um problema que assola todas as camadas sociais que habitam nos Bairros e Ruas do município de Apodi.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Coletivo TRIBOS realiza o I Encontro da Juventude nas Praças

Clique na imagem para ampliar
O Coletivo TRIBOS tem o prazer de convidar toda a população apodiense para celebrar a diversidade cultural do nosso Apodi, bem como, prestigiar os movimentos de juventude presentes em nossa cidade.
O I ENCONTRO DA JUVENTUDE NAS PRAÇAS, é um projeto promovido pelos diversos coletivos de juventude apodienses, e tem como principal objetivo transformar os espaços públicos em verdadeiros centros culturais, revigorando e fortalecendo os movimentos juvenis, por meio da formação cidadã, levando música alternativa, oficinas de capoeira, apresentações teatrais, exposição de artesanato, mostras de fotografia, dentre outras manifestações artísticas/culturais

“Traça” , ícone do futebol apodiense nos anos 70, é encontrado morto no Estádio de futebol

Local onde o corpo foi encontrado (Foto: Marcos Gil)

No inicio da manhã desta quinta-feira (24/09), foi encontrado morto a pessoa de Isaias Felipe da Silva, 79 anos, conhecido popularmente por “Traça”, um ícone do futebol apodiense nos anos 70

Traça é natural da região do Vale do Assu, mas a décadas residia em um quartinho no interior do Estádio de Futebol Antonio Lopes Filho, na cidade de Apodi. Seu Traça, como era carinhosamente chamado por todos, era uma figura muito carismática na cidade, e mesmo não sendo apodiense de nascimento, escolheu essa cidade para viver seus últimos anos de vida.

Uma equipe da policia militar da Radio Patrulha esteve no local onde o corpo foi encontrado, mas os policiais ao fazerem uma breve analisem do local, não encontraram indícios ou marcas de violência no corpo, e com isso concluíram que o caso preliminarmente será tratado como morte natural, haja vista que pessoas que conviviam com seu Traça, relataram que o mesmo nos últimos dias vinha sofrendo de problemas de saúde, e mal se alimentava. Traça foi visto pela ultima vez com vida no final da tarde de ontem, e pelas características físicas de como se encontrava o corpo, acredita-se que o mesmo veio a óbito na madrugada de quarta para quinta-feira.

Biografia do Velho Traça

     ISAIAS FELIPE DA SILVA, conhecido popularmente por  TRAÇA, nascido a 13 de fevereiro de 1936, filho de MANOEL FEIPE DA SILVA e de MARIA OTÍLIA DA VILVA. O velho Traça foi o melhor jogador de todos os tempos que jogou na cidade de Apodi. Ele iniciou sua carreira em 1951 jogando pela Seleção de Assu, na posição de ponta esquerda, quando marcou seu primeiro gol, contra o time da União de Mossoró. Traça  antes de chegar em Apodi jogou pelos seguintes times: Russas-CE, Limoeiro do Norte-CE, Tabuleiro do Norte-CE. Fez teste no Fortaleza e no Ceará Sporting Clube, daí recebeu convite do Ferroviário de Fortaleza, onde jogou algumas partidas pelo ferrim cearense. Do Ferroviário partiu para o time da Base, o Calouros do Ar, posteriormente deslocou-se para a cidade de Mossoró para jogar pelo Baraúnas. Jogou ainda pela Seleção de Patos-PB, estreando naquela cidade do Alto Sertão Paraibano jogando contra o time Estrela do Mar de João Pessoa.

     Chegou a Apodii em 1967, quando disputou o primeiro campeonato realizado no Estádio Antonio Lopes Filho, continuando sua carreira até 1980, quando encerrou sua carreira e continuou morando no Antonio Lopes Filho. Em 1989 o então prefeito Simão Nogueira ergueu uma casinha no interior do estádio, a qual foi doada ao velho Traça.

     O Velho Traça jogava bola demais, ele costumava driblar a defesa adversária e aqui e acolá, antes de chutar para o gol, dava uma pardinha e ficava fazendo o gesto com as mãos como estivesse salgando a bola, e quando os adversários partiam para tomar a bola, ele chutava para o gol, deixando  a torcida feliz da vida, enquanto, os adversários stressados

Fonte: jotamaria-atletas.blogspot.com.br

Vi no Blog F5  Apodi

domingo, 20 de setembro de 2015

Baile Beneficente Amigos do Gaspec


No dia 11 de outubro, acontece na Associação Cultural Desportiva Apodiense (ACDA), uma grande festa, noite para recordar! 

O evento terá a animação da banda Radiola Club, que se doou por inteiro para a realização do evento. 

Para a noite estão sendo vendidas as mesas ao preço de R$ 50,00 no GASPEC.

Vamos participar!!!!

*Gaspec Apodi 

EAJ abre inscrições para mil vagas em cursos técnicos semipresenciais


A Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas para cursos técnicos ofertados na modalidade de Educação a Distância, com encontros presenciais, através da Rede e-Tec Brasil. Ao todo são oferecidas 1000 vagas nos cursos de Agroindústria, Agropecuária, Apicultura, Aquicultura, Cooperativismo, Comércio Exterior, e Manutenção e Suporte em Informática nos municípios de Apodi, Areia Branca, Assú, Caicó, Ceará-Mirim, Macaíba, Vera Cruz, Monte Alegre e São Paulo do Potengi.

As inscrições gratuitas podem ser realizadas no período compreendido entre o dia 21 de setembro até 02 de outubro, no horário de 8 horas às 11 horas e de 13 horas às 16 horas nos respectivos polos de apoio do e-Tec/Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN.

Para participar o candidato deverá apresentar no ato da inscrição o Cadastro de Pessoa Física (CPF), além do documento de identificação com foto. Para realizar inscrição, o candidato deverá ter concluído o ensino médio. O edital está disponível em: http://www.etec.eaj.ufrn.br/

e-Tec Brasil

A Rede e-Tec Brasil é uma ação do Ministério da Educação que tem como foco a oferta de cursos técnicos à distância, além de formação inicial e continuada de trabalhadores egressos do ensino médio ou da educação de jovens e adultos.

Na Rede e-Tec Brasil, os cursos são ofertados através de um sistema de ensino virtual complementado com as atividades presenciais desenvolvidas nos polos de apoio devidamente equipados com infraestrutura necessária destinada aos alunos.

Edital nº 17/2015 – Processo de Seleção de Alunos

Para o polo Apodi que funciona na Estação Digital Espaço Virtual na comunidade de Córrego temos ofertas de 03 cursos: Cooperativismo, Comércio Exterior e Agroindústria com 40 vagas cada um. 

As inscrições devem ser feitas presencialmente na sede do Polo. 

*Polo Etec Apodi

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

"Inauguração da Estação Telegráfica de Apody"

04 de abril de 1907 

É inaugurada a Estação Telegráfica de Apody, tendo como primeiro telegrafista da chefia da Estação, o Sr. Elias Fernandes. Os construtores da linha foram Manoel Coelho Armando Couto e Armando Couto, do Telégrafo Nacional. 
O ato da solene inauguração contou com a presença do Cel. Ferreira Pinto, então Deputado Estadual, Coronéis João Jázimo e João De Brito Pinto; Srs. Intendentes Municipais, além de autoridades das cidade vizinhas. 
Neste mesmo dia, o tabelião público Antonio Lopes Correia Pinto(pai de Philástrio Lopes) envia telegrama para a redação do jornal “O Mossroense”, os seguintes termos: 

“Redação Mossoroense – Mossoró.
Povo apodyense repleto júbilo inauguração telégrafo”. 
(a) Antonio Lopes. 

Fonte: Datas e Notas para a História de Apody -Marcos Pinto 

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

domingo, 30 de agosto de 2015

3º Conferência Territorial de Juventude


Aconteceu na última quinta-feira (27), no auditório do Campus Apodi, a 3ª Conferência Territorial da Juventude. Esse evento é uma etapa que precede as conferências a nível estadual e nacional.

A comissão organizadora da Conferência Estadual, da qual o IFRN faz parte, definiu etapas Territoriais, alcançando todas as regiões do estado. Nesses momentos, os jovens contribuem para a elaboração do Plano Estadual de Juventude, elegendo prioridades de atuação do Poder Executivo Estadual, assim como para a política Nacional de Juventude.

O evento reuniu mais de 170 participantes de 17 municípios da região, além de representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi, do Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar- Terra Viva, da Subsecretaria de Juventude do estado, entre outras entidades que foram representadas na conferência.

*Portal do IFRN

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Nota de Esclarecimento sobre a Greve no IFRN de Apodi


O comando de greve dos servidores do Campus Apodi do IFRN vem a público informar que os servidores do Campus Apodi aderiram ao movimento paredista, encampado pelo SINASEFE- Nacional, desde o dia 13 de Julho do corrente ano. O movimento, em termos regionais, obteve a adesão também dos campi Mossoró e Ipanguaçu do IFRN. O movimento paredista tem como motivação, entre outras questões, a atual conjuntura política e econômica que por meio do ajuste fiscal vem resultando em cortes de verbas públicas para áreas sociais, como saúde e educação.

Atualmente, o movimento, numa perspectiva nacional encontra-se em negociações e, regionalmente, articulando-se para ouvir a base, a fim de definir os rumos do movimento.

*Portal do IFRN

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Professor de Apodi foi selecionado para o Programa “Missão Pedagógica no Parlamento”



O Professor ROBERLAND RICARDO GAMA DE QUEIROZ, da Escola Municipal Isabel Aurélia Tôrres (EMIAT), Apodi-RN, participou de uma seleção nacional para o Programa MISSÃO PEDAGÓGICA NO PARLAMENTO, onde após as etapas iniciais (análise de currículos com comprovação de projetos desenvolvidos na escola e, participação de um curso à distância), o mesmo obteve o 2º lugar no RN.

Professor Roberland Queiroz

Equipe escolar da EMIAT

Professor Roberland e alunos da EMIAT

Assim os dois professores com melhor desempenho em cada estado foram classificados para a capacitação presencial que será realizada em Brasília-DF. Entre os dias 31 de agosto e 04 de setembro de 2015, cinquenta e quatro (54) profissionais do Magistério de todo o Brasil terão a oportunidade de conhecer de perto a Câmara dos Deputados e adquirir conhecimento sobre como trabalhar as temáticas de cidadania, democracia, além da atuação do Poder Legislativo, com os seus alunos. A Câmara dos Deputados custeará passagens aéreas, traslado, hospedagem e alimentação aos profissionais selecionados.

Após o curso presencial, os professores deverão aplicar os conhecimentos adquiridos em um novo curso à distância, compartilhando as experiências com os alunos e os demais colegas. Os participantes que concluírem com êxito o programa serão certificados pelo Centro de Formação, Treinamento e Desenvolvimento da Câmara dos Deputados em 120 horas. 

O professor Roberland disse sentir-se muito honrado em representar, não somente o seu município, mas também o Rio Grande do Norte e credita a sua aprovação ao apoio de toda a comunidade escolar que compõe a EMIAT (Alunos, Direção, Coordenação, Funcionários e aos seus companheiros de profissão) que proporcionam um ambiente harmônico e cooperativo.

SOBRE O PROGRAMA: 

O programa Missão Pedagógica no Parlamento é uma iniciativa da Câmara dos Deputados que têm como objetivo oferecer aos educadores formação em educação para democracia. Esse foi o primeiro programa destinado a professores da rede pública realizado pelo Legislativo no âmbito federal e em 2015 está indo para sua 5ª edição.
O programa busca a construção de uma rede nacional de educadores sensibilizados para a importância da inserção da educação para a democracia nas práticas pedagógicas das escolas.

Para participar do processo seletivo, dentre outros requisitos, o interessado deve atuar nos Ensinos Fundamental e/ou Médio em escola pública como professor regente, coordenador ou orientador pedagógico e ter interesse em trabalhar temas como democracia, cidadania, política e/ou Poder Legislativo com os alunos.

Maiores informações:
Câmara Federal (Missão Pedagógica no Parlamento)

Bronzeado, um dos bandidos que atacaram o Apody a 10 de maio

10 de maio de 1927

O Jornal “O Nordeste” de propriedade do apodyense jornalista Martins de Vasconselos, em edição deste dia, traz enfoque especial sobre o ataque a Apody ocorrido a 10 de maio, com o título: 

Bronzeado , Um dos Bandidos que Atacaram o Apody a 10 de Maio 

“Deste dias de julho findo chegou a este cidade, o prisioneiro Manoel Ferreira, por alcunha “Bronzeado”, que fez parte do bando chefiado por Décio Holanda e Massilon Benevides, que atacou a cidade de Apody a 10 de maio deste ano. Capturado em Martins, ao subir a ladeira da serra onde demora aquela cidade, o bandido fez revelações que aclararam o processo instaurado em Apody contra os mandantes do assalto. 

Diz, como o ouvimos, que é natural de Lavras, tem 27 anos, solteiro, filho do agricultor Vicente Ferreira e Maria Raimunda da Conceição. Disse que trabalhava ao Sr. João Cardoso, que mora em uma fazenda do Sr. Izaías Arruda, chefe de Missão Velha, e do qual o Cardoso é primo. 
Estava ali trabalhando quando chegou a ordem de Izaías de seguirem para o Apody, afim de fazerem o ataque já conhecido, a convite do Sr. Décio Holanda, morador em Pereiro. Ele e outros não queriam ir, mas foram obrigados. 

O portador da carta de Décio fora o conhecido chofer Júlio Porto, também bandido que aqui morou. Ao bandido Massilon que morava naquela fazenda e onde trabalhava de sapateiro, ao Júlio Porto juntaram-se 14 pessoas mais, inclusive ele, Bronzeado. 
Desse pessoal de Izaías, diversos estão no bando de Lampião, como se verá dos nomes seguintes: Vareda, José Roque, Gregório, José Tonheiro, Cajueiro, Rouxinol, Juriti, Nevoeiro ou Nevieiro – 16 pessoas, as acima citadas. 

Insto em dias de abril; e seguiram para a fazenda “Bálsamo”, de Décio Holanda. Dali marcharam para Apody, onde chegaram pela madrugada a 10 de maio, andando à noite e ocultando-se, desde a saída de Missão Velha. 

Em “Bálsamo” juntaram-se mais 4 indivíduos de nomes Vicente Brilhante, outro que este chamava de primo, Vicente de Tal, e mais um morador de Décio. Este acompanhou o bando até 3 léguas, voltando a exigências de Massilon, que presenciou a aflição em que ficara a mulher de Décio, que chorava e pedia que não violassem as famílias. 
Pobre senhora, tão digna de comiseração. Há minudências outras que já nossa impressa relevou”. 

Décio era casado com Francisca Gurgel, filha de Tilon Gurgel, e era conhecida como “Chicuta”. 

Fonte: Datas e Notas para a História de Apody - Marcos Pinto. 

sábado, 22 de agosto de 2015

Saudade - Saúde Paiva

Me bateu uma saudade
uma vontade de bater asas e voar
para te encontrar
em qualquer lugar.
Pousar nos teus braços
e de abraços te sufocar
voar na imensidão
te fazer voltar.
Você é a luz da manhã
a me despertar
você é o riso perdido
a me encantar.
Você é brisa suave
a me embalar
Você é o brilho do sol
a se derramar.
Você é a metade
que sempre busquei
Você é o amor ausente
que sempre esperei.
Você é a esperança
que sempre me dei
voltei a achar-me
quando te encontrei.

Saúde Paiva.
Apodi/RN, 17/08/2015

domingo, 16 de agosto de 2015

Univap é vice-campeã no Campeonato Estadual de Handebol na etapa de Apodi


Equipe Univap Apodi. Fotos: Jânio Duarte

Acabou agora a pouco a segunda etapa do Campeonato Estadual de Handebol que teve início na última sexta-feira (14), aqui em Apodi, região Oeste do Estado. Durante todo o final de semana, o Ginásio Municipal Poliesportivo Wilson Custódio Diógenes recebeu mais de 20 jogos nas categorias adulto masculino e feminino, entre as equipes de diversas cidades do Rio Grande do Norte.

A equipe da União Vale do Apodi (Univap) conquistou um inédito vice campeonato, perdendo a final para fortíssima equipe da UFRN (Natal) – uma das melhores do Nordeste, inclusive com uma experiente jogadora que atuou na Europa, a equipe natalense tem como treinador o experiente professor Flávio Tinoco, ex-treinador da Seleção Brasileira de Handebol.

“O resultado da final é o que menos importa, perdemos para uma das melhores equipe do Nordeste. O nosso objetivo foi alcançado que era chegar na final em casa, o mais importante é somarmos o maior número de pontos em cada etapa. A nossa equipe apesar de jovem tem conseguido ganhar experiência a cada jogo”, destacou o treinador Ualson Cristino.  

A competição, promovida pela Federação Norte-Rio-Grandense de Handebol (FNH), pretende divulgar a modalidade pelo interior do Estado. Para isso, dividiu o torneio em quatro etapas, que estão sendo realizadas no decorrer do ano em alguns municípios potiguares.

A primeira etapa aconteceu em Currais Novos, a segunda em Apodi, a terceira será realizada em Mossoró e a última em Natal.

sábado, 8 de agosto de 2015

Tapuias de Apodi viram título de matéria em site da Secretaria Estadual de Cultura

No dia 23 de julho estiveram, a presidente do Centro Histórico Cultural Tapuias Paiacus da Lagoa do Apodi Lúcia Tavares e a vice-presidente Mônica Freitas, na Fundação José Augusto, na capital do Estado Natal. A finalidade foi estudar a possibilidade de participar de um prêmio nacional voltado para a cultura indígena. Naquele momento, a equipe de comunicação da Secretaria de Cultura esteve presente à reunião e fez entrevistas com as duas representantes do povo indígena pertencente à nação da tapuia paiacu do Apodi. E, ao conversar com Lúcia, algumas histórias referentes aos episódios que ocorrem em Apodi, por falta de informação referente à real história da tribo indígena que ali habitava e deixou certamente a herança genética foram contadas. Uma delas serviu de inspiração para a referida equipe da Fundação José Augusto levar a público informações sobre o CHCTPLA. 

A matéria foi divulgada no site da Secretária extraordinária de cultura. Acesse aqui. 

O conteúdo da matéria é apresentado a partir de uma fotografia da índia Lúcia Tavares, seguido de uma história que ocorreu co sua neta em uma escola de Apodi por causa da luta da presidente do CHTPLA em tornar públicas informações mais profundas acerca dos primeiros habitantes de Apodi. 


Lúcia Maria Tavares - Presidente do CHCTPLA

Eis o conteúdo da matéria

"Em Apodi, no interior do Rio Grande do Norte, Gabriela, de 15 anos, disse em sala de aula que o livro de História estava mentindo. Brigou com o professor, perdeu ponto na média e os pais foram chamados à escola. O caso se deu porque Gabriela não pode acreditar que no seu estado não existem índios. Sua avó, Lúcia Maria Tavares, é tapuia e organiza um museu sobre a extinta comunidade a qual pertence sua ascendência. É Lúcia quem conta o que aconteceu com a neta. E também com os seus avós.

Foi por esse desejo de falar sobre o passado e se reafirmar indígena que ela chegou à Fundação José Augusto acompanhada da conterrânea Mônica Freitas. As duas querem institucionalizar a história desse povo, começando com o Museu Luiza Cantofa, em homenagem à pajé morta em 1825 por ter incentivado revolta anos antes com João do Pego.

Por meio do edital da Funarte Povos Indígenas, elas querem instalar o museu, com peças líticas que estão sendo reunidas entre as 40 famílias que pertencem à Associação Tapuia Taiacu da Lagoa do Apodi.

“Nosso objetivo é preservação da Cultura. Queremos assegurar um local para as peças do acervo”, explica Mônica, ressaltando a importância da afirmação dos povos indígenas, que continuam exilados.

“Cada peça que a gente encontra quer dizer ‘estivemos aqui, nosso povo não morre’. Tem gente que não quer vir para as reuniões na cidade porque diz até hoje que os brancos vão fazer com eles o mesmo que fizeram a Luiza Cantofa”, diz Lúcia, que luta pela reconstrução da identidade do povo que perdeu terras e esqueceu sua própria língua.
“A comunidade foi desfeita com a colonização. Quem ficasse lá morria. Por isso fugiram e se dispersaram. E se eles falassem o idioma eram presos”, esclarece, explicando que dessa forma, os que voltaram viviam refugiados e não queriam ser identificados como indígenas". (quem escreveu e assina a matéria é ISABELA SANTOS. 

Em nome dos que estão ainda vivos, nós tapuias sabemos da nossa existência e isso não é de agora. Desde criança escuto meu pai e algumas pessoas mais velhas lá da comunidade de Bico Torto afirmarem que somos de origem indígena, assim como Lúcia Tavares tem as fontes de sua afirmação enquanto índia, todos que estão associados ao CHCTPLA, cada um deles tem a sua história de origem indígena, muitos até guardam episódios tristes de massacre, preconceito e exclusão em suas memórias. Todas essas histórias, a partir da legalidade constitucional que nos é dada não mais ficarão guardadas apenas nas memórias dos que são chamados de "remanescentes" e que na verdade carregam nas veias o sangue tapuia. São histórias que começam a ser registradas com a criação do nosso Centro e reafirmadas com a construção do museu Luiza Cantofa. 

Por Mônica Freitas - Blog Fonte Tapuya

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Entrevista concernente às mulheres pioneiras apodienses

ENTREVISTA CONCERNENTE ÀS MULHERES PIONEIRAS APODIENSES

Por Wendel Cristiano(Wendel Escritor)

1) Quais foram às primeiras mulheres a participar da banda de música Antônio de Pádua Leite?

2) Quem foi a primeira escritora do Apodi/RN?

3) Quem foi a primeira Beata do Apodi/RN?

4) Quem foi a primeira Freira do Apodi/RN?

5) Quem foi a primeira Pintora do Apodi/RN?

6) Quem foi a primeira Empresária do Apodi/RN?

7) Quem foi a primeira Dentista do Apodi/RN?

8) Quem foi a primeira Gerente (Mulher) no Banco do Brasil do Apodi/RN?

9) Quem foi a primeira Gerente (Mulher) Banco Nordeste do Apodi/RN?

10) Quem foi a primeira mulher a trabalhar Apodi/RN como Delegada?

11) Quem foi a primeira Repentista do Apodi/RN?

12) Quem foi a primeira Rainha do Carnaval do Apodi/RN?

13) Quem foi a primeira Diretora do Colégio Estadual Ferreira Pinto?

14) Quem foi a primeira Diretora do Colégio Estadual Valdemiro Pedro Viana?

15) Quem foi a primeira Diretora do Colégio Municipal Verissimo Gama?

16) Quem foi a primeira Diretora do Colégio de Soledade?

17) Quem foi a Mulher que teve mais FILHOS EM APODI/RN?

18) Quem foi a Mulher que viveu mais em Apodi/RN?

19) Quem foi a Mulher Mais Corajosa do Apodi/RN?

20) Quem foi a primeira Vaqueira (Mulher) do Apodi/RN?

21) Quem foi a primeira Mulher Bibliotecária do Apodi/RN?

22) Quais foram às primeiras mulheres a participar do Grupo de Teatro Florescer?

23) Quais foram as mulheres que mais se destacaram no passado?


NOTA: Vamos ajudar o escritor Wendel Cristiano em suas pesquisas, caso saiba dalguma informação que possa colabora, deixe comentário nessa postagem. 
Sua colaboração é de fundamental importância. 

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Livros de escritores apodienses

Lista com livros de escritores apodienses:
   

Apodi no passado e no presente – Válter de Brito Guerra – 1980 3ª Edição

Histórias e Vultos da Minha Terra – Válter de Brito Guerra – 1985 

A derrota de um coronel – Válter de Brito Guerra – 1994 

Misturas de Frases e Palavras – Válter de Brito Guerra - 1988


Apodi, sua história – Válter de Brito Guerra – 2000 

Aventuras de um retirante – Válter de Brito Guerra – 2002 
                                                             
                                  
Trajetórias Políticas – Izauro e Valdemiro (julho de 1997) – Maria Vilmaci Viana e Antônio Viana de Sousa 

Paisagens Femininas de Apodi (maio de 2006) – Maria Vilmaci Viana

As Canções da Lagoa Dourada – Maria Vilmaci Viana 

História da Comunidade de Córrego (1998) – Caubí Torres

Um pouco do muito que sinto – Selma Oliveira

Luz – Selma Oliveira 

Datas e Notas para a história de Apody – Marcos Antonio Pinto 

Vozes de um coração – Maria Luiza Marinho da Costa 

Apodi Urgente – Manoel Georgino do Carmo 

Ensaios Poéticos – Manoel Georgino do Carmo 

Pensamentos – A Terapia do intelecto – Manoel Georgino do Carmo 

Caminhos do Meu Ser – Paulo Filho Dantas 

Flagrantes das Várzeas de Apodi – José Leite 

Anjo Morto – Aluísio Barros de Oliveira 


Pássaro oculto – Aluísio Barros 
Canção Fora de Tom – Aluísio Barros 
Moda e Outros Poemas – Aluísio Barros 

Dos  Amores que Beiram os Meus Caminhos e outros Poemas – Aluísio Barros de Oliveira 


Pretextos – Poesias (1986) – Maria Auxiliadora da Silva Maia 

Contraponto – Poesias/Crônicas/Contos Ingênuos (1998) – Maria Auxiliadora da Silva Maia 

Lajedo de Soledade – História de Um poema de Pedras – Maria Auxiliadora da Silva Maia
O que vale é o amor – Wendel Cristiano 

Membros da Família Maia em Apodi – Uma Árvore Genealógica – Francisco de Oliveira Maia 

Lágrimas de Sangue – José Irinaldo do Carmo 

A Lagoa do Apodi e sua Preservação – Adriana Souza 


NOTA:Se souber de algum livro dos escritores do nosso Apodi, deixe nos comentários desse blog, para que a lista possa ser atualizada. . Agradecemos sua colaboração.