Pesquisar neste blog

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Tese de Wallace Edelky: Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica

Tese: Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica
Autor(a): Wallace Edelky de Souza Freitas 
Programa: Pós-graduação em Agronomia/Fitotecnia 
Instituição: Universidade Federal do Ceará 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFC


Resumo: 
A alface é uma das hortaliças mais cultivadas no Brasil, difundindo-se praticamente por todo território nacional, inclusive nas regiões semiáridas do Nordeste, onde a água de boa qualidade está cada vez mais escassa. Diante dessa situação, torna-se importante para os setores hortícolas o desenvolvimento de pesquisas e técnicas que permitam o cultivo de plantas com o uso de águas salinas. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da adubação foliar com enxofre em plantas de alface cultivadas em sistema hidropônico e sob estresse salino. O experimento foi conduzido em arranjo fatorial 2 x 3, sendo as plantas submetidas a dois níveis de salinidade na solução nutritiva (0 e 40 mM de NaCl) e a três níveis de adubação suplementar com enxofre (0,0; 1,5 e 3,0 g L-1 ), com quatro repetições. Foram analisados caracteres fisiológicos e bioquímicos e a nutrição mineral da parte aérea das plantas. O crescimento, a fotossíntese e a condutância estomática das plantas foram reduzidos pelo estresse salino, porém, naquelas que receberam o tratamento com enxofre suplementar, essa redução foi atenuada. Em condições naturais de cultivo, o tratamento com enxofre a 1,5 g L -1 também proporcionou um melhor crescimento e desenvolvimento das plantas. O estresse salino aumentou a relação Na+ /K + nas folhas das plantas de alface, porém isso foi menos acentuado nas que foram suplementadas com enxofre. Nas plantas sob estresse salino, os danos de membrana foram menores naquelas adubadas com enxofre, as quais também apresentaram menores teores de peróxido de hidrogênio, maior atividade das enzimas antioxidantes peroxidase do ascorbato e catalase. De modo geral, a salinidade da solução nutritiva reduziu os teores dos nutrientes analisados na parte aérea, porém, para potássio e fósforo, essa redução foi minimizada pelo fornecimento de enxofre suplementar. Conclui-se que a adubação suplementar com enxofre atenuou os efeitos deletérios da salinidade no crescimento e nas trocas gasosas das plantas de alface, e que isso, pelo menos em parte, deveu-se a um sistema antioxidativo mais eficiente, associado a uma melhor absorção de fósforo e potássio e uma menor relação Na+ /K+ .

Nenhum comentário: