Pesquisar neste blog

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Dissertação de Eliani Jordana: Unidades de ensino potencialmente significativas: uma contribuição à formação inicial de professores de química do IFRN, Campus Apodi

Dissertação: Unidades de ensino potencialmente significativas: uma contribuição à formação inicial de professores de química do IFRN, Campus Apodi 
Autor(a): Eliani Jordana da Silva Moreira 
Programa: Pós-Graduação em Ensino 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido 
Publicação: 2019 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo: 
A efetiva melhoria do processo ensino-aprendizagem ocorre pela intervenção do professor e pelo contínuo aprimoramento sobre sua prática pedagógica em ações de educação inicial e continuada. Assim, o meio escolar é um ambiente propício à pesquisa e à investigação do potencial de diferentes metodologias. Nesse sentido, as Unidades de Ensino Potencialmente Significativas (UEPS) – sequências de ensino fundamentadas teoricamente – estão voltadas para a Aprendizagem Significativa, uma vez que podem estimular a pesquisa aplicada em ensino, aquela voltada diretamente à sala de aula. As sequências de ensino em ciências surgem como uma tentativa de aproximar o contexto dos conhecimentos científicos da prática em sala de aula. Em função disso, o presente trabalho investigou em que medida uma intervenção didática estruturada em UEPS pode ser vista por licenciandos em Química, como viável e interessante para abordar conteúdos químicos. Para isso, aplicamos uma oficina intitulada “Unidades de Ensino Potencialmente Significativas: uma contribuição à formação inicial de licenciandos em Química do IFRN, campus Apodi”, embasada pela teoria da Aprendizagem Significativa (TAS) de David Ausubel com os discentes do curso de Licenciatura em Química do IFRN do campus supracitado. Adotamos neste trabalho a pesquisa quantitativa, com o uso da escala de Likert e qualitativa, a partir da pesquisa ativa, na forma de pesquisa-ação. Os dados quantitativos foram tratados segundo a estatística clássica, usando como medidas de centralidade, a média aritmética e desvio padrão. Quanto aos dados qualitativos, construíramse a partir da Análise de Conteúdo de Bardin. A análise dos dados pós oficina indicou que os discentes perceberam as UEPS como interessantes para serem utilizadas em suas aulas. Entretanto, consideradas pouco viáveis, em virtude de aspectos relacionados ao tempo destinado à sua preparação e também por desenvolverem uma prática ainda atrelada ao ensino tradicional, no qual o professor é tido como o detentor do conhecimento. Com este trabalho pode-se perceber também a importância de espaços na formação inicial de professores que propiciem a discussão e o desenvolvimento de propostas de ensino com abordagens diversificadas, os quais podem colaborar numa perspectiva de mudança no ensino.

Nenhum comentário: