Pesquisar neste blog

sábado, 18 de junho de 2011

COOAFAP - Entidade

A Cooperativa da Agricultura Familiar de Apodi – COOAFAP foi fundada em 04 de Janeiro de 2001 por agricultores e agricultoras familiares de comunidades e assentamentos do município de Apodi. Inicialmente ela foi fundada com a participação de 20 sócios (as) e atualmente é formada por mais de 300 pequenos/as agricultores de trinta comunidades rurais e de dezesseis Assentamentos Rurais pertencentes ao município de Apodi.
Os/as sócios/as da COOAFAP produzem em sua grande maioria no sistema agroecológico, no entanto ainda há sócios que produzem no sistema convencional. Devido a Cooperativa não dispor de transporte/carro próprio, é fretado carro para recolher os produtos nos assentamentos e comunidades rurais ou os sócios/as que dispõem do mesmo trazem até a Cooperativa.

Para cada produto são designadas equipes de sócios para que possam, se necessário, recolher, transportar e distribuir aos consumidores os produtos. A COOAFAP visando um melhor atendimento aos/as seus/suas sócios/as criou um cronograma de entrega de entrega de produtos e de pagamentos para organizar e facilitar a administração da mesma e o acesso dos/as sócios/as.

Ao final de cada ano as sobras líquidas são distribuídas de acordo com a aprovação da Assembléia Geral e ou reinvestidas em máquinas e equipamentos para a Cooperativa.

COMERCIALIZAÇÃO
Ao longo dos dez anos de funcionamento da COOAFAP, é perceptível o crescimento em volume da comercialização, gerando maior renda para as famílias associadas. Atualmente a Cooperativa está comercializando através de feiras e eventos, mercado institucional (Governo Federal através do Programa de Aquisição de Alimentos e PNAE) e mercado privado (empresas).

A Cooperativa também comercializa os produtos dos/as seus/suas sócios/as em sua própria sede, como forma de oportunizar a oferta direta aos consumidores diminuindo sobremaneira o acesso dos atravessadores e criando uma ponte de aproximação entre produtor e consumidor, como forma de fidelização de oferta e consumo. Somando-se ao acima citado ainda buscamos evitar desperdícios de produtos (sobras) advindos da feira semanal que ocorre no próprio município, pois pela falta destas estruturas de comercialização não disponíveis, alguns produtos são desperdiçados pelo não armazenamento adequado e pela inviabilidade de retorno ao seu local de origem.

Nenhum comentário: