Pesquisar neste blog

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Projeto Acampamento de Férias 2011 do FMJ de Apodi

Prefeito Leonardo Rego e Mayara Suelirta FMJ (Foto divulgação)

No fim da tarde de ontem, Mayara Suelirta, vice-presidente do Fórum Municipal de Juventude de Apodi, esteve na cidade de Pau dos Ferros, em busca de mais uma parceria importante na realização do projeto “Jornada de Formação de Lideranças Juvenis de Apodi no Acampamento de Férias” que está previsto para acontecer nos dias 21 a 24 de julho.

Na ocasião, Mayara Suelirta foi recebida por Leonardo Rego prefeito de Pau dos Ferros, que recebeu em mãos o projeto e se comprometeu prontamente em estar apoiando a juventude de Apodi nessa jornada de formação, além de também garantir estar presente no dia 15 de julho, data prevista para o lançamento do projeto.

Segundo Leonardo Rego, o projeto representa uma grande oportunidade para a juventude de Apodi, ontem após a reunião ao dar uma entrevista ao programa Analisador Político da FM Cidade 87,9, ele mesmo fez convite à população apodiense a apoiar essa causa, e reafirmou está presente em Apodi no lançamento do Acampamento dia 15 de julho.

“Queremos mostrar à população apodiense a importância de termos lideranças jovens, formadas e dispostas a entrar na luta pelos direitos e abraçar a causa das juventudes. Esse é o objetivo principal do Acampamento, e acredito que essa conversa que tivemos hoje com Leonardo, pode representar uma conquista muito importante, visto que se trata de uma liderança jovem de nossa região Oestana, que passa a ser parte nessa causa” – afirmou Mayara após reunião com Leonardo.

Por Equipe de Comunicação FMJ

Nutrição, Produção e qualidade do fruto em mamoeiro - Maria José Câmara

Tese: Nutrição, produção e qualidade do fruto em mamoeiro "Tainung 1" adubado com nitrogênio e potassio.
Autora: Maria José Torres Câmara
Curso: Doutorado em Fitotecnia. Área de concentração em Agricultura Tropical 
Universidade: Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA
Publicação: 2009 

Clique para ver ou baixar

Envie sua tese para tudodeapodi@hotmail.com e nós postaremos com prazer no blog.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Blog do professor Lázaro Gama

Objetivo do blog
Informação, educação e diversão.

Criei esse blog com a finalidade de informar as pessoas algumas coisas de apodi e de todo o Brasil. Hoje não tenho muito tempo para atualizar, mas sempre que possivel estou postando algo que considero interessante.

Data de criação: junho de 2009
Responsável: Professor Lázaro Gama
E-mail: lazarojordano@hotmail.com
Telefone de contato: (84) 9148-0247

Clique aqui para acessar:
www.blogdolazarogama.blogspot.com

Ver todas as notícias do blog:
http://blogdolazarogama.blogspot.com/feeds/posts/default

Informações enviadas por: Lázaro Gama

Clique aqui para cadastrar seu blog de Apodi

terça-feira, 28 de junho de 2011

José Leite - historiador

JOSÉ LEITE nasceu em Apodi-RN, aos 02 de Maio de 1916. Primogênito dos cinco filhos do Sr. Lino Leite e D. Francisca das Chagas Lima Leite. Viveu a sua infância ao lado dos seus irmãos, trabalhando no cultivo da terra. As primeiras letras foram recebidas no Grupo Escolar "Ferreira Pinto", onde veio a concluir o antigo curso primário. Desde os primeiros anos demonstrava os pendores para o estudo, fazendo com que seus pais o direcionassem nesse sentido, diferente dos outros irmãos, mais dedicados aos trabalhos do campo.

Casou-se com D. Maria de Lourdes Lopes,da tradicional família PINTO, filha do dinâmico farmacêutico Antonio Lopes Filho (Este, por sua vez era filho do Tabelião Público Antonio Lopes Corrêia Pinto) e de D. Armandina de Góis Lopes, de cuja união nasceram dez filhos. 
Tendo, apenas concluído o curso primário, foi aprovado no concurso de Agente de Estatística do IBGE para exercer a função na Agência de Apodi, onde foi Chefe até Maio de 1945, quando foi transferido, por questões políticas para a cidade de Caicó-RN, e em Agosto de 1949 para Mossoró, onde continuou a exercer a mesma função.

Em Mossoró, deliberou em retornar aos estudos, tornando-se Contador pela famosa "Escola Técnica de Comércio União Caixeiral". Passou no vestibular para o Curso de Direito na Faculdade de Souza-PB, distante 200 quilômetros de Mossoró, tendo recebido seu Diploma de Bacharel em Direito aos 63 anos de idade. Sua permanência em Mossoró possibilitou

O seu completo envolvimento com os setores culturais da cidade, vindo a ser Sócio-Fundador do Instituto Histórico e Cultural do Oeste Potiguar - ICOP. Sobre esse período de vida, assim se pronunciou: "Tive a felicidade de conhecer Vingt-Un Rosado, do qual passei a receber o incentivo e a orientação que me conscientizaram na certeza de que as minhas idéias caminhavam no rumo certo".

No mês de Maio de 1973 aposenta-se do cargo do IBGE. Em 1980 transfere-se para Brasília. Na Capital Federal, é instigado pela saudade da terra que lhe foi berço de nascimento e vivência da primeira quadra de vida, dando-lhe ênfase e origem para vasta produção literária, período em que seus trabalhos sobre o Apodi são compilados, sendo publicados a partir de 1990, com a edição em separata de "FLAGRANTES DAS VÁRZEAS DE APODI", e mais 08 volumes com o mesmo título, reunindo crônicas e poesias, publicados pela "Coleção Mossoroense", a partir de 1991. Antes, publicara os seguintes títulos: MONOGRAFIAS DE APODI E CAICÓ; RESUMO HISTÓRICO DOS TERMOS DE PRISÃO, HÁBITO E TONSURA DOS ÍNDIOS PAIACUS DO APODI; NOTÍCIAS SOBRE O GESSO DE MOSSORÓ, e PESQUISA SOBRE O PADRÃO DE VIDA EM MOSSORÓ, também editados pela "Coleção Mossoroense".

Foi Sócio-Correspondente da Academia Petropolitana de Poesia Raul de Leoni, tendo participado de diversos concursos de poesias e granjeado o prêmio "Destaque" no Concurso de Poesias do Parque Nacional de Itatiaia com o poema

"Imponência e fim da natureza", tendo participado também de concursos de Trovas, realizado em Timóteo-MG. Teve o seu nome inscrito no celebrado livro "POETAS BRASILEIROS DE HOJE", lançado pela Editora Shogun e Arte, no Rio de Janeiro, em 1989. Foram mais de 40 anos de dedicação à pesquisa histórica a partir do ano de 1938.

E assim se definiu: "Permito-me dizer o que sinto. Eu sou, de coração, tudo o que antes foi mencionado. Sou também capim-panasco ,capim-cajarana, ervanço, aguapé, maracujá, caju, quixaba, umari, tamarindo, carrapicho, urtiga, unha-de-gato, maniçoba, manacá, rainha do prado, imbiratana, oiticica, juazeiro e pau-mocó. Tenho orgulho de ser apodiense, papa jerimum do Rio Grande do Norte, ganhador de três apelidos: Dedé de Lino, Zé Barroquinha e Chanin do Corgo (corruptela de córrego). Seus poemas retratam a solidão do Apodiense na capital do país exaltam a saudade da terra querida.

O pesquisador MARCOS PINTO traçou o perfil literário do renomado historiador apodiense nos seguintes termos: " O idílico amor que José Leite devotava ao seu torrão natal foi nota constante nas suas manifestações como homem de letras. Os 09 volumes intitulados "FLAGRANTES DAS VÁRZEAS DE APODI" são obras em que bem se percebem e se distinguem características de pioneirismo, num gênero literário em que se combinam sociologia e literatura, e que representam um hino de amor à sua querida cidade Apodi. a leitura de toda a sua obra revela que a cultura e a vida Apodiense foram perenes, como objeto de suas preocupações contínuas, e fonte de perene inspiração. Nos diversos gêneros em que foi Mestre, o seu amor às coisas do Apodi sempre as fez aparecer em primeiro plano, como se observa em muitas de suas obras. "FLAGRANTES DAS VÁRZEAS DE APODI" são livros de história e de memórias, em que os fatos e as paisagens são pintados com a precisão e a vivacidade de quem os viveu e as amou na quadra alvissareira da juventude. Como Historiógrafo - principal faceta de seu talento de escritor - JOSÉ LEITE ou Dedé de Lino Leite é, incontestavelmente, um dos primeiros nomes na vasta bibliografia da literatura apodiense".

JOSÉ LEITE é patrono de uma das cadeiras da ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS - AAPOL. Faleceu em Brasília, a 03 de Abril de 1997. 

Biografia enviada por Marcos Pinto

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Vem ai 10ª Blitz da Cidade FM

Depois do Grande Sucesso '' Vem aí a 10° Edição da Blitz da Cidade Fm''

O Povo Confirmou o grande sucesso da 9° Blitz, e o realizador do evento Marcos Morais já se prepara e Afirma mais uma edição deste grande evento em Apodi.

Aguardem, pois Apodi será palco de mais um grande Evento!
Informações enviadas por Marcos Morais

Fotos do 8º Arraiá da Escola Isabel Aurélia Torres

Saneamento Básico: Um estudo de caso no Bairro Baixa do CAIC - Jânio Eduardo

Artigo: Saneamento Básico: Um estudo de caso no Bairro Baixa do CAIC.
Autor: Jânio Eduardo Duarte da Silva
Curso: Especialização em Gestão Ambiental
Universidade: Faculdade Vale do Jaguaribe - FVJ
Publicação: Setembro de 2010 
Fonte do artigo: Google Docs
Clique para ver ou baixar

Envie seu artigo científico para publicação pelo email tudodeapodi@hotmail.com.

domingo, 26 de junho de 2011

Impactos Socioambientais da Ocupação das Margens da Lagoa do Apodi - RN - Jorge Filho

Artigo: Impactos Socioambientais da Ocupação Desordenada das Margens da Lagoa do Apodi-RN 
Autor: Jorge Luis de Oliveira Pinto Filho
Curso: Bacharelado em Gestão Ambiental
Universidade: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: Janeiro a março de 2008  
Fonte do artigo: http://revista.gvaa.com.br 

Clique para ver ou baixar
Envie seu artigo científico para tudodeapodi@hotmail.com e nós postaremos com prazer no blog.

sábado, 25 de junho de 2011

Biografias ainda não cadastradas no blog

Nós do TudodeApodi estamos catalogando as biografias das personalidades apodienses. Os seguintes ainda não foram cadastrados.  Precisamos destas e outras biografias. 


- Asincleve
- Damião Moreira
- Danilo Nickson
- Evangelista do PT
- Francisco Edilson Neto
- Francisco Paulo Freire (Chico Paulo)
- Gilson Oliveira
- João Bosco do PT
- Jorge Câmara
- José Pinheiro Bezerra (médico, ex prefeito)
- Júnior Teodoro
- Kayo Morais (in memorian)
- Maestro Janilson
- Magno Adiel
- Marcondes Marinho
- Marcos Bonitão
- Nenê de Detinho
- Nilson Viana
- Olavo Rapôso
- Patrícia Lorena
- Pedro Filho
- Pedro Terceiro de Melo
- Professor Vêra
- Raimundinho de Preto de Izauro
- Renário Namoral
- Roberto Cruz
- Tcharles - (Gorete cadê o Preto?)
- Todos os esportistas de Apodi
- Todos os vereadores

Tem muito mais gente que merece ter sua história aqui.
Quer sugerir sua história ou de alguma personalidade de Apodi ou tem algo sobre as personalidades não cadastradas acima? Conhece a biografia de algum dos citados?
Entre em contato conosco e nós postaremos

Esta página está em constante atualização.
Ajude a divulgar o blog

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Crescimento de cultivares de mamoneira sobre doses de torta de mamona - Francelino Oliveira

Artigo: Crescimento de cultivares de mamoneira sob doses de torta de mamona
Autor: Antonio Francelino de Oliveira Filho
Curso: Agronomia
Universidade: Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA
Publicação: Dezembro de 2010 
Fonte do artigo: http://revista.gvaa.com.br

Envie seu artigo científico para publicação no e-mail tudodeapodi@hotmail.com.

A Agroecologia nos Assentamentos de Moací Lucena, Sítio do Góis e Vila Nova

Artigo: A Agroecologia nos Assentamentos de Moací Lucena, Sítio do Góis e Vila Nova, Apodi RN. 
Artigo de estágio na Cooperativa de Assessoria e Serviços Múltiplos ao Desenvolvimento Rural - COOPERVIDA de janeiro a março de 2007.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Marcos Pinto - historiador

MARCOS ANTONIO PINTO, nasceu em Apodi-RN, a 20 de maio de 1959, filho de Geraldo Ferreira Pinto e Francisca dos Santos Pinto.
Fez o curso primário no Grupo Escolar "Ferreira Pinto", em Apodi-RN. Fez os dois primeiros anos do curso ginasial no Ginásio Estadual "Prof. Antonio Dantas", Apodi-RN. Em 1974 passou a residir na cidade de Mossoró-RN, onde concluiu o Curso de Técnico em Agropcuária, em 1979. Fez o Curso Superior na Universidade Estadual do RN, bacharelando-se no Curso de Direito em 1985.
Após mais de trinta anos de pesquisa, publicou as seguintes plaquetes:
- Tributo à Valter de Brito Guerra.
- Maria Luiza Beltrão.
- Família Paraguai - de Apodi ao Governo do Estado.
- Família Beltrão - de Pernambuco ao Apodi.
- Coronel Antonio da Rocha Bezerra - Um Herói Esquecido.
- 05 Indices Onomásticos das 929 Sesmarias do RN.

Publicou dois volumes intitulados "Datas e notas para a História de Apody", publicado pela Editora Coleção Mossoroense e Fundação Vingt-Un Rosado, no ano de 2000.

No ano de 2006 somou esforços com abnegados e profícuos professores e pessoas ligadas à cultura, para a criação e instalação da ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS (AAPOL), instalada em solene evento na Casa de Cultura, ocorrido no dia 23 de Março de 2006.
- É Sócio-Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte - IHGRN;
- É Sócio-Correspondente da Academia Mossoroense de Letras - AMOL.
- Preside, em caráter PRO TEMPORE, a Academia Apodiense de Letras - AAPOL.
- É Sócio-Efetivo do Instituto Cultural do Oeste Potiguar - ICOP.
- É Sócio Honorário da Academia Feminina de Letras e Artes de Mossoró - AFLAM.
- Está concluindo vasto trabalho de pesquisa sobre a história de Apodi, intitulado "Memorial Pody dos Encantos - Três Séculos de História".

Fonte: Marcos Pinto

domingo, 19 de junho de 2011

Câmara de Dirigentes Lojistas de Apodi - CDL


A Câmara de Dirigentes Lojistas de Apodi - CDL Apodi, foi fundada em 22 de agosto de 1991, na época como Clube de Diretores Lojistas de Apodi, por iniciativa do Sr. Pedro Terceiro de Melo, com o objetivo de defender os direitos da classe lojista apodiense.

A sigla CDL representa uma categoria que pode se orgulhar e comemorar a integração crescente do movimento lojista avaliada em realizações. Com o propósito de promover um crescimento mútuo, unindo lojistas-entidade-população, a CDL de Apodi tem realizado diversas parcerias, promovendo capacitação, campanhas promocionais, resultando num crescimento do comércio de Apodi.

A gestão do biênio 2007-2009, se caracterizou por primar pela valorização da capacitação, investindo em parceiras com o SENAI e SEBRAE, com o objetivo de preparar melhor a mão-de-obra, suprindo a demanda do mercado local. 

sábado, 18 de junho de 2011

COOAFAP - Entidade

A Cooperativa da Agricultura Familiar de Apodi – COOAFAP foi fundada em 04 de Janeiro de 2001 por agricultores e agricultoras familiares de comunidades e assentamentos do município de Apodi. Inicialmente ela foi fundada com a participação de 20 sócios (as) e atualmente é formada por mais de 300 pequenos/as agricultores de trinta comunidades rurais e de dezesseis Assentamentos Rurais pertencentes ao município de Apodi.
Os/as sócios/as da COOAFAP produzem em sua grande maioria no sistema agroecológico, no entanto ainda há sócios que produzem no sistema convencional. Devido a Cooperativa não dispor de transporte/carro próprio, é fretado carro para recolher os produtos nos assentamentos e comunidades rurais ou os sócios/as que dispõem do mesmo trazem até a Cooperativa.

Para cada produto são designadas equipes de sócios para que possam, se necessário, recolher, transportar e distribuir aos consumidores os produtos. A COOAFAP visando um melhor atendimento aos/as seus/suas sócios/as criou um cronograma de entrega de entrega de produtos e de pagamentos para organizar e facilitar a administração da mesma e o acesso dos/as sócios/as.

Ao final de cada ano as sobras líquidas são distribuídas de acordo com a aprovação da Assembléia Geral e ou reinvestidas em máquinas e equipamentos para a Cooperativa.

COMERCIALIZAÇÃO
Ao longo dos dez anos de funcionamento da COOAFAP, é perceptível o crescimento em volume da comercialização, gerando maior renda para as famílias associadas. Atualmente a Cooperativa está comercializando através de feiras e eventos, mercado institucional (Governo Federal através do Programa de Aquisição de Alimentos e PNAE) e mercado privado (empresas).

A Cooperativa também comercializa os produtos dos/as seus/suas sócios/as em sua própria sede, como forma de oportunizar a oferta direta aos consumidores diminuindo sobremaneira o acesso dos atravessadores e criando uma ponte de aproximação entre produtor e consumidor, como forma de fidelização de oferta e consumo. Somando-se ao acima citado ainda buscamos evitar desperdícios de produtos (sobras) advindos da feira semanal que ocorre no próprio município, pois pela falta destas estruturas de comercialização não disponíveis, alguns produtos são desperdiçados pelo não armazenamento adequado e pela inviabilidade de retorno ao seu local de origem.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Monografia sobre a COOAFAP e COOPAPI - Agnaldo Fernandes

Monografia de Francisco Agnaldo de Oliveira Fernandes. 

Tema: A importância das cooperativas COOAFAP e COOPAPI na organização da Agricultura Familiar no município de Apodi / RN. 

Ano: 2010
Curso: Geografia
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN


Quer enviar a sua monografia no site tudodeapodi? Envie para tudodeapodi@hotmail.com. 

quarta-feira, 8 de junho de 2011

A difícil arte de registrar a história de um povo

Queremos aproveitar este espaço para expor a dificuldade em querer registrar a história e a cultura de um povo, nos tempos em que este assunto não tem sido dado como importante pela maioria da sociedade apodiense.

O objetivo deste blog é fazer o registro de, como o próprio nome do blog diz, TUDO DE APODI. No entanto, isso requer disponibilidade de tempo e paciência, o que de certa forma, não temos tudo isso como deveríamos ter.

Estamos tendo grandes dificuldades para conseguir informações sobre nossas entidades, pessoas, etc. e gostaríamos de solicitar aos companheiros professores, políticos, personalidades que fazem história em Apodi que possam está aproveitando seus espaços, salas de aulas, grupos de trabalhos para prepararem seus testos e sua histórias e enviem para o blog.

Ser convidado(a) para poder contribuir com um blog dessa natureza (sem fins lucrativos, sem propagandas pagas, sem bajulações políticas) é uma grande honra. Os pesquisadores vêem no objetivo deste blog uma fonte muito variada e acessível de informações. 

Assim, antes que nossa equipe desista da idéia incessante de ajudar a divulgar a história de nosso povo, cada um pode fazer sua parte, enviando suas biografias ou histórias de suas escolas, etc. 

E-mail para recebimento de matérias: tudodeapodi@hotmail.com

Ainda há tempo.

Os atuais alunos e futuros cientistas agradecem. 

terça-feira, 7 de junho de 2011

Um dia, uma bolsa, uma aliança - Jotta Paiva

Não sei por que a mulher tem tanta fascinação por bolsas. Elas gostam tanto desse artefato que agora as fábricas de móveis estão colocando no mercado, armários específicos para guardar bolsas femininas, porque os guarda-roupas nunca têm espaço suficiente.
 
A Microsoft também decidiu investir no ramo. Preocupada em concorrer com o Google, a empresa de Bill Gates disponibilizará no seu próximo software, pastas de arquivamento de documentos em formatos diversos, desde as pastas amarelinhas comuns, até as executivas para homens e pelo menos 100 mil modelos de pastas femininas. A multinacional explica, para acalmar a mulherada, que esse será apenas um teste e que no suporte seguinte, estarão disponíveis pelo menos um milhão de opções.
 
As mulheres gostam tanto de bolsa que usam uma para cada objeto. Existe uma bolsa mãe, aquela que mais parece um alforje, e dentro dela uma subseqüente e nesta outras bolsas menores disponíveis para o absorvente, a roupa íntima extra que ela nunca vai usar, para o dinheiro, para as moedas, para a chave do carro, para a chave da casa, para a chave da bolsa do dinheiro e para as chaves das bolsinhas subseqüentes do dinheiro, sejam as moedas ou as notas separadas por valor.
 
É muito importante saber que quando se vai ligar para o celular de uma mulher é preciso discar ao menos três vezes, para dar tempo de ela ouvir o chamado do aparelho, abrir a bolsa mãe, a bolsa subseqüente, a dos aparelhos eletrônicos, a bolsa dos celulares e a bolsa onde está o celular que está tocando.
Com tudo isso, a dica que dou é que nunca tente esconder um presente para a mulher amada dentro de sua própria bolsa. Você pode repetir o erro do meu amigo Leonardo, lá de Santo Antônio da Boa Esperança. 
 
Ele estava apaixonado por Dora, sua namorada há dois anos e esperava a hora certa de pedi-la em casamento. Ela de ser pedida. Na cautela do romantismo, decidiu deixar a aliança, comprada ao custo de seis meses de economia, na bolsa que ela mais gostava - uma que ela comprou com o dinheiro que faria sua primeira viagem internacional: uma semana inteira em Cancun. Colocou a jóia no bolsinho interno que tinha o maior zíper e ficou esperando. Esperou que cansou. Casou-se um ano e meio depois com uma pessoa que conheceu pela internet dois meses antes.
 
Dora, revoltada com o abandono, resolveu pegar dinheiro emprestado ao banco, a 30% de juros, para fazer aquela tão sonhada viagem ao México. Foi quando descobriu, ao usar pela segunda vez a bolsa que havia comprado há quase dois anos, a aliança caríssima enrolada em um bilhete apaixonado, convidando-a para um jantar romântico no hotel mais caro da cidade, onde costumam fazer festas especiais, regadas a champanha e caviar, para noivados.Dora depreciou-se tanto com a decepção que nunca mais comprou uma bolsa em sua vida. O problema é que, por conta disso, perdeu todas as suas amigas.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Blog Emater Apodi

Objetivo do blog
Ferramenta para a divulgação das notícias do campo, das Políticas Públicas para a Agricultura Familiar e do trabalho desenvolvido pela unidade local da EMATER. 

Utilizamos este espaço também para divulgação de eventos voltado para agricultura familiar, novidades tecnológicas, datas e formas para inscrição em algumas políticas públicas, informações sobre algumas culturas de interesse de nossa região e também para expandir a nossa socialização com outras instituições de extensão rural.

Responsável: Marcela Felix da Silva
E-mail: marcelafelixx@hotmail.com
Telefone de contato: (84) 9170-7191   / 9662-9488 

Clique aqui para acessar:
http://www.ematerapodi.blogspot.com/

Ver todas as notícias do blog:
http://ematerapodi.blogspot.com/feeds/posts/default

Clique aqui para cadastrar seu blog de Apodi

sábado, 4 de junho de 2011

PA Moací Lucena - comunidade

O Projeto de Assentamento Moací Lucena está localizado no Sítio Boca da Mata, na Chapada do Apodi e localiza-se há 22 quilômetros da sede da cidade de Apodi/RN.

O assentamento foi originado de uma ocupação que acontece no mês de agosto do ano de 1996 e suas desapropriação foi publicada no diário oficial no mês de agosto de 1998. A área territorial total do PA Moací Lucena equivalente 527 está subdividida em 20 lotes de 19,5 hectares, a reserva legal de 110 hectares e a área coletiva de 60 hectares. O grupo que ocupou a área foi criado pelas famílias que habitavam na propriedade e outras que moravam nas vizinhanças. As entidades de apoio na ocupação foram: o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rural de Apodi/RN - STTR e a Comissão Pastoral da Terra - CPT de Mossoró.

A origem do nome deu-se em homenagem ao presidente falecido na época, Senhor Moací Lucena de Oliveira. Atualmente o PA conta com 20 famílias assentadas e seus agregados. Dentro das atividades de lazer existem as culturas e esportivas, dentro das culturas a religiosa (padroeiro) e das esportivas o futsal e a capoeira, essas atividades apresentam grande participação dos jovens filhos de assentados e que constitui o próprio grupo de jovens.

Os presidentes do PA foram: José Holanda de Morais (2 mandatos); Elias Antonio da Costa (in memorian) (1 mandato); João Holanda de Morais (1 mandato) Irapuã Ângelo (2 mandatos) e Francisco Rubem (2 mandatos e atual presidente em 2011).

As fontes de renda das famílias são obtidas principalmente das culturas de sequeiros como feijão, milho, sorgo, algodão, gergelim, abóbora e melancia. Outras fontes não menos importantes são a da ovinocaprinocultura, apicultura, bovinocultura, avicultura e suinocultura. A produção de polpa de frutas é bastante diversificada, pois existem uma produção variada de 07 tipos de frutas, principalmente de sequeiros, sendo elas: cajueiro, canjarana, umbu, acerola, etc.

A assessoria técnica no PA é proporcionada desde 2001 pela Cooperativa de Assessoria e Serviços Múltiplos ao Desenvolvimento Rural - COOPERVIDA e tem como parceiros STTR, CPT, PDHC e CEAPAC.

O mais importante para manter esse sistema de produção sustentável é que no PA Moací Lucena existe a cultura do amor de cultivar a terra em sistema agroecológico, preservamos a fauna a flora: manejo da caatinga o outro sistema de produção de forma sustentável a ponto, é importante colocar a dimensão que o PA tem conseguido exemplarmente com a sua produção sustentável a ponto de ser divulgado mundialmente

Na Associação onde tudo se faz e se discute com as famílias, sua fundação se deu em 1998 e várias organizações sempre tiveram atuação, tais como o STR e a CPT. A área demonstrativa em Manejo da Caatinga do P.A. que teve início em 2003 com assessoria da COOPERVIDA financiada pelo Projeto Dom Helder Câmara sendo um sistema integrado (raleamento, rebaixamento e enriquecimento) como reflexo trouxe resultados excelentes no que se refere às alternativas de convivência com o semi-árido, na comunidade e através dos intercâmbios hoje se consideram como uma tecnologia apropriada na comunidade e outras vizinhas. Vale salientar que o manejo dessa área trouxe: aumento da disponibilidade de forragem, melhoria de sua qualidade; aumento da produção animal; aumento da capacidade de suporte; melhoria da utilização da forragem, melhoria da qualidade bromatologica da vegetação; melhoria do solo; preservação das espécies nativas; aumento da renda familiar através do aumento da caprinocultura leiteira e corte e da apicultura.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Religião



Veja a lista das igrejas de Apodi que estão cadastradas neste site.

Caso a sua não esteja envie matéria para tudodeapodi@hotmail.com e nós postaremos. Favor enviar fotos em anexo. Veja a lista das igrejas que ainda não têm história neste blog:
Igreja da Congregação Cristã
Igreja Deus é Amor
Igreja Presbiteriana
Igreja Universal do Reino de Deus
Tabernáculo Evangélico da Paz
Testemunhas de Jeová



quarta-feira, 1 de junho de 2011

Sertanejo Distribuidora

PREÇO BAIXO TODO DIA 
A SERTANEJO DISTRIBUIDORA, situada na Rua São João Batista, 268, onde funcionava o Banco do Nordeste, iniciou suas atividades no dia 10 de Setembro de 2010. 

É uma empresa com um conceito de venda que sobressai às demais: preço baixo, atendimento climatizado, equipe treinada, um mix de produtos com mais de dois mil itens; diariamente, no mínimo dez itens entram em oferta com preço imbatível, um canal direto com o cliente, onde, diariamente, uma telefonista liga para os nossos clientes informando as ofertas. 

Prioridade: 
O cliente 

Política de relacionamento:  
Tratar pessoas como pessoas 

Metas:  
Atendimento excelente ao cliente; 
Preço imbatível. 

Objetivo: 
Satisfação plena do nosso cliente 

Equipe:  
Irani Benicio – Gerente 
Alvani Pinto – Assistente Administrativa 
Cledna Magno – Faturista 
Roberto Júnior – Digitador 
Paula Rafaela – Vendedora 
Itala Angélica – Vendedora 
Luana – Caixa 
Giselle – Telefonista 
Naldinho - Conferente 
Marcos – Separador 
Jeferson – Separador 
Gilvanetto – Separador 
Clovis – Separador 
Rogério – Separador

Contatos: (84) 3333-2965 / 3333-2591