Pesquisar neste blog

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Marcos Pinto - historiador

MARCOS ANTONIO PINTO, nasceu em Apodi-RN, a 20 de maio de 1959, filho de Geraldo Ferreira Pinto e Francisca dos Santos Pinto.
Fez o curso primário no Grupo Escolar "Ferreira Pinto", em Apodi-RN. Fez os dois primeiros anos do curso ginasial no Ginásio Estadual "Prof. Antonio Dantas", Apodi-RN. Em 1974 passou a residir na cidade de Mossoró-RN, onde concluiu o Curso de Técnico em Agropcuária, em 1979. Fez o Curso Superior na Universidade Estadual do RN, bacharelando-se no Curso de Direito em 1985.
Após mais de trinta anos de pesquisa, publicou as seguintes plaquetes:
- Tributo à Valter de Brito Guerra.
- Maria Luiza Beltrão.
- Família Paraguai - de Apodi ao Governo do Estado.
- Família Beltrão - de Pernambuco ao Apodi.
- Coronel Antonio da Rocha Bezerra - Um Herói Esquecido.
- 05 Indices Onomásticos das 929 Sesmarias do RN.

Publicou dois volumes intitulados "Datas e notas para a História de Apody", publicado pela Editora Coleção Mossoroense e Fundação Vingt-Un Rosado, no ano de 2000.

No ano de 2006 somou esforços com abnegados e profícuos professores e pessoas ligadas à cultura, para a criação e instalação da ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS (AAPOL), instalada em solene evento na Casa de Cultura, ocorrido no dia 23 de Março de 2006.
- É Sócio-Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte - IHGRN;
- É Sócio-Correspondente da Academia Mossoroense de Letras - AMOL.
- Preside, em caráter PRO TEMPORE, a Academia Apodiense de Letras - AAPOL.
- É Sócio-Efetivo do Instituto Cultural do Oeste Potiguar - ICOP.
- É Sócio Honorário da Academia Feminina de Letras e Artes de Mossoró - AFLAM.
- Está concluindo vasto trabalho de pesquisa sobre a história de Apodi, intitulado "Memorial Pody dos Encantos - Três Séculos de História".

Fonte: Marcos Pinto

4 comentários:

Amarildo disse...

Parabéns pela dedicação a História do municipio de Apodi,obrigado pelas informações passadas aos norteriograndense.Um grande abraço.Amarildo Martins Tavares

Anônimo disse...

Apodienses talentosos tanto quanto, omitem-se aa divulgação/engrandecimento da nossa história. A voce, DR MARCOS , que é um abnegado apaixonado por nossa cidade, quero, neste pequeno espaço, dizer-lhe que é com muita satisfação que leio todos os seus comentário aa respeito da nossa querida A P O D I. pARABÉNS CONTERRÂNEO.

Marcos pinto disse...

Obrigado aos autores dos sublimes comentários. Sinto-me como aquele beija-flor, que com uma folha no bico se dirigia ao rio para colher água e jogar em um incêndio na floresta. Que bom seria se todos nós fizéssemos a nossa parte, no que consiste a valorizar e divulgar o grande potencial profissional, cultural e artístico dos indômitos homens e mulheres que fizeram e fazem a história do desenvolvimento do nosso município. AVANTE CONTERRÂNEOS!

Vivi Viana disse...

Parabéns confrade.Você é MEMÓRIA VIVA do nosso municipio. A nação apodiense agradece teus feitos.
Abraços,
Vilmaci Viana