Pesquisar neste blog

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Dissertação: Estudo químico e biológico de Croton regelianus var. matosii (Euphobiaceae)

Dissertação: Estudo químico e biológico de Croton regelianus var. matosii (Euphobiaceae)
Autor(a): Maria da Conceição de Menezes Torres
Curso: Mestrado em Química Orgânica
Instituição: Universidade Federal do Ceará - UFC
Publicação: 2008
Fonte do artigo: UFC

domingo, 29 de abril de 2018

Tese: Ecofisiologia de mudas de figueira (Ficus Carica L.) em estresse salino.

Tese: Ecofisiologia de mudas de figueira (Ficus Carica L.) em estresse salino.
Autor(a): José Rivanildo de Souza Pinto
Curso: Doutorado em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA
Publicação: 2017
Fonte do artigo: UFERSA

sábado, 28 de abril de 2018

Dissertação: Crescimento de plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia Benth., Caesalpinia ferrea Mart., Tabebuia aurea (Manso) Benth. & Hook., e Handroanthus impetiginosus Mattos

Dissertação:  Crescimento de plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia Benth., Caesalpinia ferrea Mart., Tabebuia aurea (Manso) Benth. & Hook., e Handroanthus impetiginosus Mattos.
Autor(a): José Rivanildo de Souza Pinto
Curso: Mestrado em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA
Publicação: 2014
Fonte do artigo: UFERSA

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Dissertação: Do contexto escolar ao ciberespaço: a prática de produção textual do gênero notícia via Twitter

Dissertação: Do contexto escolar ao ciberespaço: a prática de produção textual do gênero notícia via Twitter
Autor(a): Francisca Francione Vieira de Brito
Curso: PPGL - Mestrado Acadêmico em Letras
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Publicação: 2014
Fonte do artigo: Repositório UERN

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dispositivo para ensinar música a surdos é premiado na Campus Party Natal

Matéria copiada integralmente do site do IFRN Campus Apodi 

Utilizado nas dependências do Campus Apodi do IFRN, um dispositivo busca auxiliar na aprendizagem musical para deficientes auditivos. O Magmusic, que utiliza sinais luminosos para dar orientações rítmicas, é invenção do professor de música Magnaldo Araújo, servidor do Instituto, junto a Liebson Henrique, que possui formação técnica na área de Mecatrônica e é aluno do curso de engenharia da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), desenvolveram o aparelho que indica aos usuários surdos como devem proceder ao executar determinadas células rítmicas presentes em músicas e exercícios musicais.

Segundo o professor, boa parte da aprendizagem musical está centrada na decodificação e organização dos sons, com o objetivo de criar um sentido musical, mas isso não impede surdos de aprenderem música: “A despeito de o aparelho auditivo humano ser o principal responsável por captar todas as frequências sonoras audíveis, por não possuir capacidade auditiva de captar os sons, a pessoa surda utiliza como principal meio de comunicação e percepção o sentido da visão”. 

Campus Future
Premiado com o primeiro lugar na categoria Campus Future da Campus Party, a invenção será parte de um Projeto de Extensão do Campus Apodi. Intitulado “Música, Tecnologias Digitais e Inovação: diálogos e possibilidades na formação musical”, a iniciativa está com inscrições abertas para receber alunos surdos. A ideia é aplicar, na prática, o Magmusic que, inclusive, tem o passo-a-passo de como os interessados podem criar o aparelho disponibilizado na internet. “Qualquer pessoa pode acessar os dados e construir o aparelho. Além disso, podemos realizar oficinas de criação do MagMusic”, disse o idealizador do dispositivo.

Como funciona o Magmusic
Buscando a implementação de soluções que ajudem e fortaleçam a participação de pessoas com diferentes deficiências nos espaços sociais, a saída é o investimento em soluções tecnológicas que possam mediar as relações promovendo a inclusão e acesso à educação de qualidade. Esse é o intuito do MagMusic, aparelho de iniciação rítmica musical voltado para surdos.

O aparelho emite sinais luminosos que simulam pulsações rítmicas ajustadas por Batidas por Minuto (BPM), onde cada lâmpada do aparelho tem uma função acionada pelo microcontrolador de acordo com a configuração inserida pelo usuário. Esta invenção tem sido desenvolvida para operação na área de Arte para ajudar pessoas com deficiência auditiva a aprender música, nossa ambição é desenvolver o produto também como aplicativo para celular, podendo atingir um maior número de pessoas.

Acesse:

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Tese: Nas veredas por reconhecimento social: o papel da educação na desconstrução da inferioridade dos sujeitos do campo.

Tese: Nas veredas por reconhecimento social: o papel da educação na desconstrução da inferioridade dos sujeitos do campo.
Autora: Simone Cabral Marinho dos Santos
Curso: Pós Graduação em Ciências Sociais
Universidade: Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Publicação: 2012

Clique para ver ou baixar

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Convite Defesa de dissertação de metrado em Letras de Mônica Freitas


Convido os amigos/ amigas que se interessam pelo resgate histórico e cultural feito por Lucia Maria Tavares, através da organização do Centro Histórico Tapuias Paiacus e da fundação do Museu Luiza Cantofa, a assistirem a defesa da minha dissertação. Nela, é feito o registro escrito da história dos índios que habitavam às margens da Lagoa Itaú, hoje Lagoa do Apodi, por volta do século XVII, quando aqui chegaram os colonizadores a fim de explorar as nossas terras de melhor qualidade. Faz-se também, uma análise da argumentação construída por Lúcia quando relata o Massacre de 70 índios no pé da Serra de Portalegre e dos relatos do mesmo fato, produzido por alunos da E.E. Alvani de Freitas Dias. 
Um momento de integração entre a pesquisa e trabalho de Lucia Tavares e o Ensino de Português em uma abordagem interdisciplinar.

Mônica Freitas

Nota do blog: Daqui a alguns dias tem dissertação no nosso blog. Boa sorte professora, na apresentação!