Pesquisar neste blog

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Dissertação de Kelyson Freitas: Viabilidade da Produção de Biodiesel usando Óleo da Jatropha Mollissima (Pinhão Bravo) via Catálise Homogênea e Heterogênea

Dissertação: Viabilidade da Produção de Biodiesel usando Óleo da Jatropha Mollissima (Pinhão Bravo) via Catálise Homogênea e Heterogênea 
Autor(a): Kelyson Caio de Freitas Targino 
Programa: Pós-Graduação em Ciências Naturais 
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UERN 


Resumo: 
O grande aumento populacional tem acarretado uma elevação no consumo de energia, maior parte sendo produzida a partir de combustíveis fósseis, na qual tem contribuído para poluição atmosférica. Com isso, nos últimos anos, o desenvolvimento de pesquisas visando à utilização de combustíveis renováveis tem se intensificado, destacando-se o biodiesel, que pode ser obtido a partir do óleo extraído de diversas oleaginosas, através da reação com triglicerídeos pelo processo de transesterificação e esterificação. Neste trabalho foram feitas a coleta do material botânico, bem como a obtenção do óleo pelo método Soxhlet que apresentou cerca de 29% de óleo, muito próximo no que consta na literatura. A síntese do biodiesel foi submetida via catálise homogênea alcalina e heterogênea, utilizando os catalisadores sintetizados do tipo (KIT-6 puro, e funcionalizados com lantânio, LaKIT-625, LaKIT-650), a síntese desses materiais ocorre de forma hidrotérmica em meio ácido, utilizando o P123 (Copolímero tribloco) como direcionador de estrutura e o TEOS (Tetraetilortosilicato) como fonte de sílica. Os resultados indicam que é possível obter óleo com boa qualidade físico-química dentro dos parâmetros da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para ser transesterificado e esterificado. O rendimento da transesterificação obteve 80% de conversão em ésteres determinado por TG (Termogravimetria) e DTG (Derivada da termogravimetria), na esterificação, o catalisador KIT-6puro não apresentou atividade catalítica na relação óleo a biodiesel, uma vez que a sílica é um material inerte e não tem essa propriedade, já encontra partida o catalizador LaKIT-650 obteve a melhor conversão de óleo a biodiesel que formou cerca de 45% de biodiesel em relação aos outros catalisadores sintetizados.As espectroscopias de FTIR, RMN de H e C e o CGMS confirmaram que os principais compostos presentes no biodiesel são os ésteres derivados dos ácidos graxos insaturados (oleico e linoleico). Estes resultados indicam que a JATROPHA MOLLISSIMA pode ser uma boa opção para produção de biodiesel.


Nenhum comentário: