Pesquisar neste blog

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Dissertação de Elissandra Freire: Respostas Ecológicas de Plagioscion Squamosissimus (heckel, 1840) (pisces, sciaenidae) a uma seca supra sazonal como distúrbio em um reservatório do semiárido brasileiro

Dissertação: Respostas Ecológicas de Plagioscion Squamosissimus (heckel, 1840) (pisces, sciaenidae) a uma seca supra sazonal como distúrbio em um reservatório do semiárido brasileiro 
Autor(a): Antonia Elissandra Freire de Souza 
Programa: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação 
Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Arido 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: UFERSA 


Resumo: 
O objetivo desse estudo foi avaliar as respostas ecológicas de Plagioscion squamosissimus frente uma seca supra sazonal como distúrbio ecológico. Os peixes foram capturados no reservatório de Santa Cruz, bacia do rio Apodi/Mossoró, utilizando redes de espera com malhas de diversos tamanho no período de fevereiro de 2010 a novembro de 2014. Foi avaliada a abundância através da Captura Por Unidade de Esforço em biomassa (CPUEb) e número (CPUEn), e por meio de uma ANOVA one-way e teste de Tukey avaliou-se sua variação temporal. Calculou-se os coeficientes de correlação de Pearson entre a abundância e a chuva acumulada e volume do reservatório. Para o estudo dos conteúdos estomacais foram utilizados os métodos de frequência de ocorrência e volumétrica e o índice alimentar (IAi). Para avaliar a variação do nicho e especialização individual foi utilizado o índice de similaridade proporcional (PSi), presentes no pacote RInSp do software estatístico R. a condição corporal dos indivíduos foi inferida por meio do fator de condição alométrico a partir dos parâmetros da relação peso-comprimento determinada pela equação: Wt = a Lpb . Para avaliar as diferenças no fator de condição foi realizada uma ANOVA two-way seguida por um teste de Tukey. Registrou-se uma redução na abundância à medida que o nível do reservatório foi diminuindo, sendo esta correlacionada positivamente com volume do reservatório, mas não com chuva acumulada. A dieta de Plagioscion squamosissimus foi composta por camarão, gastrópode, material vegetal, peixe, insetos e larva de camarão. Dentre as categorias de itens, o camarão apresentou a maior contribuição em termos de frequência de ocorrência. Em 2010, 2013 e 2014 foi registrado uma maior frequência GR 0 (42,79%; 37,77%; 38,97%). O índice de similaridade proporcional (PSi) mostrou elevada similaridade entre a dieta dos indivíduos e da população, e especialização individual em novembro de 2014. As maiores médias do fator de condição foi obtida em 2012 e entre os meses maio, sendo encontrada diferenças significativas tanto entre os anos, como entre os meses. A seca supra sazonal afetou negativamente a espécie através da diminuição da área de habitat levando a redução de sua abundância. Acredita-se que a redução do volume provoca maiores taxas de encontro do predador com a presa e isso leva a uma tendência de especialização individual. Os resultados dão suporte a visão de que as secas causam alterações nos organismos. 



Nenhum comentário: