Pesquisar neste blog

domingo, 30 de outubro de 2011

Curiosidade sobre o censo 2010 em Apodi

De acordo com o resultado final do Censo 2010 feito pelo IBGE, o município de Apodi só obteve um aumento de 603 habitantes em dez anos.
Vejam os resultados:
Censo 2000 - 34.174 habitantes
Censo 2010 - 34.777 habitantes

Outra curiosidade está na população da Zona Rural que antes dominava com mais de 50 % com tanta gente morando nos sítios e fazendas de nosso município mas agora ficou ultrapassada pela população da Zona Urbana. Será que foi por falta de segurança publica? pois pelo êxodo rural "propriamente dito" não foi.
Vejam os resultados:
Censo 2010 - Zona Rural - 17.232 que equivale a 49,96%
Censo 2010 - Zona Urbana - 17.545 que equivale a 50,04%

Mais uma curiosidade é que sempre diziam que em Apodi existiam duas mulheres para um homem e esse resultado modificou no ultimo Censo e ficou quase uma mulher para um homem, mas elas ainda continuam dominando.
Vejam os resultados:
Censo 2010 - 17.376 Homens
Censo 2010 - 17.401 Mulheres

Ficou outra curiosidade com relação ao numero de habitantes por domicilio que chega a ser quase três habitantes para cada residência.
Vejam os resultados:
Censo 2010 - 34.777 habitantes
Censo 2010 - 11.962 domicílios

A ultima curiosidade é que a população do município de Severiano Melo que caiu pela metade deveria ter ficando para Apodi pois vários sítios que pertenciam aquele município agora são de domínio de Apodi
Vejam os resultados:
Censo de 2000 - 10.579 habitantes
Censo de 2010 - 5.752 habitantes 

Copiado do KeroAgua

sábado, 29 de outubro de 2011

Elielma Sousa

ELIELMA DE SOUSA PEREIRA, nasceu no dia 25 de Abril de 1986, natural de Apodi- RN é filha do casal Ivo de Oliveira Pereira e Elita Pinheiro de Sousa Pereira. 

Viveu sua infância e adolescência na comunidade de Soledade. Aos 16 anos seus pais se mudam para o assentamento Vila Nova, do qual foi presidente de 2006 a 2008, sendo considerada a primeira mulher jovem a presidir uma associação de assentamento no município de Apodi. Nesse período teve seu primeiro contato como monitora do projeto de educação de jovens e adultos PRONERA/UERN e depois com o projeto Paulo Freire através do PDHC. 

Sócia e auxiliar técnica da Cooperativa da Agricultura Familiar de Apodi – COOAFAP no período de 2006 a 2009. 

Integrou o Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável, sendo atualmente Membro efetiva dos Conselhos CMAS, COMDCA e Conselho Fiscal da COOAFAP. Fomentou e incentivou a criação do Fórum Municipal de juventude – FMJ. 

Licenciada em filosofia pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – 2010 e coordena há 02 anos o projeto de educação do Conselho de Desenvolvimento PDA Santa Cruz, onde desenvolve atividades de arte-educação para crianças, adolescentes e jovens. 

Comunicação /publicação: 
· PEREIRA, Elielma de Sousa. A humanização progressiva dos homens em Hebert Marcuse. Comunicação apresentada na VIII Semana de Filosofia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. 2008. 

· PEREIRA, Elielma de Sousa. Escola de formação política e profissional para a juventude do campo: um relato de experiência no município de Apodi/RN. Disponível em WWW.cchla.ufrn.br/ceso. 2009. 

· PEREIRA, Elielma de Sousa. Ciência é sensação? A implicação na indistinção entre o sábio e o vulgo no diálogo Teeteto de Platão. Artigo apresentado no II colóquio de filosofia antiga na Paraíba em agosto de 2009. 

· PEREIRA, Elielma de Sousa. Uma escola que faz a diferença. Do livro: Extensão Universitaria, Juventude e Formação: experiência e prática em espaços não-escolares. Vinícius Claudino de Sá, Simone Cabral Marinho (org.). Edições UERN, 2010. 


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

60.000 acessos do TudodeApodi - muito obrigado(a)


Desde 02 de outubro de 2010 o blog TUDODEAPODI.COM vem trabalhando na perspectiva de registrar a história e a cultura do povo de Apodi. São muitos os desafios, mas queremos aqui AGRADECER pelos mais de 60.000 acessos em pouco mais de um ano. Pode parecer pouco, mas para nós da equipe do blog, estamos muito felizes. Nosso blog não tem propaganda, não ganha dinheiro e não trata de temas polêmicos com juízo de valor, mas com a pretensão de apenas registrar os fatos. 

Para não correr o risco de esquecer alguém agradecemos a todos: leitores, divulgadores, apoiadores, cooperadores, colaboradores, blogueirosdeapodi, enfim, a todos que de maneira direta ou não, contribuíram para o sucesso deste blog. Sintam-se felicitados também. 

A idéia do blog surgiu da deficiência de se obter dados sobre nosso município. Válter Guerra nossa fonte de informações ambulante desde 2003 quando faleceu, deixou um vazio na alma dos pesquisadores da terra Poty, estudantes de níveis fundamentais, médios e universitários sem ter a quem recorrer para conhecer melhor nosso município. Como homenagem a tudo que “Seu Válter” fez por Apodi, temos a certeza da nossa obrigação de continuar os registros. Cabe aqui reforçar que o blog pertence a todos os apodienses, o que fica evidenciado que cada um pode deixar suas críticas, sugestões, etc. 

Assim, queremos aqui convocar novamente aqui os historiadores, geógrafos, cientistas sociais, artistas, gestores públicos, empresários para enviarem material que acharem conveniente para registro no blog. É só mandar no email tudodeapodi@hotmail.com e nós postaremos com todo prazer. 

Achamos que os professores de maneira especial, podem ajudar muito na concretização dos objetivos deste blog. Em suas salas de aulas, solicitando a seus alunos que registrem as biografias das personalidades, de suas comunidades, entidades, etc. 

Mande sua biografia, a história de sua comunidade, de seu bairro, de sua empresa, seu grupo, sua escola, entre outros. Estamos a disposição para disponibilizá-la à rede, ampliando os horizontes de informações sobre Apodi. 

A missão continua. Muito resta a ser feito. Cada um pode ajudar à sua maneira, fique a vontade. Faça a sua parte. Estamos tentando fazer a nossa. 
Os estudantes (pesquisadores) agradecem! 
Obrigado(a). 
Equipe Tudo de Apodi.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Convênios liberados outubro 2011 para Apodi

Os dados dos convênios aqui relacionados foram extraídos do SIAFI, no dia 24/10/2011. caso deseje saber o total liberado, consulte o detalhamento do convênio no portal da transparência.

O convênio  do município de Apodi/RN, que recebeu seu último repasse no período de 18/10/2011 a 24/10/2011 está relacionado  abaixo:

--------------------------------------------------------------------------------
Número convênio: 666261
OBJETO: o objeto deste convenio e aquisicão de equipamentos e mobiliários para escolas de ensino fundamental, em atendimento a emenda parlamentar.
Orgão Superior: Ministério da Educacão
Convenente: Apodi Prefeitura
Valor total: R$ 119.991,50
data da última liberação: 19/10/2011
valor da última liberação: R$ 119.991,50

Desenvolvimento Rural e sustentabilidade no Território Sertão do Apodi (RN) - Emanoel Márcio Nunes

Artigo: Desenvolvimento Rural e Sustentabilidade no Território Sertão do Apodi (RN).
Artigo publicado sobre resultados do Projeto de pesquisa: Inovação, Diversidade e Sustentabilidade na Gestão de Territórios Rurais.
Autores: Emanoel Márcio Nunes, Márcia Regina Farias da Silva; Fátima de Lima Torres; Francisco Barbosa Sobrinho e Antonio Caubí Marcolino Torres
Evento: VI Sober Nordeste
Publicação: 2011
Fonte do artigo: Google Docs

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Homenagem ao Sítio Córrego - Deusinha

Começo homenageando
O sítio em que fui nascida
Realizei sonhos nele
Realizarei mais ainda
Esplêndido é o meu lugar
Grito e Canto ao Luar
Oh! minha Terra Querida

Aprecio a natureza
Principalmente a beleza, que
O nosso lugar Possui
Divino é meu Apodi
Impressionante é que temos poetas aqui

Responsáveis por seus atos
Nem todos poetas natos, mas são frutos do Apodi

Deusinha Poetisa Popular do Córrego, para a 
Cartilha da História da Comunidade de Córrego, de Caubí Torres
  30/04/1998.  

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Poder Judiciário - Comarca de Apodi

A Comarca de Apodi foi instalada no dia 11 de setembro de 1876, pelo Juiz de Direito Dr. Lodolfo Herculano Marinho Falcão, tendo como Juiz Municipal de Órfãos o Dr. Adelino Pinto e como Promotor Público o Dr. Francisco Otaviano Nóbrega. Foi nomeado escrivão, o senhor Joaquim José Carlos de Noronha. Pelo Decreto nº 154 de 24 / 10 / 1931, do Interventor do Estado, a sede da Comarca foi transferida para Caraúbas. A Comarca foi restaurada pelo artigo 5º das disposições transitórias constitucionais da Assembléia Legislativa do Estado, em 31 / 11 / 1947. Foi elevada a 2ª entrância pela lei nº 2.382, de 15 / 05 / 1959. Passa em seguida a ser rebaixada para 1ª entrância pela lei nº 3.050 de 10 / 12 / 1963. Transcrevemos a seguir, o decreto imperial que declarou de primeira entrância a Comarca de Apodi:

“Decreto nº 6.176, de 26 de abril de 1876. Declara de primeira entrância a Comarca de Apodi na Província do Rio Grande do Norte. A Princesa Regente, em nome de sua majestade D. Pedro II, há por bem decretar: Artigo Único - É declarada de 1ª entrância a Comarca de Apodi, criada na Província do Rio Grande do Norte, pela lei da respectiva Assembléia, nº 765, de 15 de setembro do ano passado. Diogo Velho Cavalcante de Albuquerque do Conselho do mesmo Augusto Senhor, Ministro e Secretário dos Negócios da Justiça, assim o tenha entendido e faço executar. Palácio do Rio de Janeiro, em 26 de abril de 1876. Princesa Imperial Regente. Diogo Velho Cavalcante de Albuquerque”

Finalmente, a lei nº 4.931, da Assembléia Legislativa, de 28 de janeiro de 1980, elevou a Comarca de Apodi para segunda entrância. Foi publicada no Diário Oficial de 02 de abril de l980.

A Comarca de Apodi compreende os municípios de Apodi, Felipe Guerra, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo. Na sede da Comarca funcionam os 1º e 2º cartórios. Nas demais, um cartório só. 

LEI DE DIVISÃO E ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RN - LEI COMPLEMENTAR Nº 165/99, DE 28 DE ABRIL DE 1999, SANCIONADA E PROMULGADA EM 29/04/99 E 15/07/99, RESPECTIVAMENTE:

A lei em referência no seu artigo 31, inciso IV, deu nova composição à Câmara de Apodi criando:
a) Um Juíz de Direito na Vara Cível;
b) Um Juíz de Direito na Vara Criminal. 
Foram criadas mais 03 vagas para o oficial de Justiça na Comarca. 
Em seu Art. 226, inciso I, foi criado um cargo de Juiz de Direito para Comarca de Apodi.
O cargo de Juíz de Direito da Vara Criminal foi preenchida no dia 21/ 12/99, com a posse do Dr. Ivanaldo, Juíz de Direito, removido pelo critério de promoção da Comarca de Almino Afonso para Apodi.

Fonte: Apodi, sua História. Válter Guerra. 

Tem informações atualizadas sobre nossa comarca: Mande pra nós: tudodeapodi@hotmail.com


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Poder Legislativo - Câmara Municipal de Apodi

História das câmaras municipais

No Brasil, a câmara municipal, câmara de vereadores, ou câmara legislativa é o órgão legislativo da administração dos municípios, configurando-se como a assembleia de representantes dos cidadãos ali residentes.
As câmaras municipais do Brasil, têm origem nas tradicionais câmaras municipais portuguesas, existentes desde a Idade Média. A história das câmaras municipais no Brasil começa em 1532, quando São Vicente é elevada à categoria de vila. De fato, durante todo o período do Brasil Colônia, possuíam câmaras municipais somente as localidades que tinham o estatuto de vila, condição atribuída pelo Reino de Portugal mediante ato régio. Nesta época, as câmaras municipais exerciam um número bem maior de funções do que atualmente. Eram as responsáveis pela coleta de impostos, regular o exercício de profissões e ofícios, regular o comércio, cuidar da preservação do patrimônio público, criar e gerenciar prisões, ou seja, uma ampla gama nos três campos da administração pública: executivo, legislativo e judiciário.

Com a Independência do Brasil, a autonomia de que gozavam as câmaras municipais é drasticamente diminuída. O império centraliza a administração pública através da Constituição de 1824. A duração da legislatura é fixada em quatro anos e o vereador mais votado assumia a presidência da câmara, visto que até então não havia a figura do "prefeito", a não ser pela presente do alcaide (equivalente a prefeito, com poderes menores).

Com a Proclamação da República, as câmaras municipais são dissolvidas e os governos estaduais nomeavam os membros do "conselho de intendência". Em 1905, cria-se a figura do "intendente" que permanecerá até 1930 com o início da Era Vargas. Com a Revolução de 1930 criam-se as prefeituras, às quais serão atribuídas as funções executivas dos municípios. Assim, as câmaras municipais passaram a ter especificamente o papel de casa legislativa.

Durante o Estado Novo, entre 1937 e 1945, as câmaras municipais são fechadas e o poder legislativos dos municípios é extinto. Com a restauração da democracia em 1945, as câmaras municipais são reabertas e começam a tomar a forma que hoje possuem.
A primeira Câmara Municipal de Apodi foi instalada no dia 09 de outubro de 1833, sob a presidência do Alferes Reinaldo Galdêncio de Oliveira, vice-presidente da Câmara Municipal de Portalegre a quem Apodi era subordinado. 
Foram empossados os seguintes vereadores eleitos:
· João Nogueira de Lucena Silveira,
· Padre Francisco Longino Guilherme de Melo,
· Antônio Francisco de Oliveira,
· Capitão Lourenço Alves de Oliveira,
· Joaquim da Cunha Cavalcante e
· João Freire da Silveira.

Dados da Câmara
Câmara Municipal de Apodi
Rua Ademar Leão da Silveira, 190, Bairro Betel
Apodi (RN) - Cep: 59700-000
Fone/fax: (084)3333-2138



domingo, 23 de outubro de 2011

Monografia O Turismo cultural no Lajedo de Soledade - Cíntia Medeiros

Monografia de Cíntia Medeiros de Oliveira.
Tema: O lazer e as alternativas de geração de renda: o turismo cultural no Lajedo de Soledade, Apodi / RN. 
Ano: 2004.
Obtenção de Bacharelado em Antropologia e Sociologia no Curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN


Quer enviar a sua monografia no site tudodeapodi? Envie para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos com todo prazer.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Roubo de celular - o que fazer para diminuir

Dica muito importante para diminuir o número de roubos de celulares. Isso pode ajudar. 
Agora, com esta história do 'Chip', o interesse dos ladrões por aparelhos celulares aumentou. É só ele comprar um novo chip por um preço médio de R$20,00 em uma operadora e o instalar no aparelho roubado. Com isso, está generalizado o roubo de aparelhos celulares.

Segue então uma informação útil que os comerciantes de celulares não divulgam.Uma espécie de vingança para quando roubarem celulares.
Para obter o número de série do seu telefone celular (GSM), digitem *#06#
Aparecerá no visor um código de algarismos.Este código é único!!! ...Escrevam-no e conservem-no com cuidado!!!

Se roubarem seu celular, telefonem para sua operadora e informem este código.O seu telefone poderá então ser completamente bloqueado, mesmo que o ladrão mude o 'Chip'. Provavelmente não recuperarão o aparelho, mas quem quer que o tenha roubado não poderá mais utilizá-lo.
Se todos tomarem esta precaução, imagine, o roubo de celulares se tornará inútil.

Enviem isto a todos e anotem o seu número de série!!!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Conferência Territorial da Juventude Sertão do Apodi - convite

* POR CALEBE LAMONIER DO APODI ATUALIZADO


Nesta quarta-feira, dia 19, acontecerá em Apodi a Conferência Territorial de Juventude no Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

A conferência tem como tema: Juventude, Desenvolvimento e Efetivação dos Direitos, ela abrangerá 17 municípios que correspondem ao “Sertão do Apodi” e segundo os seus organizadores espera-se contar com cerca de 250 participantes.

Para locomoção dos jovens até o Instituto a organização disponibilizará ainda um ônibus que partirá da Igreja Matriz com direção ao local do evento às 7:00 horas.

Por Jerlândio Moreira

A entrevista sobre o lixo - Deusinha

Eu tinha conhecimento
Do que era poluição
Mas não fazia uma ação
Pra o meio ambiente ajudar
Era pra eu preservar
Até então nada fazia
Vendo a natureza chorando
E sofrendo de agonia .

Minha gente eu percebia
Que algo ainda faltava
As vezes me questionava
Nem tudo eu fazia correto
Meu lixo não estava certo
Um problema a se repetir
Sabia que estava errada
E não tomava iniciativa pra agir.

Eu sempre a me omitir
Deixando o problema crescer
Continuava a fazer
Pouco pelo meio ambiente
Mas Deus mandou de repente
Um anjo pra me acordar
Abrindo a minha mente
E meus olhos pra enxergar.

Mandou uma mulher pesquisar
Na minha comunidade
Era de outra cidade
Pediu licença pra me interrogar
Eu mandei ela entrar
Com educação se apresentou
Desse pra que órgão trabalhava
E eu a recebi com amor .

Primeiro ela me perguntou
Se eu tinha conhecimento
Sobre a preservação do meio ambiente
E o que o lixo causava as pessoas
Eu dei uma resposta boa
Sem mentira descarada
Fui respondendo a verdade
E me sentido angustiada .

Olhou minha casa arrumada
Perguntou você faz o que?
Com seu lixo, pode me dizer?
Eu respondi: jogo fora
Ela perguntou e a senhora
Sabe quem são os responsáveis pela poluição?
Respondi: a humanidade
Ou seja toda nação.

Ela disse: aqui na sua região
Tem um senhor que compra pra fazer reciclagem
O que faz das suas embalagens?
Eu disse: misturo com o lixo e boto num saco
E deixo lá num buraco
Que ao céu aberto está
mas eu tenho consciência
que eu devia reciclar.

A moça continuou a falar
Perguntou a minha idade
Respondi com sinceridade
Tenho 43 anos exato
São quantas pessoas de fato?
Nesta residência aqui?
Eu disse: são 4 pessoas
Eu, e aquelas 3 alí.

Antes dela sair
Perguntou qual seu grau de instrução?
Me envergonhei na ocasião
Pois eu não fazia nada
Mesmo sendo informada
Nem uma palha eu movia
A favor da natureza
Que a minha ajuda pedia.

Ainda tirou minha fotografia
No final da entrevista
Não me senti uma artista
Me senti lixo na hora
Quando a mulher foi embora
Fiquei triste sem alegria
Então resolvi mudar
A partir daquele dia.

Comecei a fazer poesias
A favor do meio ambiente
Veio inspiração prá mente
E bondade pro coração
E naquela ocasião
Percebi toda beleza
E que a nossa sobrevivência
Vem da linda natureza .

Fui trabalhar com firmeza
O lixo já fui separando
A água economizando
A luz só de noite ligada
Ficarei gratificada
Se você fizer sua parte
Já estou fazendo a minha
Agindo e através da arte.

Deusinha: Poetisa popular de Córrego, Apodi - RN
2008.

domingo, 16 de outubro de 2011

Postagens

sábado, 15 de outubro de 2011

Homenagem ao professor - Deusinha

Professor, o realizador dos nossos sonhos
A luz que ilumina nosso caminho
O mestre que ensina tudo a gente
Merecedor de muito amor e carinho.

É o representante da classe
É quem nos repassa a lição
Mesmo mal remunerado
Ensina de coração.

Precisamos reconhecer
O trabalho do professor
Ele é o caminho do topo
Sem ele não sei pra onde vou.

É o mediador do conhecimento
Tem o cofre do saber
É nossa vitória futura
É quem nos ajuda a vencer.

É gratificante fazer
Versos para o professor
Tudo que aprendi na vida
Foi ele quem me ensinou.

Deusinha poetisa popular Córrego, Apodi RN. 
15 de outubro de 2011

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Gerson Oliveira - professor


FRANCISCO GERSON GOMES DE OLIVEIRA começou seus estudos aos sete anos, em 1996 ainda quando morava no Sítio Baixa Fechada I, no Vale do Apodi - RN, numa escola de ensino infantil que há na comunidade em que vivia cujo nome é “Escola Isolada Baixa Fechada”. Filho de agricultores, aos 11 anos de idade em 2000 começou a estudar o ensino fundamental na Escola Municipal Professora Lourdes Mota, na sede do município. Ainda morando no sitio, aos 15 anos, no ano de 2004 teve que mudar de colégio para cursar o Ensino Médio. Foi junto com mais dois colegas estudar em um dos colégios mais tradicionais de Apodi, a “Escola Estadual Professor Antônio Dantas”. 

A grande mudança veio mesmo aos 18 anos em 2007 quando passou no vestibular e logo no primeiro semestre foi cursar Letras Língua Inglesa e suas respectivas literaturas na UERN no Campus central, pois teve que mudar para a casa de seus avós em Apodi e fazer diariamente de ônibus ida e volta Apodi-Mossoró-Apodi todas as noites, com exceção dos sábados e domingos, pois nesses dias ia para a casa de seus pais no sitio matar a saudade e descansar um pouco. Durante todo o curso sempre procurou se dedicar ao máximo. Nunca deu muita importância às notas. Para ele o que importava era o aprendizado. Conseguiu concluir seu curso em 2010. 

Quando estava no Ensino Fundamental não gostava muito de inglês. Durante o Ensino Médio foi aluno da professora de inglês Francilene Lopes, que lhe mostrou que aprender inglês não precisava ser uma coisa chata e enfadonha, poderia ser divertido. Passeou a gostar de inglês a partir desse momento a ponto de começar a sonhar em fazer um curso de inglês, mal podia imaginar que um dia poderia ser professor desse idioma. 

No inicio da sua graduação, cursava apenas com o objetivo de ter um curso superior no final de um período de quatro anos, logo depois de três semestres incentivado por um de seus colegas, no ano de 2009 fez uma seleção para professor estagiário na rede estadual de ensino (bolsista) e passou em 2º lugar, e dai em diante assumiu uma carga horaria em duas escolas distintas uma de Ensino Fundamental e outra de Ensino Médio. Respectivamente as escolas “Escola Estadual Ferreira Pinto” e “Escola Estadual Professora Maria Zenilda Gama Torres”. 

Os primeiros dias de aula foram difíceis. Ele nunca tinha ministrado aulas antes e os alunos não gostavam de inglês. Então ele foi mostrando para os alunos que aprender outro idioma era possível, que as aulas de inglês podiam ser divertidas, dai em diante começou a se sentir tão bem, tão seguro nas suas aulas, que acabou conseguindo com que seus alunos não o vissem apenas como professor, mas como um amigo também. Foi ai que ele sentiu que tinha feito a escolha certa da profissão, da qual muito se orgulhava, apesar de muitas vezes ser tão desvalorizada e descriminada. Em Novembro de 2010 recebeu uma proposta de trabalho de ONG chamada “PDA Santa Cruz” que desenvolve entre outros trabalhos atividades de incentivo a leitura e proteção à criança como monitor. Atualmente sua vida profissional está dividida entre o trabalho na ONG e ser professor do CNSC. Gosta do meu trabalho na ONG, pois trabalha com crianças, mas ser Professor Continua sendo sua Paixão, nenhuma outra profissão lhe proporciona a satisfação que esta me proporciona. 

Seus planos para o futuro são continuar aperfeiçoando sua formação através de especialização, mestrado, doutorado, pós-doutorado e etc... Continuar fazendo seu trabalho sempre me esforçando ao máximo e um dia quem sabe ter a chance de lecionar na academia... E poder fazer um intercâmbio assim que surgir uma oportunidade. Sua vida em sala de aula e como a de qualquer professor, cheia de desafios, de alegrias, superação, tristezas, momentos tensos e difíceis, momentos únicos e belos tem passado por tudo isso durante sua breve atuação. 

Segundo Gerson: “os maiores desafios para ser professor de inglês são: primeiramente, a falta de interesse por parte da maioria dos alunos que dizem que não é capaz de aprender outra língua. Em segundo lugar a escassez de oportunidades para o exercício da profissão, e por ultimo e não menos importante, a falta de infraestrutura para que o professor possa realizar suas atividades de forma plena. Nem todas as escolas dispõem de materiais mínimos necessários para oferecer um apoio, ao professor na hora da aula. Por exemplo, certa vez, planejei uma aula de listening e só depois tive conhecimento que o único aparelho de som cuja escola disponha na época estava “queimado”. Para minha sorte, eu sempre tinha a mania de passar o áudio das lições para o meu celular para ouvi-los em casa antes de ir ao colégio. Entre os acessórios de meu celular, havia um muito peculiar, uma “mini caixa de som” que nesse dia veio bem a calhar, pois utilizei os dois para poder realizar a aula que havia planejado. Porém a direção da escola tomou minha atitude como um protesto e rapidamente providenciou o concerto do som, principalmente por todos os alunos estavam comentando muito, alguns positivamente, outros negativamente”. 

Entrevista com o Professor Gerson Oliveira

Em relação ao Ensino de Inglês para fins específicos (inglês instrumental), como vestibulares e testes, você sente dificuldade em encontrar material na área? 
Não. Por que hoje temos vários meios de conseguir materiais desde os mais tradicionais como livros e apostilas, mas também há muitos sites na internet que oferecem ótimas opções de materiais, porem cabe a nós professores seleciona-los de acordo com os objetivos as da aula. Por exemplo, você pode pegar um texto de um jornal, uma noticia que tenha tido grande repercussão e trabalha-la durante a aula explorando o seu entendimento e também tópicos gramaticais. Podemos também encontrar várias sugestões e dicas muito importantes além de podermos ter a oportunidade de trocar experiências com outros profissionais. 

Qual a importância de aprender uma língua estrangeira hoje em dia? 
Primeiramente, o fato de aprender outro idioma ampliando suas possibilidades de comunicação, sem falar que você também amplia seus horizontes sua capacidade critica e de raciocino. E finalmente você pode ser mais valorizado profissionalmente visto que o mercado de trabalho exige profissionais cada vez mais capacitados. 

Você desenvolve algum tipo de trabalho envolvendo a participação de professores de outras disciplinas? 
Ainda não. Mas pretendo desenvolver algum trabalho que conte com a participação de outros profissionais das diferentes áreas do ensino. Sempre recorro a meus colegas quando, por exemplo, necessito falar de algum acontecimento histórico, procuro um professor de história para me tirar algumas dúvidas sobre o período e outros fatos relevantes, da mesma forma eles me procuram também quando se deparam com algum termo em inglês, ou coisas do tipo. Queria que essa integração fosse maior, tenho esperança de algum dia desenvolver um projeto tendo como base essas situações. 

Conte alguma situação inusitada vivida em sala de aula. 
No primeiro dia de aula no Ensino Médio, eu cheguei à sala para ministrar as aulas de inglês e todo mundo pensou que eu fosse um aluno também, por que na época eu tinha apenas 20 anos de idade e algumas espinhas remanescentes da adolescência. Eu entrei na sala, cumprimentei a todos e quando eu me apresentei eles começaram a rir e dizer “deixe de brincadeira! Agente sabe que a escola ainda não conseguiu um professor de inglês, sente ai que as duas primeiras hoje são vagas”... Eu então respondi “se não tiverem acreditando podem perguntar a diretora ela poderá confirmar para vocês” nisso quatro alunas levantaram e foram perguntar ai então a diretora voltou com eles e me apresentou para toda a turma, falou um pouco de mim e eles ficaram admirados por alguém, praticamente da mesma idade deles, está afrente de uma sala de aula. Ai depois foi um momento muito bom. 

Muito obrigado pela participação. Qual mensagem você deixaria para as pessoas que estudam ou ensinam a língua inglesa? 
“Não desistam nem desanimem frente aos obstáculos, pois eles sempre estarão em seu caminho independentemente de sua vontade, mas você pode escolher: não enfrenta-los e se arrepender depois de não ter tentado ou enfrenta-los e supera-los, mesmo que você não consiga na primeira tentativa, mas você terá certeza que deu o melhor de si e que vai tentar de novo.” 

Adaptada de matéria enviada  pelo professor Bruno Coriolano do www.portaldalinguainglesa.blogspot.com

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Comércio de Apodi

Veja a lista dos comércios de Apodi cadastrados no blog. Cadastre também seu comércio aqui gratuitamente. Mande matéria e fotos para tudodeapodi@hotmail.com e nós postaremos em seguida.



Luis Duarte – cantor e compositor

Luis Duarte - Tudo de Apodi

Luis Duarte de Carvalho, mais conhecido como Luis de Liliu, filho de Raimundo Duarte de Carvalho e Antonia Moreira Duarte, nasceu em Apodi, Rio Grande do Norte no dia 31 de março de 1966 

Desde pequeno brincava com um berimbau (instrumento musical que consiste num pedaço de madeira com as extremidades amarradas num pedaço de arame). Em sua juventude saía com os amigos para se divertir levando sempre seu violão de lado com o qual fazia serenatas.

Casou com Cleonice Maria de Paiva Duarte com quem teve os filhos Wanderléia e Wanderlan.

Compôs cerca de 40 músicas no estilo romântico e nordestino. Participou de Concursos de A Mais Bela Voz e ganhou o 2º lugar no Sítio Córrego e em Apodi / RN.

Seu sonho era gravar um CD. Chegou a gravar várias fitas K-7 com algumas de suas músicas. Mas não conseguiu realizar o sonho. Faleceu no dia 15 de junho de 1998, aos 32 anos de idade.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Sites de Apodi




Minha infância e adolescência - Deusinha

Vou falar da minha infância
Pra você me conhecer
Tenho esse jeito de ser
Desde quando era pequenininha
Menina muito espertinha
Jogava pedra e pulava academia
Ainda cantava pra Pedro Porfírio
Em sua casa cantoria.

Tínhamos o circo da alegria
Onde eu me vestia de palhaça
O povo achava graça
Com minha apresentação
Chamava muito atenção
O espetáculo era lá em Alderí
A empresária do circo
Era sua írmã Aurecí.

O público era só daqui
Eu deixava as tímidas roendo
Ficava com os ossos doendo
De tanto me rebolar
Sabia escalar e cantar
No bambolê rebolava demais
Pulava cordas de cócoras
E descolava pra trás.

De enfrentar o perigo era capaz
Pois de esqueite brinquei
Até patinar patinei
Com meus irmãos futebol jogava
De bicicleta eu andava
Achava a vida tão boa
Ainda tive o privilégio
De tomar banho na lagoa.

Andei de trem e de canoa
Só não andei de avião
Mais tomei banho de cacimbão
Pelas traves eu descia
Mergulhava e subia
Andava em um jumento do rabo cotó
E o chinelo era na mão
Quando eu ia pra o forró.

Nunca me considerei melhor
Na infância tinha várias amigas
Algumas mais inibidas
Outras como eu, danada
Juntávamos a meninada
Vestíamos de papangú
Saíamos batendo nas latas
Era aquele sangangú.

Lata velha de pitú
Panela entirnada caldeirão
Colher de pau e latão
Pandeiro concha e bacia
Era aquela pancadaria
Saíamos na estrada dançando
E ninguém sabia o que era
Que a gente estava tocando.

O povo nas portas olhando
Essa cambada passar
Dava até pra assustar
A poeira cobria a gente
Mas toda criança contente
Curtindo a sua inocência
No seu paraíso sem medo
Sem droga sem violência.

Amei a minha inocência
Só por cima eu contei
De muitas coisas participei
Era humilde e obediente
Mamãe ensinava a gente
A rezar e respeitar
Os mais velhos e dar a bênção
Antes de se deitar.

Ensinou-me a me virar
Dizendo o mundo é seu
Você sempre não tem eu
Aprenda a se defender
Dou confiança a você
Lembre-se que Deus é o maior
E fui com 14 anos
Estudar em Mossoró.

A pior coisa que eu achava
Era deixar minha írmã Aninha
Que era pequenininha
Sempre ficava chorando
Eu na porta do carro olhando
Fechava o vidro e soluçava
Eu dizia tchau Berira
E ela por Deusa chamava.

Lúcia de Bil que estudava
Na casa de sua vó
Junto comigo em Mossoró
Por a mesma coisa passava
Tinha Diane que ela adorava
irmã caçula querida
Quando viajava comigo chorava
Feito madalena perdida.

Na infância tive boa vida
Hoje sou feliz não minto
Na adolescência tive a amiga Laura Pinto
Também Neuma de Nenzinha
Geocádia de Darquinha
Silma de Sula também
Galega de João Galego
E Pretinha que eu quero bem.

Não posso esquecer ninguém
Dessa época especial
Carmem e Vaninha de natal
Eliane,  Waleska e Suzana,
Em Apodi: Toinha e Aparecida Gama
Miúda, Lígia e Socorrinha
Luzinete,  Pivete, Mura
Amanda Paiva e Mazinha.

Neném de Preto e Mocinha,
Lucineide de Sebastião Gabriel
Uma grande amiga fiel
Do Sítio Melancias,  Apodi
Do Córrego:  Lúcia, Toinha, Aurecí
Rita de Geraldo também vou citar
Augusta de Mossoró
E Dionízia de Sinhor do Bar.

Também quero registrar
Neide de Santa e Nerinha
E a amiga Nênêinha
Que gostava de rezar
Tenho um abraço pra mandar
Pra Cleide, Nenem e Lucinha
Para Neide de Ismar
Filho de Dona Chiquinha.

Finalizando estas linhas
Termino a história legal
Da adolescência especial
Que tudo nela deu certo
prá Francisco Ferreira Neto
Que comigo namorou
Recebe hoje com carinho
minha amizade meu alô.

Deusinha. Poetisa Popular de Córrego, Apodi - RN

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Jackson Emmanuel - 1º lugar na Olimpíada Potiguar de Física

Jackson Emmanuel, na premiação da Olimpíada Potiguar de Física

JACKSON EMMANUEL DE LUCENA SOUSA estudou na Escola Lourdes Mota e em 2008 foi o primeiro lugar na Olimpíada Potiguar de Física, inclusive foi destaque no Jornal Tribuna do Norte. Também recebeu um certificado de menção honrosa da OBMEP 2008.

Em 2009 foi aprovado para estudar no IFRN (Cefet na época)

Agora foi aprovado na EPCAR (Escola Preparatória de cadetes-do-Ar) de Barbacena (MG), obtendo o 12º lugar. O mesmo está em Recife fazendo os exames de saúde para o ingresso, necessita também de exames físicos. Agora são os exames que irão determinar a sua vaga na EPCAR.

A prova escrita para ingresso na escola é composta de questões de Matemática e Português. Mostra que Apodi tem muitos alunos de qualidade, as vezes, as oportunidades é que não são suficientes para mostrar o desenvolvimento desses alunos.

Busca na internet

domingo, 9 de outubro de 2011

Blog Plantão Apodi

Objetivo do blog
Manter a população informada de tudo que acontece no setor policial em Apodi e região, com prioridade máxima para as notícias da nossa cidade.

O blog Plantão Apodi está sempre atento para informar a população o mais rápido possível.

Data de criação: 28 de maio de 2011
Responsável: Ariel Leite de Oliveira.

E-mail: ariel132009@hotmail.com
Telefone de contato: 084-9107-6894

Clique aqui para acessar:
http://plantaoapodi.blogspot.com

Ver todas as notícias do blog:
http://plantaoapodi.blogspot.com/feeds/posts/default

sábado, 8 de outubro de 2011

Sítio Cipó - comunidade

O Sítio Cipó no município de Apodi - RN foi fundado em 1898 por Miguel Arcanjo de Araújo (1876 – 1962), primeiro proprietário das terras onde hoje se encontra situada aquela comunidade rural, com cerca de 50 famílias. Era casado com Rita Nicácia de Morais e teve os seguintes filhos: Pedro Miguel de Morais (22/02/1921 – 18/07/1995), José Agostinho de Morais (22/08/1922 – 01/08/1990); Olavo Morais (30/08/1934 – 04/03/1999) e Valdemiro Alexandre de Morais (25/12/1926). Estes foram os grandes responsáveis pelo crescimento habitacional e humano da comunidade, os quais através de seus filhos e netos formaram um povoamento.

Em 17 de janeiro de 1985 o prefeito Hélio Morais Marinho criou a Escola Municipal Miguel Arcanjo de Morais, que inicialmente instalada na residência do Senhor Aureliano Lidio Morais (16/06/1985), filho de Pedro Miguel Sobrinho e neto do fundador, que teve como primeira professora a senhora Maria das Chagas Rosário de Morais. Em 1986 o senhor Pedro Miguel de Morais fez a doação de um terreno para a prefeitura construir a sede da escola, a qual foi inaugurada em 23 de março de 1987. 
Pedro Miguel de Morais


Tem mais algum dado sobre o Sítio Cipó? Tem dados da atualidade? Mande pra gente: tudodeapodi@hotmail.com

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Site FlashFarra.com

O FlashFarra.com é um site de entretenimento para jovens de todas as idades, que buscam diversão. Hoje sua operação é localizada em Apodi /RN e Natal/RN. Em breve, novas franquias serão desenvolvidas em cidades vizinhas. O conteúdo é atualizado diariamente, e o site tem como diferenciais atendimento on-line pelo msn, interação do usuário através de comentários nas seções, fotos de eventos semanalmente publicadas no site, boletins via E-mail, além de ser gratuito para o usuário.

Contatos: (84) 9169-7232 / 99380678


Tem site e é apodiense? Mande sua história e a gente publica gratuitamente - tudodeapodi@hotmail.com

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Repasse de Convênios do Governo Federal para Apodi

Os convênios do município de APODI/RN que receberam seu último repasse no período de 27/09/2011 a 03/10/2011 estão relacionados abaixo:

--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 648919
Objeto: APOIO A POLITICA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO INFRA ESTRUTURA
Órgão Superior: MINISTERIO DAS CIDADES
Convenente: APODI PREFEITURA
Valor Total: R$493.100,00
Data da Última Liberação: 30/09/2011
Valor da Última Liberação: R$71.598,00
--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 594152
Objeto: DRENAGEM E PAVIMENTACAO DE DIVERSAS RUAS NO MUNICIPIO DE APODI
Órgão Superior: MINISTERIO DAS CIDADES
Convenente: APODI PREFEITURA
Valor Total: R$195.000,00
Data da Última Liberação: 30/09/2011
Valor da Última Liberação: R$7.118,00
--------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Mãe: Poesia de Deusinha

Mãe, Rainha especial
O clone de Nossa Senhora
A musa que a gente adora
Tudo da nossa vida
Mãe é a mulher mais querida
Mais amiga mais capaz
Mais confiável, mais meiga
Mais perfeita ninguém faz.

A mãe é quem sofre mais
É quem conhece profundamente o amor
Ser mãe, é se doar e por o filho sentir a dor
É dar a própria vida pelo amor verdadeiro
Ser mãe, é responsabilizar-se primeiro
Por a família que é a razão do seu viver
A mãe é quem protege e dar carinho
E se dedica inteiramente a você.

É um orgulho um prazer
Escrever-te mãezinha amada
Sou uma privilegiada
Em hoje poder fazer
Versos pra te agradecer
Mamãe tesouro importante
Você é minha riqueza maior
É meu troféu de brilhante.

Sou feliz a todo instante
Por ter a sua bondade
Quero pra toda a eternidade
Seu amor, sua atenção
Mãezinha meu coração
Bate aplaudindo você
Por os milhões de motivos
Que ele tem a te agradecer.

Mãe, é impossível descrever
As suas virtudes boas
Você é aquela pessoa
Que nunca quero perder
Se infelizmente isso acontecer
A dor não vou suportar
Por isso quero ir contigo
Pra onde Deus te levar.

Deusinha Poetisa Popular de Córrego Apodi-RN
2006

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Quais as 7 maravilhas de Apodi?

O concurso As Sete Maravilhas do Rio Grande do Norte foi um concurso iniciado e promovido pelo Associados RN (Diário de Natal, Rádio Clube de Natal, Dn Online) para eleger as sete maravilhas do estado brasileiro do Rio Grande do Norte; foi similar ao concurso das Sete maravilhas do Mundo Moderno.

A votação teve como objetivos estimular a apreciação dos monumentos naturais ou feitos pelo homem e fomentar a atividade turística em torno deles, como contribuição ao desenvolvimento social, econômico, cultural e da auto-estima potiguar. Foram escolhidas: .

1ª maravilha 
Serra da Barriguda - Alexandria-RN

2ª Maravilha
Morro do Careca - Natal-RN

3ª Maravilha
Açude Gargalheiras - Acari-RN

4ª Maravilha
Forte dos Reis Magos - Natal-RN 

5ª Maravilha
Frasqueirão - Natal-RN

6ª Maravilha
Santuário do Lima - Patú-RN

7ª Maravilha
Os Apertados - Currais Novos-RN

Vamos eleger também as 7 maravilhas de Apodi? 

Na sua opinião, qual lugar merece entrar na disputa?

Aguardamos suas sugestões através dos comentários para criarmos a lista e depois iniciarmos a votação. 

Reconstruindo meu percurso formativo - Simone Cabral

Artigo: INICIAR E INICIAR-SE: reconstruindo meu percurso formativo
Autora: Simone Cabral Marinho dos Santos
Data: 25 de agosto de 2011
Fonte do artigo: Google docs
Clique para ver ou baixar

Envie seu artigo científico para tudodeapodi@hotmail.com.