Pesquisar neste blog

terça-feira, 27 de maio de 2014

Meninos e menina - Aluísio Barros

Não importa a nudez da Lua, não importa.
A rua, agora, se deseja absoluta
e aorta de tudo que sai da boca
antes muda do homem
A Rua já não se suporta solitária e surda...
A Rua se desnuda e se abre em pétalas
livres.

"Anjo Torto" - Aluísio Barros 

Nenhum comentário: