Pesquisar neste blog

sábado, 18 de janeiro de 2014

Zilma do Córrego

A líder comunitária ANTÔNIA ZILMA DA SILVA, ou simplesmente "Zilma do Córrego" nasceu em Apodi, em 7 de setembro de 1965. Filha de Manoel Pedro da Silva e Benedita Francisca, agricultores do semiárido nordestino, estabelecidos no Sítio Córrego. Cursou o primário nas escolas do Sítio Córrego e Ferreira Pinto, o ginásio e o segundo ano do Ensino Médio em Mossoró, nos colégios Antônio Fagundes e no Alfredo Simonete. 

Adolescente participativa, em seus anos verdes da juventude foi convidada para exercer a função de Secretária do GRUJOSP – Grupo de Jovens de São Pedro, do Sítio Córrego. Empolgada com o movimento juvenil religioso, Zilma esteve a frente de encontros, reuniões com o pároco e membros da pastoral da terra, sempre debatendo os problemas de sua comunidade. 

Embalado pelo interesse do Grupo de Jovens e preocupado com a melhoria da qualidade de vida dos moradores da comunidade, entusiasta do associativismo, Padre Theodoro Snijders, reuniu, na residência da secretária Zilma, 65 agricultores e fundou, a Associação dos Mini-Produtores do Córrego e Sítios Reunidos, da qual Zilma foi sua secretária fundadora e presidente por duas gestões consecutivas. 
Na qualidade de líder dos agricultores, a jovem gestora empreendeu uma atuação repleta de realizações voltadas para o desenvolvimento humano. Promoveu, em Parceria com o Padre Snijders, cursos de artesanato para a produção de artefatos com palha de milho e de carnaúba e capacitou as mulheres nas áreas de corte e costura, produção caseira de doces e fabricação artesanal da cajuína. Em consequência da sua luta comunitária, sempre respaldada pelo apoio dos sócios da Associação e da paróquia, foi erguida naquela comunidade a sede da entidade, onde as reuniões passaram a acontecer, e duas fábricas uma de cajuína, patrocinada por recursos holandês e outra de beneficiamento da castanha, financiada pelo PAPP – Programa de Apoio ao Pequeno produtor. 

Camponesa e apicultora, em 1997 foi eleita a primeira secretária do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi. É sócia e fundadora da Associação Apodiense e da Cooperativa Potiguar e desta, sua primeira secretária. Em meados de janeiro deste ano, seu nome foi indicado para exercer o cargo de segunda secretária da Federação Apícola do Rio Grande do Norte. 

Mulher dinâmica, apaixonada pela luta comunitária Antônia Zilma continua sua peregrinação em prol do cooperativismo em sua comunidade. Nesse sentido, realizou cursos de apicultura cooperativismo em sua comunidade. Busca, diariamente, parcerias com a Paróquia, SEBRAE, Prefeitura, FETARN e outras entidades que queiram apostar no homem do campo. Também já participou de dezenas de seminários e simpósios em Brasília, Terezina, Recife, Natal e Mossoró, Não para. Por isso, sua incansável luta como líder ruralista merece o aplauso e o respeito do povo apodiense. Atualmente Zilma continua lutando em prol da comunidade de Córrego.

Fonte: Paisagens Femininas de Apodi - Maio de 2006 - Vilmaci Viana 

Nenhum comentário: