Pesquisar neste blog

domingo, 5 de janeiro de 2014

Dores - Paulo Filho Dantas

“Solidão louca vagueia
Pelas ruas mais escurecidas,
Despertando as adormecidas
Corais de iaras – sereia

Invocando a onda espumante
Que toca um sol abrasador,
Desperto um meio amor
Da vida um ser delirante

A esperança desponta prometida
Num beijo úmido e intriga
O mais profundo sentir

Mel da abelha rainha
A vejo distante sozinha
Castiga o meu existir’’.

"Caminhos do Meu Ser"
Paulo Dantas Magno Filho 

Nenhum comentário: