Pesquisar neste blog

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Albaniza Barbosa de Melo

ALBANIZA BARBOSA DE MELO, filha de Enéas Felipe Barbosa e Marta Eulina de Melo, nasceu no dia 19 de novembro de 1922. Muito mais que apaixonada pela vida e pela cultura. Albaniza foi um exemplo de mulher simples e sábia. Soube promover o bem-estar da sua comunidade Água Fria, liderando campanhas de vacinações auxiliando as realizações de partos ou promovendo festividades teatrais. 

Tratava-se de uma dama cheia de coragem e brilhantismo que jamais se negou a colaborar com aqueles que a procuravam,a época de difíceis meios de comunicação, de estradas vicinais precárias que a muitos lugarejos só permitia o acesso em lombos de mula, mesmo assim, soube tirar proveito de seu tempo, organizou a mobilização das comunidades adjacentes na fundação do Centro Comunitário Enéas Barbosa, até então, um dos mais suntuosos, considerando a maior entidade do gênero em Apodi, onde exerceu as funções de secretária e tesoureira na década de 1960. 

As experiência de vida e a vontade de aprender lhes renderam a virtude de tornar-se a mais eficiente produtora de licores do nosso município, chegando a participar de exposições deste produto artesanal na capital do Estado. Suas receitas desta bebida aromatizada, produzida através da mistura de aguardente ou álcool a substâncias vegetais diversificadas, eram quase infinitas, destacando-se licor de café, de maracujá, de uva, de manga, de cajarana e o delicioso licor de mel. 

Exerceu também, com prudência e dedicação, a função de educadora, na categoria Jovens e Adultos no Centro Social de Água Fria, no ano de 1960. Destacou-se ainda como líder comunitária, organizando festas e pastoris em companhia de sua irmã Mariinha Barbosa. 

Mulher culta e pacifista, através de seus feitos conquistou o respeito e afeição de todos, transformando-se num referencial para a população daquela região de Água Fria e arredores. Todos a procuravam para organizar festas e até para dar nomes aos seus filhos recém-nascidos. Faleceu no dia 30 de novembro de 1995, deixando uma vasta folha de serviços prestados a área da educação e cultura de Apodi.  

Fonte: Paisagens Femininas de Apodi - Maio de 2006 - Vilmaci Viana

Nenhum comentário: