Pesquisar neste blog

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Igreja de Cristo em Apodi

A Igreja de Cristo no Brasil teve início no Nordeste, na cidade de Mossoró (Rio Grande do Norte). Organizada em 13 de dezembro de 1932 por membros oriundos da Assembléia de Deus naquela mesma localidade, os quais voluntariamente entregaram suas credenciais de Ministros àquela igreja irmã, por motivos doutrinários.
Líderes iniciais
Pastores:
- Manoel Higino de Souza
- João Vicente de Queiroz
- Gumercindo Medeiros
- Eustáquio Lopes da Silva
Presbíteros:
- Cândido Barreto
- Tomaz Benvindo
Evangelistas:
- João Morais
- Domingos Barreto
- Francisco Alves
Todos os líderes organizadores encontram-se atualmente na glória do Senhor Jesus Cristo. O último pioneiro que permaneceu mais tempo entre nós, foi o Pr. João Vicente de Queiroz, que pastoreou a Igreja de Cristo em Fortaleza-CE., por longos anos, de 1946 a 1997, tendo passado a morar com o Senhor Jesus no dia 17 de agosto de 1997, com mais de 91 anos. 

O início
Houve uma divergência doutrinária entre os dois Missionários da Assembléia de Deus no Nordeste, Samuel Nysrtron e Gunnar Vingren, com respeito a salvação de graça por meio da fé, sem o concurso dos méritos próprios, e a segurança eterna do crente genuíno. A divergência foi evidenciada em algumas publicações, a qual se tornou tema de convenções.

Com essas publicações contraditórias acerda da doutrina da segurança e salvação eterna do crente genuíno, pela graça e pela fé em CRISTO JESUS, um grupo de irmãos elegeu o Pr. Manoel Higino de Souza, para fazer uma carta ao missionário Nils Kastberg, pedindo para marcar uma convenção aonde ele achasse melhor, afim de que estudassem esses pontos doutrinários, para que nenhum crente nosso viesse a errar quanto a essa doutrina.

Enviaram, então, uma carta solicitando a referida convenção, mas a resposta, que foi negativa, demorou a chegar. Então, combinaram com todos os irmãos que tinham o mesmo pensamento, para estudarem o assunto com profundidade na Bíblia, jejuarem e orarem em busca de uma resposta do Senhor Jesus, desde o dia 20 de maio de 1932 a 13 de dezembro de 1932. Neste momento chegou a resposta da carta negando a realização da convenção, contrariando a expectativa de todos, o missionário Nils Kastberg, disse “estar de acordo com os ensinos da salvação condicional, e quem estivesse aborrecido que saíssem para onde quisessem...”.

Diante desse impasse, e por não ter outra alternativa, todos os líderes acima mencionados, devolveram voluntariamente suas credenciais de Obreiros, à liderança da Assembléia de Deus, respectivamente de Pastores, Presbíteros e Evangelistas.

Assim sendo, no dia 13 de dezembro de 1932, tomaram a decisão histórica de definitivamente organizarem o trabalho da IGREJA DE CRISTO, em Mossoró-RN. Inicialmente a denominação surge com o nome de “Assembléia de Cristo” e em 1934 passou ao nome definitivo de Igreja de Cristo. Para não confundir a Igreja de Cristo que é o Seu corpo e Templo do Espírito Santo, com o prédio e a organização institucional, por revelação da Palavra de Deus, conforme Mc.11:17a; Is.56:7; At.17:24b, decidiram transcrever à frente dos prédios onde se reúnem, a expressão: CASA DE ORAÇÃO DA IGREJA DE CRISTO. 

O Desenvolvimento
Podemos dividir a história da Igreja de Cristo nos seguintes momentos:

1932-1960 (O Primeiro Amor)
Neste período a igreja vive uma grande motivação evangelizadora o que provocou um grande crescimento, abriram-se trabalhos em Apodi, Itáu, Caraúbas, entre outros.

Década 1970 (O Grande Avivamento)
Esse grande avivamento iniciou-se na Igreja de Cristo em Parque Araxá, Fortaleza - CE, na década de 70. Revolucionou a Igreja no Ceará e com grandes repercuções no Rio Grande do Norte, resultando calorosas reuniões de oração, curas, milagres, revestimento de poder e dons espirituais, surgindo vários trabalhos e novos obreiros. O grande fruto desse período foi a criação do Seminário da Igreja de Cristo na cidade de Fortaleza, que contribuiu com a formação de diversos obreiros.

Década de 1990
A Igreja tem vivido definições organizacionais internas, como projetos de apoio aos obreiros, projetos de missões e nova estrutura organizacional em nível nacional e regional.

Uma Igreja de vanguarda
A Igreja de Cristo foi uma igreja de vanguarda. Vanguarda é aquilo que está na dianteira do exército. A igreja por toda a sua história foi considerada uma igreja à frente de outras em seus ensinos e prática:
- Enquanto surgiam pelo Brasil diversas denominações pentecostais que defendiam a perseverança como condição para a salvação, a Igreja de Cristo foi o único grupo pentencostal que apontava para a obra eterna de Deus pela salvação e segurança do crente em Jesus. Afirma que se Deus que se Deus é eterno e sua obra também é, logo a salvação não pode jamais ser perdida (cf. Jo 10:28).
- O “Batismo com o Espírito Santo” era a regra geral entre todos os pentecostais que o batismo se dava como uma segunda bênção para o crente que falasse em línguas. A Igreja de Cristo, no entanto, foi o primeiro e único na época a defender que o crente recebe o batismo do Espírito Santo no momento da conversão (cf. Gl 3:5; Lc 24:49).
- A Igreja de Cristo teve acesso as mais diversas denominações, desde as chamadas tradicionais até as pentecostais. A Igreja de Cristo sempre desenvolveu o espírito de unidade do corpo de Cristo, nos mais diversos segmentos do protestantismo.
- A Igreja de Cristo também se destaca pelo fato de se ter iniciado no Nordeste brasileiro. Foi o primeiro grupo cristão que começou no Nordeste e se espalhou pelo Brasil.

A Igreja em Apodi está sob os cuidados pastorais do pastor David Marroque Teixeira, desde 1.991.
Casa de oração da Igreja de Cristo em Apodi
Fonte de pesquisa: http://icapodi.blogspot.com.br


Nenhum comentário: