Pesquisar neste blog

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Nonagenário do Ex-Prefeito Valdemiro Pedro Viana(In memoriam)


A ESCOLA ESTADUAL VALDEMIRO PEDRO VIANA, LOCALIZADA NO SÍTIO SANTA ROSA, MUNICÍPIO DE APODI- RIO GRANDE DO NORTE , ATRAVÉS DO SEU DIRETOR PASTOR IVANILDO LIMA, REALIZA UMA EXPOSIÇÃO DO MEMORIAL DO SEU PATRONO EM HOMENAGEM AO SEU NONAGENÁRIO. A SOLENIDADE DE ABERTURA DA REFERIDA EXPOSIÇÃO ACONTECE DIA 18 DE MAIO ÁS 08h NA SEDE DA ESCOLA.


O saudoso ex-prefeito Valdemiro Pedro Viana, nasceu no Sítio Santa Rosa, município de Apodi-Rio Grande do Norte, no dia 17 de maio de 1925, filho do agricultor Manoel Pedro Joaquim Viana e Francisca Antônia de Oliveira. Viveu sua infância brincando na olaria do seu pai Manequim. Aos sete anos de idade o menino louceiro começou a trabalhar na agricultura e também iniciou seus estudos com a professora Analice Barbosa no Sítio Anselmo, onde perfazia a pé um percurso de 8 km de ida e volta da sua casa até a escola. Valdemiro, era um rapaz múltiplo.Trabalhou em olarias na fabricação de tijolos e telhas, foi pescador, pecuarista, pedreiro, barbeiro, comerciante, carpinteiro, político, empresário, repentista e tocador de viola. Após concluir o ensino primário, interrompeu seus estudos e se dedicou ao trabalho na agricultura, chegando a ser o maior produtor de arroz do município de Apodi.
Aos 25 anos, passou a construir uma casa e começou a pensar em constituir uma família. Em 19 de Abril de 1952, casou-se com Maria Fernandes de Sousa (Dona Mozinha) e deste matrimônio nasceram dez filhos: Neta (in memoriam), Rita, Gilvan, Socorro, Dilma, Vilma, Vilmaci, Antônio, Júnior e Vanuza.
Fundou e dirigiu as seguintes instituições: Sindicato Rural de Apodi e Cooperativa Rural de Água Fria; foi vice-presidente da Coopermil, membro da Comissão da Missão Rural pertencente a Diocese de Mossoró; e presidente do Centro Social Éneas Barbosa do Sítio Água Fria. Depois de exercer os cargos de presidente do Centro Social de Água Fria e de líder comunitário em Santa Rosa, além de participar de vários outros movimentos ligados a ação comunitária, Valdemiro finalmente entra para a vida política do seu município, elegendo-se vereador no ano de 1962.
Um fato marcante na vida pública de Valdemiro foi a oportunidade que teve quando assumiu durante 40 dias a prefeitura de Apodi no período de 18 de fevereiro a 30 de março de 1963, por motivo do afastamento do prefeito João Pinto. Foi através deste trabalho que Valdemiro ficou conhecido como um grande administrador, sincero, honesto e cumpridor dos seus deveres.
Como vereador mais votado em 1962, logo conseguiu ser eleito o Presidente da Câmara Municipal dos Vereadores de Apodi, onde após desenvolver ótimo trabalho, foi conclamado a ser o próximo candidato a prefeito nas eleições de 1968, tendo sido vitorioso ao lado do vice Júlio Marinho. Ao terminar o primeiro mandato, Valdemiro implantou a Cerâmica Santa Rosa, onde dedicou todo seu empenho na realização deste sonho. Em 1976, foi eleito pela segunda vez Prefeito de Apodi, tendo o empresário Hélio Marinho como seu vice. Nas duas vezes em que ocupou o cargo de prefeito de Apodi, Valdemiro conseguiu empreender uma administração plena de realizações. Com os benefícios prestados, Apodi deu um passo de gigante em busca da pujança que hoje representa para o Estado.
Dentre tantas obras que realizou, destacam-se: eletrificação da cidade de Apodi, dos Sítios: Melancias, Soledade e São Lourenço; implantação do sinal de TV Verdes Mares de Fortaleza na cidade de Apodi; do sistema de telefonia TELERN; do Banco do Nordeste; e do sistema de abastecimento de água da CAERN; bem como a construção do Açude de Melancias; do conjunto COHAB; e de várias escolas rurais, nos seguintes sítios: Pitombeira, Trairas, Cápua,Santa Cruz, Poço Verde, Santa Rosa, Sororoca, Bamburral, Bela Vista, Pindoba, Rio Novo, Trapiá, Baixa Fechada, São Lourencinho, Sítio do Góis, Soledade, Retiro, Ponta, Melancias, Lajes do Meio e também na Unidade Educacional Professora Lourdes Mota. Construiu também o Cemitério Público do Sítio Soledade; a primeira parte da estrutura do hospital regional Hélio Morais Marinho, e postos de saúde nos sítios: Soledade, Melancias, Córrego, Santa Rosa, Sitio do Góis. Implantou o MOBRAL - Movimento Brasileiro de Alfabetização, o Projeto Casulo e o ensino de 2° grau no município de Apodi.

Valdemiro faleceu no dia 02 de junho de 2001, no Hospital do Coração em Natal-RN, vitima de falência múltipla dos órgãos.
Um ilustre apodiense que deixou um legado de diversos serviços prestados em prol do município de Apodi.


Nenhum comentário: