Pesquisar neste blog

sábado, 2 de agosto de 2014

A rolinha, cruelmente perseguida

Fazemos com destaque este pequeno capítulo, para mostrar o que vem ocorrendo com esta pequenina ave em nosso município. Depois de usarem os mais diversos meios para abatê-la, alguns caçadores lançam mão, agora de um ardil com maio poder de extermínio, e cruel: a matança da rolinha por envenenamento. 

Consiste no seguinte o deplorável método: depois de extraírem o suco de determinados vegetais, altamente tóxicos, aplicam os mesmos na água onde a rolinha costuma beber. Ingerindo a água, o pássaro perde os movimentos de locomoção. Imobilizado, pelo imediato efeito do tóxico, tornar-se presa fácil do caçador, que para satisfazer seu extinto destruidor, não precisa usar munições nem armas. 

Limita-se apenas a contaminar a água, onde a rolinha, levada pela sede, encontra a morte por envenenamento, para ser vendida nos bares e restaurantes para tira-gosto, o que constitui um crime bárbaro contra a natureza. 

Fonte: Histórias e Vultos de Minha Terra - Válter de Brito Guerra(1985). 

Nenhum comentário: