Pesquisar neste blog

sábado, 2 de agosto de 2014

Mentes - José Leite

Nascestes. E eu te amei ali naquele instante,
e envelheci querendo não esquecer-te;
tive uma luta insana e incessante,
quanto te amei, não posso nem dizer-te.

Resmungas, é verdade, e tanto mentes,
quando dizes é falso e enganoso;
é porque, minha filha, tu não sentes
meus desvelos de pai afetuoso.

Oh, tão querida, idolatrada filha,
não vês que, vida de embaraços,
não posso conservar-te nos meus braços?

Se mesmo a dor que acicata e esmerilha
a minha alma partida em dez pedaços,
não altera este amor com seus percalços?

Mossoró/RN, setembro de 1976

Nota: Para a minha filha, Maria da Glória, residente em Brasília/DF.

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento).

Nenhum comentário: