Pesquisar neste blog

quarta-feira, 10 de julho de 2013

CHCTPLA - Viagem ao Sítio Laje da Encruzilhada

CENTRO HISTÓRICO-CULTURAL TAPUIAS PAIACUS DA LAGOA DO APODI- CHCTPLA

CNPJ- 18.218.241/0001-77
FUNDAÇÃO: 07 DE FEVEREIRO DE 2013
Domingo, 07 de Julho de 2013.

Breve documentário sobre a visita ao Sitio Laje da Encruzilhada-extrema do RN com o  Estado do Ceará, realizada por Lucia Tavares, Genildo, Marcos Pinto, Isaac Tarcio e Raimundo Torres.
*Estivemos nas terras do Sr. José Salvador- conhecido como Zé Salvador.

Objetivo: Visitar o local onde, em 1699, Morais Navaro, vindo das margens do Rio Jaguaribe com o terço Paulista, depois de ter matado o maior Cacique dos Tapuias Paiacus, foi surpreendido pelos Tapuias do Apodi. Na localidade ocorreu  um grande um grande conflito, resultando na morte de muitos nativos.
Vejamos algumas fotos:

Isaac Tarcio, Zé Salvador e Lucia Tavares. Seu Zé Salvador nos contou que em 04 de Fevereiro de 1966, foi desobstruído um poço em suas terras. Segundo ele, esse poço tinha 15 palmos de entulhos. Mandou retirar os entulhos e percebeu pedaços de cerâmica antigas, pedaços de panelas e inclusive foram encontradas algumas moedas datadas dos anos de 1753 e 1870.

 
Residência de seu Zé Salvador- Sitio LAJE DA ENCRUZILHADA.

 Seu Zé Salvador nos levando ao local onde fica o Poço citado.
  
 
Lucia Tavares, Isaac Tarcio e Zé Salvador mostrando o Poço mencionado. Convém dizer  que a localidade fica na Chapada do Apodi. E que segundo nos contou seu Zé Salvador, não foi fácil desobstruir o mesmo, pois fica entre rochas calcárias... Contou-nos também que tudo o que foi retirando do poço em Fevereiro de 1966, foi jogado nos arredores do mesmo.

Poço mencionado. Segundo seu Zé Salvador, ouvia falar que os índios retiravam agua do mesmo, já que foi eles próprios que descobriram a veia d’água e nos contou também, que ouvia os mais velhos falar que diante de perseguições, eles aterraram o poço e saíram do local, fugindo. Belo Local!

Poço visto de outro anglo.

Dando uma olhada nos arredores do poço.

Local próximo ao Poço. Segundo seu Zé Salvador, na época em que teve que desobstruir o mesmo, percebia-se nas pedras- existentes nesse local, marcas de fogo. Dizia-se que era os Nativos coziam sua comida.

Lucia Tavares, mostrando um pedaço de cerâmica encontrada no local. Convém ressaltar que tal peça será analisada por um Arqueólogo e Antropólogo.

Documentário enviado por Raimundo Torres.

Nenhum comentário: