Pesquisar neste blog

sábado, 27 de abril de 2013

O local do mistério - Osório FIlho

A luz que se abre!
O sol que brilha!
As estrelas somem!
O mar soou...

A ilusão do mundo...
A vergonha do ser...
O temor de morrer...
As respostas sem sentido...

As verdades do meu interior...
Soluções imprecisas...
A mentira da consciência...

Ora vivo sonhando!
Ora estou sem pensamento!
A mente não compreendida!

(Soneto da minha adolescência de 16 anos).

Nenhum comentário: