Pesquisar neste blog

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Dissertação de Ítala Paiva: Redução da viscosidade do biodiesel de Ricinus communis l. (Mamona) através de acetilação catalisada por enzimas comerciais

Dissertação: Redução da viscosidade do biodiesel de Ricinus communis l. (Mamona) através de acetilação catalisada por enzimas comerciais 
Autor(a): Francisca Ítala da Silva Paiva Valdevino 
Programa: Pós-Graduação em Energias Renováveis 
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará 
Publicação: 2016 
Fonte do artigo: IFCE 


Resumo: 
A presente pesquisa objetivou a redução da viscosidade do biodiesel da mamona (Ricinus communis L.) através de acetilação enzimática. Para o desenvolvimento do trabalho foram testadas seis variedades de enzimas comerciais, sendo elas: Amano Lípase OS de Burkholderia cepacia imobilizada em terra diatomácea, lipase de Candida rugosa, lipase do pâncreas de porco (PPL), Amano PS, Lipozyme RM e a Novozyme. As enzimas foram testadas na acetilação do ricinoleato de metila, para verificar aquela com maior potencial catalítico. A enzima selecionada foi a Amano Lipase OS imobilizada. Em seguida, um planejamento experimental fatorial completo 24 , com o intuito de encontrar as melhores condições reacionais, foi elaborado com as variáveis: massa de enzima, temperatura, tipo de solvente e doador de grupo acila. Os fatores de maior impacto foram a massa de enzima e o tipo de solvente, sendo uma proporção a massa de 10 mg de enzima e hexano como solvente os que resultaram em rendimento mais elevados (>99%). A alta temperatura influenciou negativamente. O estudo cinético revelou que a reação enzimática se ajustou a um modelo de pseudo-primeira ordem. Para o estudo das propriedades físico-químicas do óleo de mamona, do biodiesel e biodiesel acetilado foram avaliados o teor de umidade, acidez, ácidos graxos livres, viscosidade, saponificação, iodo, massa especifica, metais (cálcio, magnésio, potássio e sódio), fósforo e enxofre para verificar se os mesmos se encontram dentro dos padrões da ANP. As medidas das propriedades físico-químicas revelaram bons resultados e condizentes com os limites estabelecidos pela literatura para o óleo, biodiesel e seu acetilado, dentre elas estão o teor de umidade, índice de acidez, iodo e massa especifica, e para alguns metais, enxofre e fósforo. O principal objetivo da pesquisa foi alcançado, conseguiu-se reduzir a viscosidade do biodiesel da mamona em cerca de 50% após acetilação do grupo hidroxila (OH), diminuindo dessa forma a sua polaridade, e melhorando suas propriedades.

Nenhum comentário: