Pesquisar neste blog

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Dissertação de Ery Moreira: Determinação eletroanalítica do pesticida Bendiocarbe

Dissertação: Determinação eletroanalítica do pesticida Bendiocarbe 
Autor(a): Erineudo Moreira Barbosa 
Programa: Pós-Graduação em Química 
Instituição: Universidade Federal do Ceará 
Publicação: 2018 
Fonte do artigo: UFC 


Resumo:
O objetivo desse trabalho foi desenvolver metodologia eletroanalítica para a quantificação de Bendiocarbe (BND) por voltametria de onda quadrada (VOQ) usando eletrodo de trabalho carbono vítreo modificado com dispersão de nanotubos de carbono de paredes múltiplas funcionalizados em Nafion®/DMF. Curvas analíticas foram obtidas pelo método da adição de padrão, com os valores de LD e de LQ sendo calculados pelo desvio padrão de dez brancos. A solução tampão e o valor de pH otimizados para este trabalho foram Sörensen 0,1 mol L−1 e pH 7,0. Os valores de potencial e de tempos de acumulação otimizados foram 0,60 V e 5 s, respectivamente. Os parâmetros da VOQ foram f = 70 s–1 , a = 40 mV e ΔEs = 2 mV. A faixa linear da curva analítica foi de 2,99×10–6 a 2,06×10–5 mol L−1 e coeficiente de correlação linear (R2 ) de 0,99 com repetibilidade 3,78% (n = 7) e reprodutibilidade 2,96% (n = 5). Os valores calculados para LD e LQ foram 1,07×10–6 mol L−1 (239 ppb) e 3,58×10–6 mol L−1 (799 ppb), respectivamente. As recuperações em águas naturais apresentaram os valores médios e desvio padrão relativo (DPR) de 106,55% ± 2,46%; 84,04% ± 2,33% e 79,34% ± 1,30% para as concentrações 2,99×10−6 mol L−1 , 1,18×10−5 mol L−1 e 2,06×10−5 mol L−1 , respectivamente. O método foi comparada com HPLC, método padrão de análise do BND, que apresentou LD e LQ 1,95×10–6 (436 ppb) e 6,52×10–6 mol L−1 (1435 ppb), respectivamente. 


Nenhum comentário: