Pesquisar neste blog

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Não me reconheço em um duplo só - Lucas Maurílio

Andando pelas ruas
não conheço
ninguém a minha volta.
Milhares de cabeças desconhecidas
que não sei contar.

E eu estou no meio delas
vagando com a sensação
de que todos se conhecem,
e eu sou o único estranho
nesse lugar.

Não me admiro se alguém olhar para mim
com cara feia
ou por desconfiança,
se é que alguém tem olhos,
digo tempo,
para me olhar
no meio do caos.

Para perder o medo,
caminho com o pensamento de que todos também estão com medo.
E penso que aqui do meu lado
pode ter alguma pessoa com identidade falsa
fugindo da polícia
por roubo.

Só que do meu lado tem uma parede espelhada.
E eu sou a pessoa com identidade falsa
que está fugindo da polícia
por roubo.
E não a mais como sentir medo
pois sei que não adianta
fugir do reflexo dos policias parados atrás de mim.


Lucas Maurílio
@l.maurilio_

Nenhum comentário: