Pesquisar neste blog

domingo, 5 de outubro de 2014

Terra de ninguém - Dodora

Na terra de cegos
todos usavam óculos
porque andavam indecente a cegueira dos olhos,
mas ninguém se sentia opaco





Contraponto - Maria Auxiliadora da Silva Maia - Poesias/Crônicas e Contros Ingênuos - 1ª Edição, 1998.

Nenhum comentário: