Pesquisar neste blog

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Vovô Vicentinho Pacheco - José Leite

Lembro-te bem vovô Vicente Leite,
alegrando a minha vida de menino
e, tudo fazendo para meu deleite
com carinhoso amor, com muito mimo.

Recordo ainda o teu relógio de salão
que tanto vi, trepado em teu pescoço
e, em tempo algum, esquecerá meu coração,
as alegrias da hora do almoço.

O teu relógio aparentava um violão,
e tinha um pêndulo sempre a balançar,
tão semelhante a um poderoso coração.

E o contínuo movimento pendular,
lembra também da calçada o lampião,
que à noite dava luz pra conversar.

Nota: Para o meu avô paterno, Vicente Leite, no dia do meu 68º aniversário.

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento).

Nenhum comentário: