Pesquisar neste blog

sábado, 30 de agosto de 2014

Tardes (II) - Alusio Barros

Só, como o sol na despedida.
sinto a tristeza do passo vazio,
do olhar perdido no horizonte,
da busca do amanhã
vontade de fugir...
caminhar sem rumo,
sentir o vento frio do mar
no meu incerto rosto.

Nenhum comentário: