Pesquisar neste blog

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Por quê - José Leite

Por que lembrar agora as ilusões desfeitas?
Se tudo está por terra e acabado?
Se em nossas almas já insatisfeitas,
some-se o amor, qual sombra do passado?

Sim. Nada resta. Nada de se aproveita,
de um amor que morreu quase infantil,
pois, se a ingratidão é mal que Deus rejeita,
também repugna ao homem varonil.

Fica por aí, com os admiradores,
fica assim mesmo, a borboletear,
na busca infinda de novos amores.

Mas se achava faminta de amizades,
depois de a cada um deles desprezar,
teu velho amigo te espera com saudades.

"Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento)

Nenhum comentário: