Pesquisar neste blog

sábado, 21 de junho de 2014

Fugaz - Aluisio Barros

Teus olhos de ontem?
Que sei de teus olhos de ontem
de uma estrela cadente
ardente na calçada?

Não, minha retina esquece
agora,
a cor dos olhos:
Somente os riscos ficam guardados.

"Anjo Torto" - Aluisio Barros 

Nenhum comentário: