Pesquisar neste blog

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Mar a dentro - Aluísio Barros

Um mar entrou dentro de mim
e alojou-se em meu peito
afogando todos os meus medos;
e foram tantos os segredos visitados
que de repente me avistei do outro lado da sala
tentando a janela que dava para fora de mim.

Um mar entrou dentro de mim
e foi lavando cada desejo encantado
toda a dor entranhada
e cada segredo esquecido
que adormentei por um certo tempo os gemidos.

Um mar entrou dentro de mim
e inundou meu coração;
tanto as ondas mexeram comigo
que fiquei louco de paixão.

Um mar entrou dentro de mim
e deixou-me zonzo com tantas coisas
que não quero mais deixar de zanzar por aí.

"Anjo Torto" 
Aluísio Barros de Oliveira

Nenhum comentário: