Pesquisar neste blog

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Maria Anália de Oliveira - professora

MARIA ANÁLIA DE OLIVEIRA nasceu em 20 de outubro de 1928, no Sítio Campos, Umarizal –RN. Filha de José Antônio Valdeger e Anália Alcídia de Oliveira. Concluiu o Ensino Primário e logo em seguida foi lecionar em São Geraldo, município de Caraúbas – RN, para ajudar a criar seus irmãos mais novos. Mulher simples do meio rural, no século XX sua visão do mundo e da vida era considerada avançada. Casou-se em 1950 com o agricultor Jonas Lopes de Oliveira. 

Lecionou no Sítio Língua de Vacas, município de Caraúbas – RN. Além de professora, D. Maria Anália era também costureira, fiadora e tecelã, nesta última profissão, era considerada uma fera. Em 1960 foi morar no Sítio João Pedro – Apodi –RN, na fazenda de Mestre Abílio, onde, na sede da fazenda, D. Anália transmita seus conhecimentos aos filhos de agricultores da região. Ela foi a responsável pela introdução de agricultores da região. Ela foi a responsável pela introdução de novos costumes na região como: criar porcos, galinhas e plantar fruteiras no quintal das casas. 

Depois de ensinar durante vinte anos no Sítio João Pedro, D. Anália mudou-se para a cidade de Apodi, onde lecionou alguns anos na Escola Estadual Ferreira Pinto. Concluiu o Ensino Médio no Projeto Logos II, e na ânsia de sempre aprimorar seus conhecimentos, fazia todos os cursos de aperfeiçoamento que estivessem ao seu alcance. 

D. Anália fez parte da Legião de Maria, e, em 18/12/1984, faleceu com apenas 56 anos, deixando um grande exemplo de amor e dedicação pelo conhecimento. Sempre ajudou aos mais carentes, principalmente fornecendo alimentos para quem tinha fome. Na semana santa, o leite não era vendido, pois, ela deixava para fazer queijo e manteiga para doar aos necessitados.

Fonte: Paisagens Femininas de Apodi - Maio de 2006 - Vilmaci Viana 

Nenhum comentário: