Pesquisar neste blog

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Seu beijo - Paulo Filho Dantas

“Seu beijo faz
Me perder no espaço,
No futebol um golaço
Que marca no coração
Não penso em perder,
Muitos menos em sofrer
Beije-me sempre assim
Minha linda, paixão

O seu beijo é
Chama ardente
Doce, eloquente,
De ínvido sabor
Provocando a emoção,
Mexendo o coração,
Quem beija assim
Perde-se de amor

O se beijo traz
Antigas lembranças,
Dos tempos de criança
Alguém assim encontrar
Para jamais sentir dor
Dar-te carinho, amor
Em pensar que um dia
Assim lhe beijei
Ninguém te adoraria
Como eu te adorei

É esse seu beijo
Doce, gostoso,
Deixando-me maravilhado
Com enorme vontade
De nunca ir embora
Se for, e agora?
Chega a saudade
Mas para minha felicidade
Estou ao lado
Duma linda mulher
Que me adora

Quando me beija, sinto
No interior – paz,
Somente você me satisfaz
Nos dias que eu não posso te beijar
Me dá mais clareza,
Fica mais visível a certeza
Que você é menina
Que escolheria
Para o resto dos meus dias
Eu passar

Se te beijar é
Dar paz ao meu futuro
Construir uma prisão sem muro
Só para lhe adorar
Por que te beijei
Ouço dizer que te adoro
Mas porque loucamente
Te beijo, não sei’’.

"Caminhos do Meu Ser"
Paulo Dantas Magno Filho

Nenhum comentário: