Pesquisar neste blog

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

O ser que não ama - Maria Luiza

O ser que não ama vive...
Isolado
limitado
desgarrado
carente
descontente

O ser que não ama vive...
Sem perspectiva
Em busca do nada
Numa corrida incessante
Sem ponto de partida
Sem ponto de chegada.

O ser que não vive...
Desintegrado da natureza
Sem captar da vida a beleza
Em constante desarmonia
É assim o seu dia-a-dia
Em seu interior não há alegria.

O ser que não ama vive...
Em clima de solidão
Vivenciando a aflição
Com um vazio na vida
À procura de guarida
Uma presença querida.

"Vozes de um coração''
Maria Luiza Marinho da Costa

Nenhum comentário: