Pesquisar neste blog

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Herói anônimo - Maria Luiza

Mestre querido
precioso
preciso
Quero louvar ao criador
o maior professor
por tua abençoada
existência
persistência
sapiência

Quero agradecer-lhe
pelo sacrifício
compromisso
instrução
presentes na
razão
emoção
Quando orientas
os teus alunos
na estrada sinuosa
do saber
ler
escrever
conhecer
viver
ser!

Fazes de tua profissão
uma arte
vocação
uma meta
dia após dia...
A tarefa é árdua
exige disciplina
renúncia
ousadia.
Nem sempre é fácil
repartir o pão da Ciência
com aqueles que necessitam
de instrução,
direção
quando se está inserido
num contexto socioeconômico
que subestima a Educação,
o valor do educador
Que dor!

No entanto, meu caro
professor
educador
mestre
facilitador
mediador
independentemente dos
sinônimos
pseudônimos
funções múltiplas
que representas
nós te aplaudimos
A tua vida é uma doação...
constante
atuante
preponderante.

És um grande
artista
equilibrista
altruísta
que compõe uma obra-prima
a cada instante
relutante
ante as dificuldades
(in)superáveis
(in)termináveis
(in)compreendidas
nas salas de aulas da vida.

És um herói anônimo
que trabalha,
batalha
por tantas noites
debruçado em seus livros
à procura de embasamento
aperfeiçoamento
para compartilhar
no dia seguinte
com os educandos que têm
sede
fome
de conhecimento
E quanto aos que nada querem,
bagunçar é o que preferem?
(Que tormento!)
mas tu usas o teu “jogo de cintura’’
e a aula continua...

Querido(a) mestre (a)
és mais que
um simples homem,
uma simples mulher.
És um canal de bênçãos
recheado (a) de
letras e números
conhecimento
Quanta ciência...
Sua instrução
vai além das quatro paredes
de uma sala de aula,
ela visa ao
progresso
ingresso
a intervenção do aluno
dentro da própria sociedade.

Reflitamos e convenhamos:
O que seria da sociedade
em qualquer idade,
sem a sua parcela de
contribuição
educação
De onde viriam os
médicos
escritores
empresários
doutores
dente outros mais
sem a sua atuação
sem passar pelas tuas mãos?

Acredito que nesse momento de
reflexão
avaliação
constatação
brota lá no seu íntimo
um sorriso de triunfo
oriundo da certeza
clareza
que a sua arte
é de uma grandeza...
Mesmo assim, muitas vezes
esquecida
denegrida
mas, não fique triste!
Persiste!
Lembre-se de que o
maior de todos os mestres,
um dia também foi injustiçado
mal compreendido
mas nada apagou o seu brilho,
o seu ensino que perdura até hoje.

Creia que lá de cima.
Ele te acompanha
ao longo dessa jornada
onde é dura a caminhada,
Mas Ele está contigo,
teu amigo,
nessa empreitada
na causa abraçada.
Você não está sozinho!
Que o maior mestre de todos
os tempos
te dê alento
discernimento
iluminando a sua vida
hoje
amanhã
sempre!
Obrigada, professor(a)!

"Vozes de um Coração''
Maria Luiza Marinho da Costa

Nenhum comentário: