Pesquisar neste blog

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Minhas memórias escolares - Maria Luiza

Para: Dona Ezilda

Guardo ainda
na lembrança
a minha primeira escola
Que bela foi minha infância
ao lado daquela senhora
que em 1975 entrou para a minha história

Dona Ezilda,
minha primeira professora
Mulher simples
uma doçura de pessoa
ensinou-me a
ler
contar
respeitar
Não tínhamos tudo,
mas o estudo
E a vontade de aprender a caminhar...

Eu, tantas vezes,
caprichava na lição
escrevia com mais de uma mão,
a da professora e a minha
Mas na verdade,
a nossa grande façanha
era cantar
“Fui à Espanha...’’

Depois do recreio
todos voltavam
atrasados
suados
Mas prontos para retornar,
estudar.
Dona Ezilda,
professora mui querida,
No decorrer desta vida,
sempre hei de te lembrar!

Passou o tempo,
Mas, às vezes,
ainda existe
persiste
A lembrança meio triste
da minha primeira escola,
Não havia opção?
era estudar ou não!
As carteiras faltavam,
a merenda se acabava,
sentávamos no chão,
sem a devida nutrição,

Entretanto,
o que prevalece
enternece,
o meu coração não esquece
é a imagem daquele que
em meio às crises
deslizes
tinha “jogo de cintura’’
e com a sua cultura
ensinou com muito amor
grande dedicação
a toda uma geração
Obrigada por tudo,
pelo estudo,
Mestra do meu coração!

As dificuldades
com certeza sempre existem
mas elas são
menos tristes do que
nos tempos de outrora (daquela senhora)
Se todos juntos
em conjunto
ingressarmos no mesmo barco
venceremos o fracasso
que vier contra a escola.

"Vozes de um coração''
Maria Luiza Marinho da Costa

Nenhum comentário: