Pesquisar neste blog

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Professora, amor da minha vida - Paulo Filho Dantas

“Toda sabedoria seria necessária
Para elogiar sua árdua profissão,
És professora, na mente um horário
És inteligível e tendo-me no coração.
Amor de educadora é mesmo assim,
Durante todo o dia trabalha,
À noite, não estando, pensa em mim,
Sonha, mas é dia, começa a batalha.

Amada mestra que domina conteúdo,
Faz sua aula com imenso amor,
É dedicada ao namorado, contudo,
O seduz, na cama, com fervor.

Se torna doutora na arte do ensinar,
És graduada nos segredos da vida,
Embora o esqueça o mundo ao amar
Sentimento vicio: paixão não contida.

Rosa dos ventos te encontras contigo,
Poesia perfeita teu ser não define não,
Toda a geografia carregas consigo,
Ame que eu amo a tua profissão.’’

Copiado do: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: