Pesquisar neste blog

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Poema nº 7 - Aluísio Barros

...e das mãos estendidas
sobre os escombros da vida
surge das cinzas
um novo ser.
de repente
se fez da dor
a poesia;
do desencontro da vida
o encanto de viver;
é primavera
no meu coração...

Anjo  Torto - Aluísio Barros de Oliveira 

Nenhum comentário: