Pesquisar neste blog

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

"Quebrar da Barra" no Apodi - José Leite

Lá na Ladeiras das Varas,
com quatro anos de idade,
eu vi belezas bem raras,
indo para a Soledade.

Ali, ao “quebrar da barra”
bem montado num jumento,
eu, criança, vi com garra
um grande deslumbramento

Vi a estrela da manhã
iluminando a floresta,
um encantamento louçã,
numa paisagem de festa.

Os sussurros da floresta,
seus inebriantes odores,
toda a natureza em festa,
muito brilho e muitas cores.

Ouvi o cantar das aves,
e o gritar dos animais,
senti os ventos suaves,
não esquecidos jamais.

Quando a “barra”  vem quebrando,
o céu se sobre de ouro,
mas, o dia vem chegando
e esconde todo o tesouro

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento)

Nenhum comentário: