Pesquisar neste blog

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Pastorador de passarinho - José Leite

Em tempos fiz um bom ninho,
num jirau de grande altura,
pastorando passarinho,
no arroz, a nossa cultura.

Dei pra ladrão de melão,
arroz, batata e capim,
jerimum, trigo e feijão,
pra trocar por alfenin.

Fiz muita acanhalação,
com velhos e pescadores.
Era um velhaco em ação,
que não sentia temores.

Peguei muitos passarinhos,
peguei peixes nas vazantes,
peguei pombinhas nos ninhos,
tomei banhos estafantes.

Nada de nada esqueci,
daqueles tempos saudosos,
mas olvido o que sofri
naqueles dias ditosos.

Pra os meninos do Apodi,
um conselho em quero dar:
“O bom que há por aí,
é vazantes pastoras”.

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite

Nenhum comentário: