Pesquisar neste blog

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Agradecendo - José Leite

Recebi o seu presente,
de Trovas de Coração,
lembrei toda a minha gente
e recordei meu bom sertão

Obrigado, meu amigo,
do fundo do coração,
pois eu relembrei contigo,
a vida do meu rincão.

Revivi velhos amores,
relembrei a arribação,
senti gostosos odores
e alegrei meu coração

As Trovas do Coração,
que o amigo me enviou,
lembrara-me com emoção
a terra que me criou.

Continue, meu bom vizinho,
continue a poetar,
ensinando o bom caminho
de nossas terras cantar.

Senti cheiro de quixaba
e odores de cumaru,
dobrei do chapéu a aba,
vendo o planar do urubu.

Subi em coqueiro alto,
peguei pombinhas nos ninhos,
pixei em unha de gato
e errei diversos caminhos.

Fiz apanha de umari,
peguei peixes com as mãos,
na Lagoa do Apodi,
junto com meus dois irmãos.

Comi mel de jandaíra,
capuchu e enchuí,
comi pão de macambira
com mel de inchu e de jati.

Divisei uns veadinhos,
andando pela estrada,
vi cururus e sapinhos
e assisti uma farinhada.

Tudo foi muito gostoso,
matei todas as saudades,
vi mata de fedegoso
e revivi amizade

Brasília/DF, 18 de agosto de 1989

Nota: Para Aurélio Rodrigues de Loiola, grande trovador cearense, professor residente em Refice/PE.

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento)

Nenhum comentário: