Pesquisar neste blog

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Frustração do amor - José Leite

Andando por caminhos nunca palmilhados,
desabrocha, incendido, um grande amor,
que nos deixa insones, assustados,
com ansiosa esperança e aguda dor.

E, o coração decide que esse amor,
seja, de logo, morto e esquecido,
não podendo elevar-se qual condor,
ao cume da montanha apetecido.

Assim morre o amor, à falta de incentivo
e se enterram as belas ilusões;
muito embora, tal qual um morto-vivo,

continue a pesar em nossos corações,
aquela dor que dá bom lenitivo,
mantendo vivas as mais doces emoções.

Mossoró/RN, 10 de março de 1983

Flagrantes das Várzeas do Apodi - José Leite(Separata de Pré-Lançamento) 

Nenhum comentário: