Pesquisar neste blog

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Vida... - Aluísio Barros

Vida
dia suspenso
confuso
turvo
sisudo
Meu poeta busca o dia
como uma criança
no ventre da mãe
num movimento inútil
prematuro
inseguro
no escuro
meu poeta busca a luz
pra soltar o verbo
o corpo
ver o verso pelo avesso
meu poeta revisa a vida
e treme
diante da solidão que invade
cada verso inútil...

"Anjo Torto"
Aluísio Barros de Oliveira

Nenhum comentário: