Pesquisar neste blog

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Por toda a vida te amarei - Paulo Filho Dantas


“Quero que a última vez
Seja sempre uma sucessão
De momentos, e se desfez
Para renascer no coração.

Se você sabe o que sinto
Só eu sei o que sentes
Platônico amor ao quinto
Desejo, fantasias dormentes.

Hoje eu estou sem ela,
Nossa lua não está amarela
O que não podes, não pedireis.

Faça tudo o que quiser
Enfrento, por ti, o que vier
Por toda a vida te amarei’’.

"Caminhos do Meu Ser"
Paulo Dantas Magno Filho 

Nenhum comentário: