Pesquisar neste blog

sábado, 22 de fevereiro de 2014

A procura - Paulo Filho Dantas

“O tempo passou de repente
Eu nem percebi
Andava a procura de alguém
Para o amor eu sentir
Então você eu encontrei
Logo, logo
Me apaixonei
Por isso morro dizendo
Ninguém te adorará tanto
O quanto eu te adorei’’.

"Caminhos do Meu Ser" 
Paulo Dantas Magno Filho 

Nenhum comentário: