Pesquisar neste blog

domingo, 1 de setembro de 2013

Preservação da Lagoa do Apodi... Essa luta é nossa!!! - Maria Luiza

Desperta, oh apodienses!
Nossa lagoa está doente
Não podemos ficar
dormentes
assistir passivamente
ao nosso próprio abate
sem debate

Temos que ir
ao combate!
prosseguir com Apodi
nessa luta
que é minha
é sua
é nossa
pela preservação da nossa lagoa
antes cartão-postal
que não deve ser sucumbida
por todo o mal
da degradação ambiental.

Onde está aquela lagoa de outrora,
palco de rara beleza
que saciava a pobreza
e para a nossa economia
era fonte de riqueza
Parece agonizante
quase a perecer
a mercê do sofrimento
do desmatamento
aterramento
inúmeros poluentes
que a deixaram
mal tratada
degenerada
destroçada
prestes a tornar-se um nada
soterrada
sem salvação
para a sua poluição.
Oh, lagoa querida
que imensa aflição
para ti
que representar
o coração do Apodi!

Desperta, oh apodienses!
Somos convocados
e não convidados
para ir à luta
pela disputa
sem intervalos
para escapismo
comodismo
Sem entregar os pontos
antes da batalha final
mas suplantar
todo o mal
que sobrevém aqui
à lagoa do Apodi,
nosso patrimônio natural
quase em fase terminal.

A natureza é essência!
Não podemos deixar a nossa Lagoa
sem suporte
rumo à morte
desequilibrada
como se não valesse nada
com suas águas contaminadas.
Antes, linda de viver
mas agora agoniza
agredida
ferida
prestes a desfalecer

No entanto, em meio ao pranto
das águas poluídas
da nossa lagoa querida,
ouve-se os rodos
da mãe natureza
que nos diz com clareza
que despoluir e preservar
são verbos urgentes
nas vidas dos apodienses conscientes
Ainda é tempo
de estar atendo!
Combater!
Crer!
Fazer!
Abrir os olhos!
Despertar!
Lançar o deságio
num novo momento
em todos os segmentos
para estancar os sofrimentos
o tormento
da nossa lagoa amada
que merece ser resgatada
das profundezas do nada
voltando a ser adornada
pela sua mata ciliar
que a ajudava a respirar
e a refletir
as imagens lindas de outrora
como a fauna e flora.

As medidas saneadoras
devem ser concretizada
tornando-se realidade
através de mim
de você
de nós
das autoridades governamentais
a fim de que
as características ambientais
naturais
da nossa lagoa
sejam trazidas à tona
e não imersas
num sono profundo
de um povo que se entrega
à agressão poluída
devastadora
que tenta destruir
um santuário
que a natureza
ainda mantém de pé,
um dos principais bens
público
natural
da população apodiense.

Vamos dar um basta
a tanta desgraça
que assola a nossa lagoa,
abraçando essa causa
com amor
todos juntos
em conjunto
sem bandeira partidária
independentemente
de religião
raça
cor
seguindo em frente
com amor
para realçar a cor
de uma lagoa desbotada
que sofre fortes dores
mas só depende de nós
transformá-la
e deixá-la sem dissabores
com novas cores
novos odores
bem tratada
preservada
uma dádiva restaurada
nesses vales
na Chapada.

"Vozes de um coração
Maria Luiza Marinho da Costa 

Nenhum comentário: