Pesquisar neste blog

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Carpe diem - Paulo Filho Dantas


“É a vida que seu rumo
Segue sem se importar,
O humano não tira o sumo
Que ela estava a ofertar.

Poucos aqueles são
Os que dela aproveitam
Sua essência como religião
E em seus braços deitam.

Viva cada dia presente
Como aquele que sente
Que o hoje é a vida.

Carpe Diem humanidade
Pois virá a saudade
E a viagem só de ida’’.

Poesias do livro: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: