Pesquisar neste blog

quinta-feira, 18 de julho de 2013

A escola - Paulo Filho Dantas

“É na escola que aprendemos
A dar os primeiros passos na vida,
O convívio e a harmonia nos prendendo
Concretiza-se cada vez mais florida.

Está presente o saber
Paz felicidade e alegria,
Não é tão difícil querer aprender
Num instante realidade torna fantasia.

Toda infância e toda quase juventude
É vivida/passada na instituição escolar,
Desenvolvendo aptidões e atitudes
A escola é nosso segundo lar.

Passamos aqui diferentes momentos,
Ao sairmos deixamos nela um pouco,
Cria-se no peito um gostoso sentimento
Por lembranças no coração envolto.

O ensinar-aprender é um dom divino,
Compartilhado por quem o contempla,
Velho, professor, secretário ou menino
Esperança, sabedoria que alimenta.

A escola é o centro de atenções e intenções
Devido o papel atribuído pela sociedade,
Onde foram depositadas confianças e criações
Para o bem caminhar da humanidade.

O tempo passa e com ele os valores
Frutos de um árduo e continuo processo
Retrata símbolos cantados pro trovadores,
Somente a escola proporciona real regresso.

Aqui também sabe tudo,
Muito menos ninguém nada sabe,
Socializam o saber, rompendo muros,
Barreiras, portais e dificuldades.

Não fugiremos aos bons combates
De formarmos a moral do cidadão.
A ética é uma das infindas faculdades
Rimadas intrinsecamente com educação.

Dedicação, amor, trabalho, vontade
Utilizamos para o dia da escola celebrar
Justiça, união, fortaleza, igualdade
São adjetivos que nunca irão faltar.

Essa é minha pequena homenagem
Para a família do Nossa Srª Conceição,
Continuemos a difundir sua índole-imagem
Formemos os futuros líderes da nação. ’’

Poesias do livro: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: