Pesquisar neste blog

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Jerlândio Moreira

JERLÂNDIO DE LIMA MOREIRA, nasceu em 21 de dezembro de 1985, na maternidade Claudina Pinto, em Apodi, filho de Jacó Jacinto Moreira e Francisca das Chagas Soares de Lima Moreira, conhecida por Neguinha. Mora desde que nasceu na comunidade rural de Bamburral, localizada a 9 km da sede do município de Apodi / RN.

No ano de 1992 viajou para Brasília/DF, onde lá com toda sua família residiu por 02 anos. Em Brasília/DF iniciou o ensino fundamental primário onde aprendeu a ler e a escrever. Retornando ao Rio Grande do Norte em 1994, se matriculou na Escola Municipal Felix Eufrásio, onde cursou o primário, na comunidade de Bamburral. Em 1998 matriculou-se na 5ª série matutino da Escola Estadual Professor Antônio Dantas na cidade de Apodi, onde foi reprovado na matéria de português por falta de 0,5 pontos. No ano de 1999 matriculou-se novamente na mesma série e na mesma escola, (devido à reprovação em português em 1998, resultado de uma discussão com a professora), começa a se interessar e participar do movimento estudantil organizado, sendo eleito líder de classe.

No ano 2000, matriculou-se na 6ª Série da Escola Estadual Professora Maria Zenilda Gama Torres, onde lá concluiu o ensino fundamental no ano de 2003. Estudou o Ensino Médio de 2004 a 2006, nesta mesma escola. No ano de 2008 prestou vestibular na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, onde foi aprovado no curso Bacharelado em Ciências Sociais, onde cursou até o ano de 2010, quando foi aprovado através do SISU no Curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia da UFERSA núcleo Caraúbas, onde cursa atualmente.

Iniciou sua vida do movimento social no ano de 1999 (movido pela reprovação escolar), quando fez parte do CRICHAPAS – Cristo nos Chama Para Segui-lo – um grupo de Jovens da Comunidade de Queimadas, onde passou a desenvolver atividades e discussões sociais com a juventude. Depois foi secretário do CRICHAPAS de 2002 até 2004, Presidente do CRICHAPAS de 2008 a 2010, substituiu o 1º Secretário da Associação dos Pequenos Agricultores do Sitio Bamburral no ano de 2003 a 2005 e eleito 1ª secretario da referida associação de 2005 a 2009.

No ano de 1999 esteve presente nas atividades coletivas para a construção do Centro comunitário Pe Theodoro Snijders.

De 2002 a 2004 foi militante atuante e Educador Popular do MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores), onde atuou em várias linhas de articulação do movimento a nível municipal e regional.

No ano de 2003 fundou o Grêmio Estudantil Professor Antônio Dantas, da Escola Maria Zenilda Gama Torres, de 2003 a 2006 exerceu função de presidente no referido grêmio. Em 2003, presidente do Grêmio do Zenilda Gama, fundou junto com o Grêmio da Escola Antônio Dantas e Gerson Lopes CEADDE – Centro de Apoio e Defesa dos Direitos Estudantis de Apodi – onde no ano de 2004 realizou a primeira Semana do Estudante do Apodi.

De 2004 a 2006 foi vice-presidente do CEADDE em Apodi.

Em 2004 criou junto a outros jovens e adolescentes da comunidade de Queimadas, a Companhia de Artes e Teatro Mandacaru, onde atuou como coordenador. A Cia Mandacaru desenvolveu vários projetos em 2006 e 2007, sendo um deles o “espetáculo o Alto da Compadecida” um projeto desenvolvido por jovens da comunidade de Queimadas. Esse espetáculo levou a Cia Mandacaru, a se apresentar na cidade de Mossoró num evento regional de cultura, onde lá também foi apresentado o musical de “Samarica Parteira”, uma dos espetáculos mais apresentados pelo Mandacaru.

Em 2006 participou da Escola de Formação Ronaldo Valencia do STTR de Apodi.

Em 2006 passou a atuar como integrante da Comissão de Jovens do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi, onde exerceu papel de segundo coordenador.

No ano de 2007 lançou, quanto coordenador da Cia Mandacaru, o projeto de Teatro Popular de Rua em Apodi, onde criou a Dupla de Palhaços Peteleco e Xexeleco (Peteleco: Mateus Lins, Xexeleco: Jerlândio Moreira) onde esteve se apresentando em vários eventos no município.

Membro fundador da Associação Cultural de Apodi, representando a Cia Mandacaru desde 2007.

Desde 2007 vem atuando como Mobilizador Social através do Movimento Sindical nas áreas de atuação do Projeto Dom Helder Câmara nas comunidade de Água-Fria, Bamburral, Queimadas e Reforma.

Em 2008 participou da escola de Formação do Centro Nacional de Fé e Política, que é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, um serviço à Formação Política dos cristãos leigos/as, sob a coordenação da Comissão Episcopal para o Laicato.

De 2008 a 2009 criou junto à comissão de Jovens do STTR, o programa de rádio Juventude Rural, onde era um dos ancoras do programa, que acontecia todos os sábados de 15h as 16h na FM Luta 88,5.

Membro fundador do Fórum Municipal de Juventude, representando a Cia Mandacaru desde 2008.

Em 2009 passa a ser membro da Rede de Jovens do Nordeste representando o Fórum Municipal de Juventude;

Em 2010 é um dos membros fundador, e escolhido como coordenador, representando o Fórum Municipal de Juventude de Apodi, na Rede de Jovens do Território Sertão do Apodi passando a atuar em 10 municípios dos 17 que compõe o Território.

Em 2010 passa a ser representante estadual da Rede Nacional das Comissões Territoriais de Juventude;

Desde 2011 é membro da coordenação da Rede de Jovens do Nordeste no Núcleo RN;

Em 2011 criou junto ao CRICHAPAS o Ministério Arcanjus, onde atualmente desenvolve um projeto de evangelização através da Banda Arcanjus.

Contatos:
Blog: www.marmotaapodiense.blogspot.com
Twitter: https://twitter.com/JERLANDIO
Facebook: https://www.facebook.com/jerlandiomoreira


Um comentário:

Blog do professor Toinho disse...

Obrigado amigo. Você é dez.