Pesquisar neste blog

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Apodi é pioneiro no cultivo do arroz genérico

Veja o vídeo:

Fonte: Youtube.

Programação do carnaval 2012 em Apodi

Sexta-feira - 17/02
Palco 23h.: - Arretado / Banda Remelexo / Forró Ferruado.

Sábado - 18/02
Arrastão às 17:00h.: - Ricardo Chaves.
Palco às 23h.: - Arretado / Malubakana / Banda Remelexo.

Domingo - 19/02.
Arrastão às 17:00h.: – Banda Inala.
Palco às 23h.: – Tabakana / Bonde do Maluco / Arretado.

Segunda-feira - 20/02.
Arrastão às 17:00h.: – Municipal Santos.
Palco às 23h.: – Ferruado /Solteirões do Forró / Arretado.

Terça-feira - 21/02.
Arrastão às 17:00h. – Malubakana.
Palco às 23h.: – Arretado / Balada Nova / Ferruado.
Arrastão da madrugada – Bakulejo.

Fonte: http://apodinet.blogspot.com

Panorama da energia eólica no Brasil

Artigo: Panorama da energia eólica no Brasil

Autores: Antônio Felipe Fernandes Araújo, Felipe Vercely Arrais de Andrade e Márcia Regina Farias da Silva.
Evento: II Congresso Nacional de Educação Ambiental, em João Pessoa.
Período: 12 a 15 de Outubro de 2011.
Fonte do artigo: Google docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Sessão Cine kids Cinema para todos Alvin e os Esquilos - 11-02-2012

O saneamento ambiental no Assentamento Moacir Lucena em Apodi-RN: A percepção da população.

Artigo: O saneamento ambiental no Assentamento Moacir Lucena em Apodi-RN: A percepção da população.
Autores: Antônio Felipe Fernandes Araújo, Pedro Victor e Mayra Fernandes Nobre.
Evento: II Congresso Nacional de Educação Ambiental, em João Pessoa.
Período: 12 a 15 de Outubro de 2011.
Fonte do artigo: Google docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Intervivência Universitária no Oeste Potiguar - desafios da juventude.

Artigo: Intervivência Universitária no Oeste Potiguar: desafios da juventude.
Autores: Alan Martins de Oliveira (Professor Orientador/UFERSA); Geovânia da Silva Toscano (Professora/UFPB); Jorge Luís de Oliveira Pinto Filho (Professor/UERN) e Gessianne dos Santos Sousa Costa (Voluntária/UERN)
Evento: V Colóquio de Extensão da UERN.
Período: 30 de novembro a 02 de dezembro de 2011.
Fonte do artigo: Google docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Aspectos da integração social e cidadania nas comunidades rurais do município de Apodi - RN

Artigo: Aspectos da integração social e cidadania nas comunidades rurais do município de Apodi - RN
Autores: Rubênia Bruna do Nascimento Siqueira (Bolsista/UFERSA); Gleidson Vieira Marques (Professor Orientador/UFERSA); Ronnifran Cabral de Lima Leonez (Bolsista/UFERSA) e Thalis Paulino Ginâni (Bolsista/UFERSA).
Evento: V Colóquio de Extensão da UERN.
Período: 30 de novembro a 02 de dezembro de 2011.
Fonte do artigo: Google docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Proposta de educação ambiental com ênfase em recursos hídricos - Jorge Filho

Artigo: Proposta de educação ambiental com ênfase em recursos hídricos
Autores: Jorge Luis de Oliveira Pinto Filho, (Professor Orientador/UERN); Antônio Felipe Fernandes Araújo (Bolsista voluntário do Projeto/UERN; Felipe Vercely Arrais de Andrade (Bolsista voluntário do Projeto/UERN) e Jéssica Lamonnielly Peixoto Epifânio (Bolsista voluntário do Projeto/UERN)
Evento: V Colóquio de Extensão da UERN.
Período: 30 de novembro a 02 de dezembro de 2011.
Fonte do artigo: Google docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Convite palestra sobre Políticas Públicas, Economia Solidária e Desenvolvimento Territorial no RN 24-01-2012


Rádio FM Luta 88,5

Histórico
A Rádio Educativa Luta FM 88,5 de Apodi foi inaugurada oficialmente em 02 de fevereiro de 2007. Entretanto, suas transmissões experimentais foram iniciadas no dia 05 de novembro de 2006 e a transmissão oficial se deu no dia 02 de fevereiro de 2007.

Desde janeiro de 1996, a emissora que funcionava na freqüência 100,7 MHz, a primeira emissora a ser instalada no município de Apodi-RN. Com o caráter comunitário e democrático ela foi criada para a cultura, a noticia, a educação, a prestação de serviços, o entretenimento, a informação sadia e imparcial, a cidadania, enfim, tudo que trata dos interesses da comunidade de Apodi.

A Rádio Luta FM é uma concessão pertencente a Fundação Ulysses Guimarães, que tem como principal finalidade divulgar as informações, prestar serviços de utilidade pública e formar cidadãos. Sendo assim, a Educativa é diferente das rádios comerciais porquê:

* É público e tem como proposta ser um instrumento de comunicação, com uma programação plural e democrática, visando resgatar o sentimento de cidadania da população; e

* Direcionar sua programação com critérios de uma audiência segmentada, atendendo as necessidades de cada público.

O modelo básico da Rádio Luta FM é de informação e serviços. Como é uma emissora que fica no ar de 05 às 23 horas, inclusive nos fins de semana, a programação inclui especiais de cultura e jornalismo, preferencialmente, nos fins de semana. Mas, fatos importantes podem merecer destaques especiais, mesmo em dias úteis.

Portanto, divulgação cultural, especiais, jornalismo diversificado, pesquisa histórica, músicas, evangelização, esporte e educação são algo, mas que a Rádio Luta FM se permite apresentar pela disponibilidade de tempo pelo próprio perfil da emissora e do ouvinte.

A utilidade pública também tem espaço importante, com informações sobre eventos, dicas de saúde, meteorologia, condições das estradas, comunicado dos poderes constituídos e serviços em geral.

A Rádio Luta FM está no ar 19 horas por dia, de domingo a domingo, infamando, prestando serviço de utilidade pública, formando cidadãos divertindo os seus ouvintes através de muitas músicas.

A programação da Luta FM Educativa mescla música, cultura, educação e jornalismo

Música: diversificação da música brasileira de qualidade e procura difundir outros estilos, valorizando também o trabalho dos músicos de Apodi e região. Isso permite aos programadores elaborarem um repertório com grandes variedades de combinação de estilos, intérpretes e compositores.

Cultura: valoriza a cultura nacional em todos os seus aspectos com uma linha musical, destacando história de compositores, intérpretes e suas obras.

Educação: atende a temas relacionados ao cotidiano escolar, a mídia pode e a rádio é parceria da rede escolar no processo educacional, com o objetivo de ser mais um complemente no processo de aquisição de conhecimento.

Jornalismo: espaço destinado para a informação de interesse social, e prestação de serviços, com um jornalismo independente, a rádio Luta FM aborda assuntos, fazendo prevalecer de fato o interesse público, o compromisso em respeitar cada ouvinte como um cidadão.

A Rádio Luta FM de Apodi foi a primeira instalada na cidade, a primeira a ter seus equipamentos digitais, a primeira a ser transmitida via internet, a primeira a fazer cobertura esportiva na cidade e região Oeste do RN e deve ser a primeira em audiência e a mais querida da cidade.



domingo, 22 de janeiro de 2012

Terceiro Melo assume CODERN em Natal

Novo presidente da Codern tomou posse ontem

Foi promovida na manhã desta sexta-feira (20), às 10h, na sede da Companhia de Docas do Rio Grande do Norte (Codern), na Ribeira, a posse do novo diretor presidente da Instituição, o engenheiro Pedro Terceiro de Melo, que substitui Emerson Fernandes no comando da Companhia.

O diretor, além de engenheiro civil, é vice-presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e ex-presidente do Sindicato da Indústria Cerâmica do RN, ex-diretor Tesoureiro da Fiern, e ex-presidente da Câmara dos Vereadores de Apodi/RN.

No evento desta sexta-feira, o novo diretor presidente da Codern foi recepcionado por dirigentes da classe econômica potiguar. Entre eles, Amaro Sales, da Federação das Indústrias, Marcelo Queiroz, da Fecomercio, Zeca Melo, do Sebrae, José Álvares Vieira, da Federação da Agricultura (Faern)e Eudo Laranjeiras, da Fetronor.

De acordo com o presidente da Federação da Agricultura, José Vieira, a posse de Terceiro de Melo é importante e mostra que novos passos serão dados na Codern e nos portos administrados pela entidade. “Antes de qualquer coisa, quero parabenizar Emerson Fernandes pelo tempo que ficou à frente da Codern. E a Terceiro de Melo somente desejo sucesso nessa nova etapa de sua vida profissional. Acredito que ele trará as suas boas contribuições para os nossos portos e um novo tempo na Codern começará”, ressaltou Vieira.

Almoço
Logo após o evento, as autoridades e dirigentes de classe se encaminharam para o Iate Clube de Natal, onde recepcionaram Pedro Terceiro de Melo em um almoço.

Em conversas com jornalistas, Terceiro de Melo relatou a sua emoção com o novo cargo. “Eu me sinto muito honrado como pessoa em assumir um cargo de tamanha magnitude e como vice-presidente da Fiern acredito que essa posse será muito importante para o setor produtivo industrial”, disse Melo.

A Codern é responsável pela administração dos portos de Natal, Maceió e Areia Branca, sendo empresa de economia mista, vinculada à Secretaria de Portos da Presidência da República.

Resposta do rabanete a diferentes épocas de saturação do solo

Artigo: Resposta do rabanete a diferentes épocas de saturação do solo.
Autores: Antônia Adaílha Torres Souza, Francisco de Assis de Oliveira, Ronimeire Torres da Silva, Otaciana Maria dos Prazeres da Silva, Isabelli Sorrel de Oliveira Targino, Maria Laiane do N.Silva e José
Leôncio de A. Silva.
Evento: VII VIII ENLICA: Encontro Nacional de Licenciatura em Ciências Agrária.
Publicação: 2011.
Fonte do artigo: Google Docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Perfil dos consumidores de tomate no município de Apodi - RN

Artigo: Perfil dos consumidores de tomate no município de Apodi - RN
Autores: Antônia Adaílha Torres Souza, Ronimeire Torres da Silva, Juliana de Paiva Pamplona, Francisco de Assis de Oliveira, José Leôncio de A. Silva e Halainne Gardênia P. Torres Souza.
Evento: VII VIII ENLICA: Encontro Nacional de Licenciatura em Ciências Agrária.
Publicação: 2011.
Fonte do artigo: Google Docs.

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Regularização fundiária

A Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio a Reforma Agrária (SEARA), Convida os (as) proprietários (as) cadastrados (as) no processo de Regularização Fundiária da zona rural da cidade da Apodi, para receberem o título de reconhecimento de domínio.
São aproximadamente 1.800 (mil e oitocentos) títulos de propriedade de domínio e posse que serão entregues até o fim do ano, dentre eles 410 são imóveis considerados devolutos do estado (posses).

Documentos necessários RG e CPF

LOCAL: Casa da Cultura de Apodi
Nesta sexta feira 20 de janeiro até as 11h00min

Repasse de convênio para construção de escola em Apodi em 13-01-2012

Os convênios do município de APODI/RN que receberam seu último repasse no período de 10/01/2012 a 16/01/2012 estão relacionados abaixo:
--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 656846 
Objeto: CONSTRUÇÃO DE ESCOLA, NO ÂMBITO DO PROGRAMA PROINFANCIA 
Órgão Superior: MINISTÉRIO DA EDUCACAO 
Convenente: APODI PREFEITURA 
Valor Total: R$1.254.542,87 
Data da Última Liberação: 13/01/2012 
Valor da Última Liberação: R$313.635,72 
--------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Jovem é procurada pelos pais e familiares na comunidade de Cachoeira, Caraúbas (RN)


Desde as primeiras horas (4h40min) da manhã de hoje (18), fugiu de sua residência a jovem (foto) Letícia Leite da Silva, filha de Chico Verdureiro (como é mais conhecido). A família encontra-se desesperada, procurando compreender, o motivo pelo qual levou a jovem a sair de casa, sem dizer nada a ninguém.

A mesma saiu ainda vestida de trajes de dormir (um babydool azul), calçada com sandálias (tipo havaianas). A única pessoa que a viu sair correndo, foi sua irmã mais velha. Letícia saiu pela porta dos fundos da casa, em sentindo a vegetação comum da comunidade. Segundo relatos, um vizinho a viu quando abaixou-se, como se estivesse se escondendo.

A família procurou as amigas mais próximas, e perguntou a todas, se sabiam de alguma coisa que levassem a compreensão da fuga, mas as mesmas também não compreendem o motivo, desta ação.

A família pede a quem souber de seu paradeiro, que possa entrar em contato com os mesmos através de dois números de celulares, sendo eles: 9663.7597 (TIM) e 8129.4416 (VIVO).

A informação é do Blog Sociedade Ativa.

Colegas Blogueiros, por favor divulguem também... Ajudem a encontrá-la!

Convite confraternização do STTR Apodi - 28-01-2012

Convite

Vimos através deste Convidar Vossa Senhoria para participar das Comemorações das conquistas do Ano de 2011, ou seja, da CONFRATERNIZAÇÃO do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Apodi que estará acontecendo do dia 28 de Janeiro de 2012, a partir das 8h00min da manhã na sede do STTR.
Sua presença neste momento de festa é de suma importância para comemorarmos juntos as conquistas da Agricultura Familiar apodiense.

SERVIÇO:
O que é?: CONFRATERNIZAÇÃO DO STTR DE APODI.
Quando?:  No dia 28 de Janeiro de 2012, a partir das 8h00min da manhã.
Onde?:  Na Sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi, Rua Nonato Mota – nº 106 / Bairro Malvinas.

PROGRAMAÇÃO:
08h00min - Café da Manhã
09h00min - Abertura
09h20min - Boas Vindas
09h50min - Retrospectiva 2011
10h20min - Assembléia
- Prestação de Contas.
11h00min - Grande Sorteio
11h30min - Encerramento. 

Atenciosamente a Direção do STTR de Apodi.

Matéria enviada por Agnaldo Geógrafo.

sábado, 14 de janeiro de 2012

FIlme o presente hoje no Córrego - 14-01-2012

Atenção: Hoje a noite (14/01/2012), tem o Filme "O presente" no Auditório Padre Theodoro Snidjers, na sede da Associação dos Mini Produtores de Córrego e Sítios Reunidos - AMPC, às 19:30 h.

Todos estão convidados. 
Quem promove o evento é o é o pessoal do projeto Cinema para Todos e a Estação Digital Espaço Virtual MIDEP Apodi/RN através do Projeto Telecentros Br. 



sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

PA Paraíso - comunidade

O Projeto de Assentamento Paraíso localiza-se na Chapada do Apodi e dista 34 km da sede do município. Criado em 1997, vivem hoje no P.A. 26 famílias oficialmente assentadas e 5 famílias agregadas. A agrovila apresenta boa infra-estrutura física, com residências em condição razoável, quando comparadas ao padrão das comunidades circunvizinhas, energia elétrica e água encanada. 

No que se refere à educação não há prédio escolar na área do assentamento, dessa forma, as aulas de 1º a 4º série do Ensino Fundamental acontecem em uma sala no centro social do grupo de jovens da comunidade; também não existe posto médico. . 

O Assentamento conta com Assessoria Técnica do Projeto Dom Helder Câmara em parceria com o Centro Terra Viva, no campo produtivo, o assentamento tem como principais atividades a produção de sequeiro, principalmente o cultivo de algodão, milho e feijão; além da Caprinovinocultura e da apicultura, sendo esses últimos responsáveis pela maior fatia na composição da renda das famílias. 

Por: Gonçalo Filho - engenheiro agrônomo.

Tem mais informações sobre o PA Paraíso? Mande pra gente: tudodeapodi@hotmail.com.



quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

PA Nova Descoberta - comunidade

O Projeto de Assentamento Nova Descoberta está localizado na Chapada do Apodi e possui uma área de 998,00 hectares. Nele vivem cerca de 50 famílias das quais 34 famílias são assentadas formalmente e o restante agregadas. 

A comunidade possui boa infra-estrutura hídrica, água encanada e residências de alvenaria em razoáveis condições de conservação. No campo produtivo o assentamento instalou no passado 20 (vinte) hectares com sistema de irrigação dividido em pomares de mangueira e cajueiro, ambos com sérios problemas de produção e manutenção, devido ao elevado custo da energia elétrica e pela falta de financiamento para manutenção dos pomares. Esses dois fatores que são conseqüências do sistema de produção implantado têm demonstrado a inviabilidade da atividade do ponto de vista econômico e ambiental o que motivou em 2002 a montagem de um experimento de produção de melão orgânico com o apoio da assistência técnica do Projeto Dom Helder Câmara  - PDHC em parceria com o Centro Terra Viva, os resultados deste trabalho deram inicio a elaboração de uma proposta de modificação da matriz tecnológica, através da conversão do modelo convencional (elevado uso de insumos químicos) para o modelo orgânico de produção. 

Atualmente com o programa de modificação da matriz tecnológica em andamento existe na comunidade grande esforço no sentido de revitalizar a produção através de culturas de sequeiro (algodão, feijão, milho, sorgo, dentre outros) e criação de animais de pequeno e médio porte. Este fato foi o que motivou a decisão das famílias assentadas a montar um experimento para criação de galinha caipira com o intuito de diversificar a produção, aproveitar a produção excedente das culturas (milho e sorgo) e desta forma integrar a produção agrícola à pecuária do assentamento. Neste sentido algumas alternativas estão sendo trabalhadas tais como: Apicultura, Caprinovinocultura e a revitalização da Agricultura de Sequeiro e a produção orgânica de frutas irrigadas. 

Por Gonçalo Filho - engenheiro agrônomo. 

Tem mais informações sobre o PA Nova Descoberta? Mande pra gente pelo email tudodeapodi@hotmail.com.


terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Antonio Ferreira Pinto - coronel


ANTONIO FERREIRA PINTO nasceu em Apodi a 25 de Maio de 1838, filho legítimo do Capitão Vicente Ferreira Pinto (0 2°) e de dona MARIA CLARA ALVES CAVALCANTI. Coronel da antiga Guarda Nacional Imperial e Chefe político no município de Apodi. Casou em primeira núpcias a 05 de Abril de 1860, com sua parente em grau remoto dona MARIA LUIZA DE SÃO BRAZ BELTRÃO, que faleceu a 08 de Dezembro de 1864, deixando dois filhos órfãos: Antonio Ferreira Pinto Filho (Tonico) e Miguel Ferreira Pinto, que por sua vez foi pai de Alice Pinto, dentre outros filhos. Casou em segunda núpcias com sua prima CLAUDINA MARIA DE OLIVEIRA NEVES, que passou a assinar-se como CLAUDINA PINTO, dedicada parteira, que não media esforços para atender aos diversos chamados para realização de partos, fosse em qualquer hora do dia ou da noite, daí seu honrado nome ter sido o escolhido como Patrona da Maternidade da cidade de Apodi. CLAUDINA PINTO faleceu em Apodi a 31 de Agosto de 1902, deixando uma prole de 12 filhos.

Exercia relevante influência no cenário político estadual, onde era conhecido como CORONEL FERREIRA PINTO, tendo sido eleito Presidente da Intendência Municipal de Apodi (Equivalente ao atual de Prefeito) e eleito cinco vezes para mandatos de Deputado Estadual, no período de 1895 a 1909, tendo sido sucedido pelo filho o Coronel João de Brito Ferreira Pinto. Desde moço, FERREIRA PINTO dedicou-se à vida comercial, na qual conseguiu uma regular fortuna, exercendo também cargos de nomeação e eleição: Delegado de Polícia, Presidente da Comissão de Socorros, e Deputado Estadual. Espírito alegre e folgazão, inteligente e bondoso, FERREIRA PINTO sabia granjear estima, contando com inúmeros amigos, não só em Apodi, com na capital e outros municípios do Estado. 

A feição patriarcal do Coronel FERREIRA PINTO é atestada na sua conduta exemplar de chefe de família, deixando uma descendência numerosa. Alguns dos seus filhos tiveram a mesma vocação política, e a maioria dedicou-se ao comércio, enquanto outros se davam às lides do campo. Por longos anos, na qualidade de representante das forças políticas do Apodi, foi um dos nomes de maior projeção política nas fileias do velho Partido Republicano Federal no Rio Grande do Norte. Sua posição partidária e o potencial político do seu município surgiam nas deliberações mais importantes da agremiação majoritária onde, pesavam, consideravelmente, bastando para atestá-lo, as palavras do próprio Chefe Republicano no RN Dr. Pedro Velho, e as atenções com que o distinguiram os seus continuadores no exercício do poder, entre outros os governadores Alberto Maranhão e Joaquim Ferreira Chaves. Durante os seus mandatos no legislativo estadual, empenhou-se arduamente para nomeação de professores para atuarem na então escola de primeiras letras da então Vila e cidade de Apodi, cuja extensão territorial englobava os atuais municípios de Itáu e Felipe Guerra, para onde conseguiu nomeação de professores.  O Coronel Ferreira Pinto faleceu aos 71 anos de idade, no dia 04 de agosto de 1909. 

Em 10 de Janeiro de 1912 era efusivamente inaugurado o Grupo Escolar "Ferreira Pinto", em prédio adaptado para o seu funcionamento, cujo prédio situava-se no terreno onde hoje encontra-se edificada a CASA DE CULTURA POPULAR HISTORIADOR WALTER DE BRITO GUERRA. O primeiro Diretor do Grupo Escolar recém-inaugurado foi o Professor Lourenço Gurgel de Oliveira, que dirigiu e lecionou nesta escola até o ano de 1919. Nas décadas de 1930, 1940 e 1950 exerceram o magistério os abnegados professores Raimundo Reginaldo da Rocha,as irmãs Hilda Lopes, Deoclécia Lopes e Valdemira Lopes (Mãe de Zé Cabral, dos Correios e Telégrafos) João Batista Dantas, João Batista Guerra (irmão do historiador Walter Guerra, e que foi governador nomeado no Território de Roraima) Raimundo Nonato da Silva, que depois foi Juiz de Direito da Comarca de Apodi, Joaquim Soares, João Jacinto de Oliveira, Antonia Filgueira, Maria do Carmo Maia, esposa do farmacêutico e intelectual polivalente Francisco Holanda Cavalcanti (Nenen Holanda), e dona Urcesina Moura, cearense que veio a casar com o Apodiense Raimundo Cantídio de Oliveira e que foram os pais do médico Walter Cantídio de Oliveira, que foi Reitor da UFC e criador do Curso de Medicina daquela instituição universitária.

A solenidade de inauguração do GRUPO ESCOLAR FERREIRA PINTO foi bastante concorrida, contando com as ilustres presenças do Dr. José Augusto Bezerra de Medeiros, representando o governador do Estado, do Dr. Ortulano de Abreu, Juiz de Direito da Comarca do Apodi, e dos Coronéis João de Brito Ferreira Pinto, então Deputado Estadual, e do Coronel João Jázimo Pinto. 

Fonte: Marcos Pinto, historiador e advogado  apodiense.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

PA Lage do Meio - comunidade

O Projeto de Assentamento Laje do Meio localiza-se na Chapada do Apodi distante 33 km da sede do município, criado em 1998, vivem hoje no assentamento 23 famílias oficialmente assentadas e 1 família agregada. 
 
A comunidade possui boa infra-estrutura, energia elétrica, água encanada e residências razoáveis, comparada ao padrão das comunidades circunvizinhas. Há uma pequena escola na comunidade vizinha, onde são ministradas aulas de 1º a 4º serie. 
 
No campo produtivo o assentamento sobrevive da produção de sequeiro com cultivo de algodão, milho e feijão, da pecuária caprina e apicultura. O Assentamento conta com Assessoria Técnica do Projeto Dom Helder Câmara - PDHC em parceria com o Centro Terra Viva. Em Laje do Meio todos os apicultores formam um único grupo que trabalha a produção de mel em seus lotes individuais, juntando-se apenas durante a colheita, momento em que se formam pequenos subgrupos composto por 4 membros para facilitar o trabalho. Vale ressaltar que o hoje o Assentamento possui o único Entreposto de Mel com SIF (Serviço de Inspeção Federal) da agricultura familiar do Rio Grande do Norte e existe em seu interior uma máquina se sachet, que foi adquirida através do PDS (Programa de Desenvolvimento Solidário), sendo as mulheres responsáveis pelo beneficiamento do mel que a COOAFAP (Cooperativa da Agricultura Familiar de Apodi) comercializa para os Programas de Aquisição de Alimentos do Governo Federal. Vale salientar que o Assentamento foi um dos primeiros a acreditar no manejo da caatinga com o objeto de se obter uma maior produção de mel. 
 
Por: Gonçalo Filho - engenheiro agrônomo. 

Tem mais informações sobre o PA Lage do Meio? Mande pra gente: tudodeapodi@hotmail.com

domingo, 8 de janeiro de 2012

Projeto Cinema para Todos

A equipe da Estação Digital Espaço Virtual inicia mais um projeto comunitário de inclusão social denominado “Cinema para Todos”. Este projeto tem como objetivo incluir socialmente as pessoas da comunidade local e circunvizinhas, oportunizando a todos o acesso ao conhecimento da linguagem audiovisual, utilizando o cinema como sendo uma fonte de cultura e agente transmissor de conhecimento. 

São apresentados no Auditório Padre Theodoro Snidhers, na sede da Associação de Mini Produtores de Córrego e Sítios Reunidos - AMPC, filmes sobre diversos temas que conta com a participação de toda a comunidade onde são distribuídas pipocas e refrigerantes pelos parceiros do projeto. 

A idéia desse projeto surgiu a partir da participação de Rosi Torres e Eciélio Morais, monitores da Estação no curso de formação do Programa Telecentros.br. Depois de algumas reuniões da equipe do Conselho gestor da Estação que é composto por representantes da AMPC, COOPAPI, Escola Municipal Isabel Aurélia Torres, Grupo de Jovens São Pedro - GRUJOSP, Grupo de mulheres, educandos e representantes da comunidade. 

Sobre o projeto de Monitores do Programa Telecentros Br 
O Curso de Formação de Monitores do Programa Telecentros.br é o primeiro projeto da Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital nas comunidades, que tem como objetivo para o ano de 2011, a formação de 16 mil monitores dos telecentros apoiados pelo Programa Telecentros.br, com a duração de 480 horas e 12 meses. A mesma abrange os Cinco Pólos Regionais, um para cada região do país (Norte, Nordeste, Centro- Oeste, Sudeste e Sul) e dois Pólos Estaduais (Ceará e São Paulo) são os responsáveis pela formação dos monitores, gestores e tutores, com o apoio das iniciativas participantes do Programa Telecentros.br. 

A meta do monitor ao longo do curso é criar um projeto que envolva a comunidade do telecentro onde ele atua. Para isso, o monitor transitará por diferentes Zonas Temáticas que provocarão reflexões sobre a sua realidade: Inclusão Digital, Compartilhamento, Comunicação Comunitária, Telecentros, Comunidade, Cultura Digital, História, Monitor e Redes.





PA Milagres - comunidade

O Projeto de Assentamento Milagre criado em 16 de setembro de 1997, situa-se na chapada do Apodi, distante 18 km da sede do município de Apodi. É uma comunidade formada por 31 famílias das quais 26 são assentadas formalmente, tendo 5 famílias agregadas. 

A comunidade possui boa infra-estrutura hídrica, energia elétrica, água encanada e residências razoáveis comparado a outras moradias da zona rural do município de Apodi. O assentamento possui ainda uma casa para beneficiamento de mel e um poço artesiano utilizado apenas para o abastecimento da agrovila. Existe ainda no assentamento duas caixas d’águas. A escola de 1º a 4º serie funciona no Centro Social construído com ajuda da Paróquia local. 

No campo produtivo, o assentamento tem como principais atividades a agropecuária, a cajucultura e a produção de sequeiro, principalmente o cultivo de algodão, milho, feijão e sorgo, sendo este último para a produção de suporte forrageiro; vale citar também a apicultura que agora terá, após a conclusão da casa do mel condições para se desenvolver. No entanto a instalação de Projetos de produção convencional de frutas irrigadas com o uso de grandes quantidades de insumos químicos tem preocupado as famílias. O Assentamento conta com Assessoria Técnica do Projeto Dom Helder Câmara  - PDHC em parceria com o Centro Terra Viva. 

Por Gonçalo Filho - engenheiro agrônomo
Tem mais informações sobre o PA Milagre? Mande pra gente tudodeapodi@hotmail.com.


sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Fotos da II Conferência Municipal de Cultura de Apodi 05 e 06-01-2012

Evento: II Conferência Municipal de Cultura de Apodi
Local: Casa de Cultura de Apodi e Casa Paroquial
Data: 05 e 06 de janeiro de 2012.

Sítio Água Fria - comunidade

O Sítio Água Fria, distante 15 km da sede do município, localiza-se no Vale do Apodi, à margem direita do rio Apodi, sendo cortado pelo seu afluente, Rio Umari, na região de união do afluente ao rio principal. 
 
O Sítio é servido por rede elétrica e água encanada em parte das residências e cisternas de placas em outras. No que se refere à educação, há uma escola estadual, onde as aulas de 1º a 8º série são ministradas na comunidade vizinha de Santa Rosa I. Na questão da saúde não existe posto médico na comunidade, mas as famílias são atendidas pelo Programa Saúde da Família também na comunidade vizinha. 
 
Existe uma associação de agricultores foi fundada em 1988 e atualmente é composta por 66 membros, que participam das reuniões que ocorrem mensalmente.

Desde fevereiro de 2006 a comunidade recebe o apoio da Assessoria Técnica do Projeto Dom Helder Câmara em parceria com o Centro Terra Viva. As principais atividades produtivas desenvolvidas são: agricultura de sequeiro (milho, feijão, arroz, sorgo), feijão, bananeira e horticultura irrigada, além de arroz de vazantes. Também é comum em quase todas as famílias a criação de animais dentre eles, bovinos, ovinos, suínos, caprinos ovinos e aves.

Por Gonçalo Filho - Engenheiro Agrônomo.

Mais informações sobre o Sítio Água Fria? Mande para tudodeapodi@hotmail.com.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Apodi inicia hoje II Conferência Municipal de Cultura

A 2ª Conferência Municipal de Cultura de Apodi que acontece nos dias 05 e 06/01/12 a partir das 19h00min na Casa de Cultura Popular Escritor Walter de brito Guerra, vai mobilizar os trabalhadores da cultura, representantes de movimentos e pessoas interessadas em contribuir com o fortalecimento da cultura em Apodi.

Com o tema “Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento”. O importante evento contara com a presença da prefeita Goreti Pinto, secretários, assessores, vereadores e artistas do município.

Segundo a secretaria de Turismo, Guilhermina Marinho, responsável pela realização da II Conferencia Municipal de Cultura de Apodi, entre as varias ações realizadas durantes os dois dias de conferência estão: palestras, apresentações culturais, apresentações de propostas com discussão e votação. As apresentações dos eixos temáticos acontecem no dia 06 no Salão Paroquial de Apodi.

Ainda de acordo com Guilhermina Marinho, esta conferência ajudara na definição das diretrizes para a elaboração do plano Municipal de Cultura. "Vamos promover um processo democrático de consultas, construção de conteúdos e deliberação das diretrizes que nortearão a política cultural de Apodi”, destacou Guilhermina Marinho que tem feito excelente trabalho na pasta que ocupa na municipalidade.

 
Para a prefeita de Apodi, professora, Goreti Pinto, a principal proposta do evento é construir de forma coletiva o Plano Municipal de Cultura, que estabelecerá as diretrizes dos próximos 10 anos.

“Vejo Apodi como um futuro pólo de produção cultural e por isso esse é um momento histórico. Essa conferencia visa estimular a criação e o fortalecimento de uma rede de agentes culturais em nossa cidade”, comentou a prefeita Goreti Pinto. 
 

Sítio Bamburral - comunidade

A comunidade de Bamburral situa-se no Vale do Apodi, precisamente a margem direita do Rio Apodi, na área de junção do rio Umari afluente do mesmo que corta a comunidade. Esta encontra-se encravada em área com água em abundância no subsolo, visto que se trata de uma área baixa do arenito Açu, distante 18 km da sede do município de Apodi. 
 
Das famílias que formam a comunidade 37 são atendidas pelo Projeto Dom Helder Câmara - PDHC em parceria com o Centro Terra Viva, desde fevereiro de 2007. A comunidade possui boa infra-estrutura hídrica, água encanada, energia elétrica e residências razoáveis e no campo produtivo possui pomares de diversas fruteiros, sendo predominantes os de caju; existem diversos cacimbões nas unidades de produção familiar, com água de excelente qualidade para irrigação. Os agricultores/as exploram suas áreas com pequenas irrigações, de pequenos pomares de frutas como para a produção de hortaliças e forragem para os animais no período de estiagem, no período de inverno as maiores demandas são as atividades ligadas ao cultivo de subsistência principalmente as culturas de milho e feijão. 

Por Gonçalo Filho - Engenheiro Agrônomo.

Mais informações sobre o Sítio Bamburral? Mande para tudodeapodi@hotmail.com

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Desenvolvimento inicial de antúrio submetido a diferentes relações nitrato/amônio.

Artigo: Desenvolvimento inicial de antúrio submetido a diferentes relações nitrato/amônio.
Autores: Rômulo Magno Oliveira de Freitas, Francisco de Assis de Oliveira, Mychelle Karla Teixeira de Oliveira, José Rivanildo de Souza Pinto (apodiense) e Narjara Walessa Nogueira.
Fonte do artigo: Grupo Verde de Agricultura Alternativa (GVAA) ISSN 1981-8203 .

Envie seu artigo científico sobre Apodi para tudodeapodi@hotmail.com e postaremos no blog.

Hildo FIlho - médico veterinário

Hildo Filho biografia Tudo de Apodi
HILDO FRANCISCO FILHO, nasceu em Apodi-RN em 14 de Dezembros de1969, filho de Hildo Francisco da Silva e Antônia Gomes Viana da Silva. Iniciou os estudos no Educandário Mundo da Criança, em Apodi. Em 1979, aos 09 anos de idade vai estudar em Mossoró, no Diocesano Santa Luzia onde fica até 1981. No ano seguinte vai estudar em Natal onde conclui, em 1988, o segundo grau no Colégio Salesiano São José. Em 1991 consegue seu primeiro emprego e participa do Censo 1991 na Cidade de Umarizal.
Em 1993 funda em Apodi com os professores Givanílson, Ranieri, Cláudio e Luis Carlos o Cursinho Fixação onde inicia a carreira de Professor de Biologia. No mesmo ano é aprovado no curso de Engenharia Agronômica na Esam e Educação Física na Uern. Em 1995 é aprovado no Curso de Enfermagem da Uern e Medicina Veterinária da UFPB onde conclui o curso em 1999.
É aprovado em primeiro lugar para o cargo de médico veterinário da Prefeitura Municipal de Apodi. Ainda em 1999 abre uma farmácia veterinária, ensina Biologia no Colégio Nossa Senhora da Conceição; em 2000 ensina no Colégio Diocesano Santa Luzia em Mossoró; em 2003 passa a ser instrutor do SEBRAE na área de bovinocultura, caprinoovinocultura; ensina Biologia no Integração Colégio e Curso; em 2008 ensina no Colégio Luz Pequeno Príncipe em Apodi; em 2009 assume a gerência da base física da EMPARN em Apodi.
Atualmente é lojista, educador do SENAR, médico veterinário da Prefeitura de Apodi e mestrando em Produção Animal na Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA) em Mossoró.
Quer a sua biografia neste blog? mande pra gente: tudodeapodi@hotmail.com

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Site Tv Apodi

Objetivo: 
O objetivo do site da Tv Apodi é trazer informações a Apodi e região com aúdio e vídeo, com reportagens jornalisticas, sobre saúde, educação, economia, esporte, laser e muito mais.   

A Tv Apodi é um canal via internet que surge no formato que mais cresce no Brasil e no mundo que é a interação da internet com os videos em que você pode ver a hora que desejar. formato que caminha em vários segmentos de comunicação exemplo como o jornal escrito, até mesmo rádios e porque não até alguns canais de televisão. 

Ano de criação: 2010.  

Responsável: "Empresario Proprietário: Zé Maria (da farmácia Droga Center)

Gerentes/executivos: Jerffeson Gama/Jerbbeson Gama"     

E-mail: admjerffesongama@gmail.com, contato@tvapodi.com.br

Telefone: (84) 9415-9894

Clique para acessar

Tem site e é apodiense? Mande sua história e a gente publica gratuitamente - tudodeapodi@hotmail.com

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A Vingança do Lima - Por Nonato Mota

Conta Nonato Mota, nas suas “Notas sobre a Ribeira do Apodi” que “por causa de datas de terras, lutaram em uma questão o capitão Geraldo Saraiva e o Lima, este último residente na serra de Patu, que por sinal lhe tomou o nome. 
Tendo o Capitão Geraldo Saraiva obtido sentença favorável, o Lima apelou para as cortes de Lisboa e acompanhou a questão. 
O Lima era um dos advogados mais notáveis naquele tempo. Chegando a Lisboa, requereu uma audiência a Dom João Príncipe Regente, que governava Portugal naquele tempo. Indo à presença do príncipe, fez uma tão bela alocução ou defesa, que o Príncipe não só reconheceu seus direitos, como nomeou-o capitão general no Brasil. 
Depois de sua retirada do palácio, a Rainha Dona Maria I, admirada de ver tanta coragem e inteligência em um brasileiro, perguntou a seu filho Dom João o que tinha feito a benefício daquele brasileiro. Dom João respondeu que tinha reconhecido os seus direitos e nomeado capitão general do Brasil”. Então ela lhe disse: 
“Só isto concede àquele Lima que corta tão macio? V. Precisa de amigos no Brasil, portanto, mande chamá-lo e ofereça o que ele mais desejar em sua pátria”.
Sendo chamado o capitão general Lima à presença do Príncipe, este lhe perguntou o que queria ou desejava no seu Brasil, lhe pedisse que obtinha. 
O Lima respondeu que desejava a divisão do Rio Grande do Norte com a Paraíba. Então o Príncipe pediu os limites e o Lima ficou de remetê-los do Brasil, o que o fez. 
Não só satisfeito com o triunfo da questão, o Lima aproveitou o ensejo para vingar-se do Capitão Saraiva, deixando as suas fazendas e as de sua família em Riacho dos Porcos (Brejo do Cruz e Catolé do Rocha), para a Paraíba. E como para esse fim, era necessário dar algumas tortuosidades à linha, ficaram os limites sinuosos que se vêem, e até o presente os governantes não se lembraram ainda de endireitá-los.

Fonte: Apodi, sua história, Válter de Brito Guerra